Rankings – relação de amor e ódio

23.11.08 - 11:42 AM Ester Castro






Não tenha medo de se expressar...

Fotografia de Tim Flach

Depois de ler o desabafo da Tine no artigo Eu não gosto de rankings… sobre o tal lance da campanha de ranking no BlogBlogs, decidi comentá-lo em forma de outro artigo aqui mesmo.

Entendo perfeitamente a observação dela e inclusive concordo com vários pontos, porém precisei fazer uns adendos e comentar alguns trechos do artigo dela que transcreverei logo abaixo.

Antes de mais nada, eu sou uma das que aderi a brincadeira “Mamãe eu quero subir no ranking do BlogBlogs!” e embora eu reconheça que estar bem posicionada em listas e rankings inflam o ego, essa é a menor das minhas preocupações. Li em vários lugares comentários de blogueiros que ficaram doídos por perderem posições nesse ranking. Que bobagem!!! Isso não mudará suas vidas e nem pagará suas contas, meus queridos!
Não me envergonho de ter participado e tô me lixando se isso está surtindo efeito ou não. Participei por não ter nada a perder e por curiosidade no resultado da força que blogs unidos podem representar. Acho que os caras tiveram a manha, estão se divertindo com razão e se isso tivesse sido idéia de algum blog “sensação” por aí, podem ter certeza que todos estariam aplaudindo.
Aliás como foi dito nos comentários do artigo da Tine, isso não é nada diferente de tantas outras campanhas cata links (leia-se memes) feitas anteriormente, e todas com a exceção das de cunho social, possuem a intenção de angariar posições em rankings. Acontece que os caras da campanha do BlogBlogs não maquiaram a intenção e nem usaram máscaras. Abriram o jogo de cara.
Como eu disse, foi uma brincadeira e quem esteve a fim de brincar, desceu para o play.

Não dá para ficar bravo com isso! Por quê? Porque até um período atrás a frase “os grandes sempre serão os grandes!”….

Eu fiquei em dúvida… Diante de tantas “auto-rotulações” que vemos por aí, pergunto: Quem são os “grandes”?
Aqueles que estão em evidência e tem dezenas de milhares de acessos, resultado de “costas quentes” e ligações externas apesar do conteúdo ser idêntico ao de outros blogs, ou aqueles que colocam a alma num texto mesmo que seja lido por meia dúzia de leitores? Aqueles que se cadastraram num Blogger/Wordpress ontem e alcançaram notoriedade pela pessoa do blogueiro mesmo que seu blog seja uma merda, ou aqueles que já têm mais de 4, 5, 6 anos de estrada e  alcançaram notoriedade e respeito não por bajulação, mas sim pela relevância de seus conteúdos?

E aí? Será mesmo que acessos e fama relâmpagos por si só medem a grandiosidade de um blog? Não, eu acho que não.

Lembre-se a maioria dos “grandes” chegaram as mais altas posições do ranking por indicações de conteúdo relevante e não por “memes”, vai caber a cada um que subiu mostrar que não era só brincadeira e que também produz conteúdo interessante e que merece divulgação!

De fato. Isso já é feito pelos veteranos e por alguns poucos que seguem seus exemplos. Na verdade estes não precisam mais provar sua capacidade. Não importa que façam campanhas de linkagem à revelia, o lugar ao sol dos que possuem a competência de estar lá, sempre estará garantido. Claro que alguns outros que se dizem “grandes” vão retomar suas posições com certeza, porque todo o resto sempre os linkarão no bom estilo baba ovo.

Meu conselho para os que conseguiram mais visibilidade é que se aproveitem dela mostrando que são merecedores e apresentem aos “grandes” conteúdo, realmente, de qualidade!

