Arquivo

Posts com a tag ‘Notícia’

Steve Jobs aparece visivelmente devastado pelo câncer

27, agosto, 2011 Ester Castro 4 comentários
Steve Jobs

Imagem: reprodução

 

Eu fiquei comovida. É muito triste ver um dos homens mais importantes do mundo tecnológico definhando por conta de uma doença tão devastadora quanto maldita. O câncer faz isso. Não há piedade apesar dos lapsos de trégua. Vivi e senti isso com a minha avó materna vitimada por um câncer pancreático. É muita dor no sentido amplo da palavra.

Steve Jobs teve o diagnóstico de câncer de pâncreas em 2004, cujo prognóstico é um dos menos otimistas. Mas com o benefício do dinheiro e da medicina avançada a seu favor, ele vem lutando contra a doença desde então. Até um transplante de fígado, provavelmente pela metástase, ele fez em 2009.

Entre breves aparições, licenças e afastamentos estratégicos para os tratamentos, esta semana Steve Jobs finalmente renunciou ao comando da Apple, empresa em que foi co-fundador em 1976.  Embora ainda permaneça como presidente do Conselho de Administração, o novo CEO da Apple será Tim Cook, antigo diretor de operações da empresa.

Dois dias após a renúncia, Jobs foi fotografado (imagem acima) visivelmente abatido e devastado pela doença. É desolador, porque a gente sabe que ele sabe ser apenas uma questão de tempo, embora seja imprescindível lançar mão do que ainda não dói: acreditar!

Fonte:  TMZ e Wikipedia (via Luis Hipólito no Facebook)

UPDATE 1:

Meu marido havia levantado a questão e agora o leitor Richard comentou deixando um link que questiona a autenticidade da foto acima. Segundo o que consta, ela teria sido retocada para fazer Steve Jobs parecer mais debilitado.

É fato que a TMZ é um tablóide sensacionalista e diante do que está exposto não é de duvidar que tenham sido tão baixos ao ponto de tripudiar do sofrimento de uma pessoa tão influente, para fazer dinheiro. Não que alguém menos influente minimize o fato.

Quero ressaltar que este blog nunca foi sensacionalista e eu jamais tive o intuito de atrair atenção por meios tão escusos. Quem me acompanha há mais tempo sabe que apenas divido as informações que acho pertinentes e muito embora eu perca tempo checando a origem detalhada de tudo que publico, sempre incorro no risco de cair num engodo.

Por enquanto ainda manterei a foto até tudo estar de fato esclarecido. Quem sabe a própria assessoria de Steve Jobs se manifeste ou quem sabe a própria TMZ. Se confirmada a adulteração, a imagem será removida e o post reeditado.

Categories: Celebridade, Mundo, Notícia, Tudo

A doença do filme “Como se Fosse a Primeira Vez” existe!

26, agosto, 2011 Ester Castro 3 comentários
Michelle Philpots

Imagem: reprodução

Lembram do filme Como se Fosse a Primeira Vez (50 First Dates-2004) em que a mocinha esquece tudo o que acanteceu no dia anterior? Aliás um filminho bem gostoso de ver…

Pois a britânica Michelle Philpots vive esse mesmo drama. Tal qual no filme ela também foi vítima de um acidente de carro e desde então sofre o que os médicos chamam de amnésia anterógrada.

Perda da habilidade de formar novas memórias a partir de um determinado ponto no tempo. Esta condição pode ser de origem orgânica ou psicogênica. A amnésia anterógrada organicamente induzida pode ocorrer seguida a um trauma cranicerebral; ataques; anóxia e outras condições adversas que afetam as estruturas neuronais associadas com a formação de memória (ex., o hipocampo; fórnix (cerebral); corpos mamilares e núcleos talâmicos anteriores).

É uma condição bastante rara, mas possível.
Michelle lembra de tudo até o dia do acidente, mas após o trauma precisa ser lembrada pelo homem que acorda ao seu lado, de que estão casados há 13 anos. Sempre que ela demonstra sinais de dúvida, precisa mostrar a foto do casamento. Além disso, todos os telefones, compromissos e coisas importantes são anotados e expostos para serem relembrados no dia seguinte.

Caramba, isso deve ser horrível! Imagina acordar todos os dias achando que ainda é 1994, data do acidente, e viver todos esses anos nessa rotina de lembra e esquece? E pra piorar, pedindo licença para um raciocínio infame, ela não deve conseguir empréstimo, nem comprar fiado e o marido deve ir pra esbórnia todo dia! :80:

Fonte: Daily Mail

Categories: Curiosidade, Notícia, Saúde, Tudo

A mulher que quer ser a mais gorda do mundo!

17, agosto, 2011 Ester Castro 2 comentários
A mulher que quer ser a mais gorda do mundo!

Imagem: reprodução

Susanne Eman, uma Americana de 32 anos do Arizona nos EUA tem uma meta: se tornar a mulher mais gorda do mundo. Para isso, ela que hoje pesa 330 kg quer chegar aos 730 kg comendo mais de 20 mil calorias por dia. As informações são do tabloide Daily Mail. Leia mais…

A mente das pessoas é uma incógnita e acaba produzindo muita maluquice pra pouca cachola. Veja o caso dessa mulher.

Enquanto meio mundo está preocupado com o crescente número de pessoas acima do peso, porque claro isso não é uma questão estética, mas porque implica riscos à saúde, alguém decide encarar uma roleta-russa gastronômica pra bater um recorde e diz querer quebrar o estigma de que ser gordo não é ruim.

