“Vai tomá no c* rapaz!”

15.10.07 - 12:54 PM Ester Castro






opaio.jpgLázaro Ramos e Wagner Moura!
Taí dois caras que eu adoro ver atuar e na minha opinião, duas promessas do cinema brasileiro! Não tardará o dia em que um deles também seja abduzido por Hollywood, tal qual foi com Santoro.
Chamo a atenção para uma cena de Ó Pai Ó que traduz bem o que penso sobre esses monstros da atuação. Depois da explosão de interpretação que cala qualquer um, sempre dão um jeito de arrancar uma boa gargalhada da gente! Achei show essa cena!
Quando perguntei sobre o filme, me disseram que é péssimo…. eu não vi então não posso opinar, embora seja notório que bons atores não salvam um filme ruim. Mesmo que eles façam jus à parte deles na trama, não quer dizer que o contexto geral preste. Já vi muito filme ruim com atores renomados que me fizeram perguntar porque esse cara se sujeitou atuar nesse filme?
Mas enfim, a minha intenção não é falar do filme mas reverenciar essas duas feras. Não tem aquele que não pára o que está fazendo para vislumbrar a eloquência da dupla.
Todo mundo já vibrou com o trabalho de Lázaro Ramos fazendo entre tantos outros, João Francisco (Madame Satã), André (O Homem que Copiava) e até o Foguinho (Cobras e Lagartos); e com Wagner Moura que só teve o Brasil botando reparo nele depois de Capitão Nascimento (Tropa de Elite), apesar dele já ter dado mostras de sua competência em Sexo Frágil e em muitos outros trabalhos.
Gosto desses dois!!! E se Deus quiser, vamos ouvir falar muito deles ainda…



Categorias: Cinema, Gente, Tudo, Vídeo







Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. wallasse
    7, novembro, 2007 em 07:00 | #1

    eu odeio esses caras :angry: :angry: :toin: :toin: :angry: :angry:

  2. lucas ayres
    23, outubro, 2007 em 10:47 | #2

    Quem fala que opai o é ruim, é pq nao entende uma peça principal do filme, o filme fala sobre salvador, sobre o pelourinho, na forma em que se fala em salvador. O filme não foi feito para passar um padrao nacional, mas um padrao local. É muito engraçado, mas tem que entender baines pra sacar as piadas, as deixas e as muitas historias que existem nas entrelinhas. O pai o, antes de ser filme é peça, peça dos meninos do olodum.

  3. 23, outubro, 2007 em 08:02 | #3

    A cena é boa, mas o filme… "Ó Paí, ó" é, sem dúvida, o PIOR filme que já vi. Tipo, é MUITO, mas MUITO ruim.

  4. Bia!!!
    21, outubro, 2007 em 10:39 | #4

    eu gostava da Dona Magali…

    era comédia o programa, pena que acabou…

  5. 16, outubro, 2007 em 08:24 | #5

    Ia falar aqui dos outros filmes do Wagner, mas como o povo já falou…

    =D

  6. 16, outubro, 2007 em 05:00 | #6

    SE eu fosse Diretor esses dois iriam fazer todos os meus filme.

    bjs

    Thales
    http://lista10.blogspot.com

  7. 15, outubro, 2007 em 16:38 | #7

    caramba tbm admiro os dois são ótimos atores :jump:

  8. 15, outubro, 2007 em 16:20 | #8

    O personagem interpretado por Wagner Moura em "Deus é Brasileiro" e o interpretado pelo mesmo em "Tropa de Elite" só dá provas do quanto ele é versátil. Vale ainda mencionar sua atuação em filmes como "Caminho das Nuves" que é excepcional, e sua participação em "Carandiru".

    Já quanto ao Lázaro Ramos eu gosto muito dele no Homem que Copiava, filme que para mim está entre os melhores do cinema nacional. Não é pra menos, sob a direção de ninguém menos do que Jorge Furtado.

  9. 15, outubro, 2007 em 16:05 | #9

    Sim, é verdade, sei disso Guima… Mas nunca se ouviu falar tanto dele como agora, graças ao Capitão Nascimento.

  10. Guima
    15, outubro, 2007 em 15:55 | #10

    Poxa, o Wagner Moura fez Deus é Brasileiro com o Fagundão e o vilão da ultima novela!

Fechado para comentários.