Sim, esse é o ponto. Mas depois desse imbróglio todo, tudo acabará sendo jogado na peneira e voltará a ser como antes, ou seja, os rankings sempre terão na lista tanto os merecedores como os bajulados e isso nunca vai mudar. Enquanto uns colhem os frutos das sementes jogadas por eles mesmos, outros colhem os frutos jogados por seu horticultor.
E assim como a Tine, também não gosto de rankings porque eles nunca medirão o real valor de um blog, porém me divirto com eles porque hoje posso amar estar dentro deles e amanhã, odiar estar fora…

Resumo da história. Os “grandes” ou melhores não são os que sempre estarão em primeiro, mas sim os que conseguirão ir mais longe… ;)

#prontofalei



Categorias: Blogs, Humor, Opinião, Tudo







Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. Mari
    28, novembro, 2008 em 18:11 | #1

    perdi a conta de quantos posts eu li, com diferentes opiniões a respeito desse meme… mas o seu foi o melhor. o mais realista, "pé no chão".

    comentei no blog de um dos criadores da "brincadeira" que para mim, sendo uma pessoa que não participou da campanha, e não liga muito para rankings em geral, o maior mérito foi poder conhecer novos blogs, diferentes e com o tão aclamado "conteúdo".

    estou só esperando chegar na minha casa para assinar um monte de feeds novos e interessantes, que se não fosse o barulho da campanha, provavelmente não conheceria…

  2. 28, novembro, 2008 em 09:05 | #2

    fiquei de espectadora vendo o circo pegar fogo admito!

    confesso q fui uma das idealizadoras da brincadeira, pois no momento estavamos falando exatamente sobre a minha campanha (de links) da árvore de natal da blogosfera e surguiu a idéia, nem eu nem o rafa e o jhony tivemos intenção nem mesmo saberiamos q essa brincadeira teria tanto impacto. Nós (rafa, jhony e eu) rismos até hj. junto com a blogzona claro, onde a campanha surguiu e onde surgem outras, campanhas, ideias etc…

    somos julgados até pelos zoneiros, mais enfim… estamos sobrevivendo… acho q tudo isso foi muito bom, valido, possitivo… eu faria novamente!

    na minha cabeça n existe blogs grandes, afinal nem sei que blog é esse de um tal cardoso (nunca visitei) como posso eu dizer q é um blog grande se nem conheço. blog grande pra mim é esse aqui, um dos primeiros q conheci q visitem e q tem uma GRANDE qualidade…

    enfim… posso falar tudo isso pq estou acompanhando essa história desde que foi trepada lá na blogzona

    pior! foi feita por dois blogueiros e uma blogueira, que coisa pevertida, acho que a igreja vai nos excomungar!

    grande post como sempre!

    bjos!

    sucesso

  3. 26, novembro, 2008 em 03:41 | #3

    Eu também aderi a campanha com o meu blog. Mas acredito que o mais legal dessa brincadeira foi juntar as pessoas que já se dedicavam a escrever e não apareciam. Foi por causa dessa campanha que vim parar aqui e adorei ter encontrado seu blog, Ester. Isso vale muito mais que subir em qualquer ranking!

    Vou visitar mais vezes…

    Grande abraço.

  4. 25, novembro, 2008 em 05:40 | #4

    Essa campanha realmente deu no que falar, e foi bom porque deu uma "chacoalhada" em muito blogueiro. Como a Tine falou a blogosfera tem muita gente nova como eu, mas pelo pouco tempo pude perceber que para ter um blog de referência é preciso ter qualidade, persistência, paciência e humildade… e é claro, sempre dar uma olhada naqueles que estão em evidência, não necessariamente nos rankings, mas porque realmente são bons (como seu blog Ester) e outros tantos nos quais aprendi e aprendo muito. Participei dessa campanha porque meus "ídolos de blogs" estavam nele e porque achei a sinceridade do Jhony e do Rafael bem bacana!

    Também gostei muito desse artigo "prontofalei"…rs.

    Abraço!

  5. 24, novembro, 2008 em 22:54 | #5

    Parabéns pelo texto. Eu não participei da brincadeira porque estava em uma semana extremamente complicada. Não tive tempo. Mas se fosse ligar para rankings nunca teria sequer começado meu blog.