Ser gordo de fato não é ruim, mas ser obeso mórbido é fatal! É claro que o corpo não aguenta!! Segundo ela, as taxas ainda não estão na zona de perigo, mas a julgar pela dieta molotov e pelo peso exorbitante, é uma questão de fração de tempo para que suas coronárias entrem em colapso e ela comece a fazer uma hipertensão severa, sem falar em outros inúmeros problemas paralelos que surgem como consequência.

Realmente não dá pra entender…

Isso que é levar ao pé da letra o dito popular “comer pra morrer”!

Fonte: UOL

 

Categories: Comportamento, Notícia, Tudo

Brasil e sua inversão de valores. Ser honesto é crime!

22, abril, 2011 Ester Castro 21 comentários

Joilson Chagas
Foto: Uanderson Fernandes

 

Bom exemplo de motorista que devolveu R$ 74 mil ao dono vira motivo de chacota

 

O motorista de ônibus Joilson Chagas de 31 anos, que ganha cerca de R$ 1.400 por mês, tem um filho de 14 anos, uma esposa grávida e foi vítima da tragédia das chuvas no Rio há tempos atrás, encontrou uma maleta com R$ 74.800,00 dentro do ônibus, devolveu ao dono e foi rechaçado pelos colegas.

Vejam vocês como a inversão de valores infelizmente insiste em imperar nesse país.

Joilson é um exemplo cada vez mais raro de figura humana que se mostrou com caráter, honestidade e hombridade, porém para alguns de seus colegas, ele não passou de um otário.

Me revolta ver que tal atitude seja tratada por uma fração de mortos de fome e sem berço, como sendo uma vergonha, uma contravenção ou até mesmo um crime.
Tenho asco de gente que acha um absurdo ser honesto. Pois eu digo que gente assim não passa de escória e sempre terá o meu desprezo. Sem mais.

Abaixo, um vídeo da matéria, onde apesar de ter sido rechaçado por alguns colegas, outros endossaram sua atitude:

 

 

Ah, e antes que alguém solte a velha balela de que achado não é roubado, faço um convite à leitura do texto “Achado não é roubado” – Aspectos éticos e legais que eu escrevi há uns três anos. Lá eu digo o que eu penso a respeito.

Esse motorista que certamente passou por grandes provações, manteve uma postura digna de orgulho porque não se valeu de suas dificuldades para se apoderar de algo que não lhe pertencia.

O gesto de Joilson certamente lhe trará muito mais que o dinheiro encontrado e mesmo que ele continue tendo uma vida modesta, será rico em virtude.
Ter o seu nome lembrado por sua honestidade é a maior riqueza que um homem pode deixar como herança. ;)

Categories: Notícia, Opinião, Tudo, Vídeo

Tudo o que o ensino público MENOS precisa é aula de religião!

14, fevereiro, 2011 Ester Castro 8 comentários

Projeto do deputado Pastor Marco Feliciano é para tornar obrigatório o ensino religioso em escolas públicas

O tema acima foi brilhantemente discorrido pelo Cardoso, o blogueiro mais House feelings da internet, texto cujo qual recomendo a leitura, mas quem me conhece e “me lê” há um bom tempo, sabe que se botou religião onde não é chamada, eu não poderia deixar de pitacar a respeito.

A despeito da minha crença ou falta dela e em respeito aos mais diversos credos, aliás justamente por essa diversidade, forçar a obrigatoriedade do ensino religioso nas escolas públicas, é no mínimo um retrocesso sem precedentes.

O nobre Deputado Federal, Pastor Marco Feliciano, protocolou no último dia 09 de fevereiro o Projeto de Lei n. 309/2011 que visa alterar o Art. 33 da Lei n.º 9.394/96 que tornaria a aula de religião, então facultativa, grade obrigatória no ensino público, como segue:

Art. 33: O ensino religioso, parte integrante da formação básica do cidadão, de matrícula facultativa pelo aluno, é disciplina obrigatória nos currículos escolares do ensino fundamental, assegurado o respeito à diversidade cultural religiosa do Brasil, vedadas quaisquer formas de proselitismo.

Vejam vocês que o deputado, na pressa de exercer o seu intento de “boa fé”, esqueceu de alterar também o último trecho que veta qualquer forma de proselitismo. Tornar a religião obrigatória não estaria ferindo a disposição final deste artigo? Pois pra mim, obrigatoriedade de religião X proselitismo não passam de mera redundância e me soa mais como um intuito velado de converter futuras massas a um dogma específico.

Mas se for para ensinar virtudes, ética ou normas de conduta, por que não criar uma matéria pertinente? Ou quem sabe trazer de volta à grade, a velha “Educação Moral e Cívica” (nossa, agora cavei fundo no baú…), que abordava entre outros assuntos, a consciência, o caráter, virtudes, vida social, direitos, deveres, estes que talvez sejam o maior déficit da sociedade atual.


Imagem: reprodução

O ensino público precisa de bons professores bem pagos, de inglês obrigatório também no Ensino Fundamental I e não só a partir do Fundamental II, de bibliotecas bem supridas, de laboratórios de informática e de estruturas físicas dignas.
O que precisa mudar e melhorar ainda mais é a qualidade do ensino, para que o filho da diarista encontre de graça, o que o filho do dotô paga o olho da cara pra ter.

Religião? Deixe-a para quem quer seguí-la por vontade própria e não por imposição.
Eu defendo sim o laicismo porque o Brasil enquanto laico, nos permite fazer nossas próprias escolhas como é de direito no pleno exercício da liberdade democrática.

#prontofalei.

Categories: Notícia, Opinião, Tudo