    Vejo o crescimento nas visitas por causa do conteúdo e de quebra conheci (virtualmente) um pessoal muito legal que escreve em seus blogs e também querem trocar idéias.

    Até mais! :xonado:

  6. 24, novembro, 2008 em 19:39 | #6

    @Rodrigo:

    É isso aí. Bora preocupar com o que realmente faz a diferença num blog. ;)

    @Marcelo Santos:

    Obrigada!! Com certeza haviam muito mais coisas que precisavam ser ditas, mas eu seria execrada… no mínimo.. :yep:

    @Carol:

    Isso mesmo querida! "…os fortes, para mim, são os que produzem de verdade!" Esse é o ponto G. :palmas:

    @Marcello Ribeiro:

    Obrigada e sim, a campanha mostrou e provou aos que ainda não entenderam que o alimento desse ranking é link e não conteúdo, pelo menos em uns 90% de todo o bolo.

    @Danilo Guedes:

    É isso! Não só fazer direito mas bem feito. :)

    @Ryunoken:

    Sem dúvida. Alguma coisa, seja boa ou ruim, sempre podemos concluir depois de todo esse impasse.

    @Marcus:

    Mas a questão é essa. Não importa o segmento de um blog, o fato é que até para entreter é preciso competência e é possível ser "grande" apenas divertindo os outros. A arte de ser autêntico, ter estilo, competência e originalidade é que fazem esse blog se destacar…

    @Eudes Honorato:

    E falando em "grande", eis o próprio e verdadeiro!!!

    Sou eu quem agradeço por você mais uma vez me dar a alegria de tê-lo por aqui querido!!! Um de nossos grandes veteranos!!!! E repetindo, vida longa ao RA!!!

    :yeah:

    @Tranceman:

    Puxa, obrigada!!! Vamos todos seguir fazendo nossos posts sem esquentar a cachola…

    :beer:

  7. 24, novembro, 2008 em 18:06 | #7

    É por posts desse tipo que eu tenho o SBD nos meus favoritos.

    Ester, a coerencia das suas palavras e das frases que voce citou é justamente o que falta pra muitos dos "grandes".

    Infelizmente ainda tem alguns caras que vivem com o pensamento "cresça mas não me supere", que se sentem ameaçados quando perdem uma parcela do destaque que conquistaram, e ficam procurando culpados por isso ao invés de admitirem seu proprio comodismo.

    Na epoca da Censo da Blogosfera aconteceu um fenomeno bem parecido, mas com participação de vários blogueiros consagrados que continuaram no topo por conta disso.

    Meu blog chegou a subir mais de 400 posições no ranking do Blogblogs, mas isso não refletiu nada nas minhas visitas. Por isso mesmo, desencanei de entrar nesse "Mamae eu quero…"

    Melhor ir fazendo meus posts sem esquentar a cabeça.

    FLWS!!!

  8. 24, novembro, 2008 em 18:01 | #8

    Obrigado, Esther, pelos parabéns! Continuo um mal comentarista em outros blogs, mesmo vindo aqui e me divertindo (ou lendo as coisas sérias) com seus posts. Li seu comentário lisonjeiro no Omedi tb. Obrigado pelo carinho e saiba que vc e seu blog são muito estimados por mim. Abração, menina.

  9. 24, novembro, 2008 em 17:55 | #9

    Ester, estou contigo e não abro. Pintou uma oportunidade de ir para o sol e a galera mandou ver no bronzeado. Quem aproveitou, aproveitou. Que não aproveitou, dançou! 15 minutos de fama, oras! Agora, para se manter nele, é outra história.

    Para finalizar, respeito a opção de cada um, mas muito "grande" não tem conteúdo. Apenas entretenimento. Simples assim!

    Marcus

  10. 24, novembro, 2008 em 12:53 | #10

    O problema não são os rankings, mas são o que blogs se tornaram. Os topblogs, em sua grande maioria e com raríssimas e excelentes excessões, são prosites com outro formato, o que gera frustração em quem gostaria de ver um ou dois comentários em um post que falava do mesmo assunto (e até foi postado antes) naquele blog superconceituado da moda do momento da cena da situação. Participei da brincadeira, subi centenas de posições. Não foi o suficiente nem pra entrar nos top 500, ainda não notei nenhuma mudança nas visitações. porém, só pela discussão gerada e ampliada, já achei válido.

  11. 24, novembro, 2008 em 12:49 | #11

    Ótimo artigo!

    Concordo totalmente com tudo, fui um dos primeiros a entrar na brincadeira, assim como eu, a galera que faz o torresmofresco esta cagando e andando para o ranking, o que vale é a qualidade do conteúdo, seja o tema que for.

    o Torresmo subiu mais de 1000 posições desde o início da campanha, mas e daí? temos um público fiel, um número legal de visitas, uma galera legal de vários blogs que nos apóiam…

    Acima de tudo, temos conteúdo variado, e mais ainda: nos divertimos muito, não ligo se amanhã não vou perder minhas 1000 posições, o que vale é fazer direito.

    Mais uma vez parabéns pelo artigo!!!

  12. 24, novembro, 2008 em 11:26 | #12

    Concordo com tudo!

    Seu artigo foi 10, a campanha foi ótima, mostrou a 'fragilidade' do ranking.

    Rankings não são importantes, na minha humilde opinião, mas sim o conteúdo.

    Abraços!

  13. 24, novembro, 2008 em 11:12 | #13

    Ester,

    Como já falei no post do Rafael (Justplay), o Blogblogs me importa ali somente para ver quem me visitou, é bom ver os avatares de pessoas que eu leio, sempre li, e saber que eles me lêem também. Então, pelo menos para mim, não existe ranking, existem pessoas que lêem e pessoas que não lêem, simples assim!

    Se for prá levar na brincadeira, legal, se for prá levar à sério, pêsames, porque na internet, principalmente dentro deste meio, só os "fortes" sobrevivem e os fortes, para mim, são os que produzem de verdade!

    Beijoca

  14. 24, novembro, 2008 em 11:08 | #14

    Belo post, parabéns! Algumas verdade ditas! Quem ta no alto nunca que descer!

  15. 24, novembro, 2008 em 07:52 | #15

    É, Ester… Melhor eu parar de me encucar com ranking, senão entro em depressão hehe… Saí de um 34º lugar no Blogblogs pra um 161° lugar (por enquanto). Eu gosto do meu blog, procuro postar coisas legais e vou querer melhorar ele, tipo a aparência, e trazer mais novidades. Ranking já era…

  16. 23, novembro, 2008 em 20:14 | #16

    @Leonardo

    Justamente Leo. Também acho que o BlogBlogs não atribui rankings por conteúdo, aliás essa campanha foi a prova disso. Independente do conteúdo ser bom ou ruim, um determinado blog é mais ou menos linkado de acordo com a sua evidência na mídia.

    @AndreHP:

    Palavras da Tine. ;)

    @Tine:

    Foi o que eu imaginei mesmo. É que eu quis aproveitar a deixa de sua referência aos "grandes" pra dizer o que penso sobre esse rótulo.

    E eu também continuarei participando de memes, correntes, ações e campanhas que eu julgar que valem a participação, seja pela diversão ou pela causa. :joia:

    @Oto:

    Acho que nem precisa mudar não Oto. Um rankiamento baseado em links não tem o que mexer não. Mas uma bandeira que sinalize blog de conteúdo ou não, assim como o tal coração do favoritos, seria bem interessante…

    @Fernando Quirino (Mestre Zen):

    É isso aí!! Sem dúvida há muitas outras formas de reconhecimento que eu com certeza não trocaria por um melhor lugar num ranking. ;)

    @Cidão:

    Obrigada!! Eu quero acreditar nisso… :)

  17. 23, novembro, 2008 em 17:34 | #17

    Vou apenas começar do fim:

    "Os “grandes” ou melhores não são os que sempre estarão em primeiro, mas sim os que conseguirão ir mais longe… "

    Ester, você foi muito feliz, esta sua última frase resume tudo! Nada mais a declarar! :yep:

  18. 23, novembro, 2008 em 16:37 | #18

    Eu acho que a tacada foi mais de conscientização do que tudo. Eu por exemplo levava o rankingo do BlogBlogs muito mais a sério antes e me preocupava com ele, como um reflexo completo do meu conteúdo. Depois desse pequeno "experimento" do qual participei, vi que realmente se trata de linkagem esse ranking, o que TAMBÉM inclui um bom conteúdo, mas também pode não incluir. Ganhei já 200 posições e continuo subindo, o que para mim é apenas algo para massagear meu ego bloguístico, mas não encaro como reconhecimento do meu trabalho.

    Meu reconhecimento são comentários elogiando (ou metendo o pau quando instigo pessoas), aumento dos leitores fieis e empolgação por parte dos meus amigos (não tem coisa melhor do que ver um amigo querer participar e ser blogueiro só por conta da minha empolgação).

    Não é cultivando pensamento de "levar vantagem" no sentido pejorativo mas: "O mundo é dos espertos". No ponto que temos realmente, como a Tine mesma disse, aproveitar as possibilidades para nos promover. Senão poderia levar 5 anos para chegar num ponto que posso chegar em 5 meses. Mas não é que quero usar os atalhos para me estagnar e "aposentar" e sim para instigar ainda mais trabalho e crescimento. Nisso está a diferença de quem usa a alavancagem e quem é especulador no mercado. Duas coisas muito parecidas, mas com preceitos muito diferentes na economia.

    :palmas:

    Adorei o post, Ester. Gostei em certos pontos do post da Tine também. :cool:

  19. 23, novembro, 2008 em 10:55 | #19

    Tudo o que é criativo e novo, incomoda. A brincadeira dos caras foi uma "sacada" inteligente. Acho que fica como desafio para o Blogblogs melhorar a qualidade de seu ranking.

  20. 23, novembro, 2008 em 09:51 | #20

    Quando eu disse os "grandes" eu quis dizer os reconhecidos por conteúdo! Como você pode ver no meu blog eu participo de memes e já ajudei alguns blogs em alguns, eu não vejo problema em memes. O fato é que a blogosfera está com muita gente nova (isso me inclui) e que muitas vezes vê uma oportunidade de se colocar em evidência e não perde ela (e nem deve perder) pois trata-se de "negócios" e não mais só prazer em blogar.

    Por isso, que eu digo, agora que estão bem rankiados, cuidem de seus conteúdos, mostrando que não houve somente esperteza ao subir, mas também em se manter ao sol. Dessa forma a atitude não se torna "banal" e a ferramenta (blogblogs) não se torna "dúvida" :joia:

    Em tempo: Eu pretendo continuar respondendo a memes! :tintin:

  21. 23, novembro, 2008 em 09:38 | #21

    "Meu conselho para os que conseguiram mais visibilidade é que se aproveitem dela mostrando que são merecedores e apresentem aos “grandes” conteúdo, realmente, de qualidade!"

    Grande sacada! É isso que estamos tentando fazer no:
    http://formigueirocomunista.tk/

    "#prontofalei" Viciado em Twitter detect… Husehuhsuhshue

  22. 23, novembro, 2008 em 09:09 | #22

    O que ta pegando nisso tudo é que muita gente liga pra esse ranking como se fosse um ranking de qualidade de blogs. Estar no topo realmente é legal, digo por estar lá e não graças apenas a essa ultima brincadeira. Tenho clara consciência de que muitos outros blogs mereciam estar na mesma posição que eu, por terem mais visitas, melhor conteúdo, etc. Assim como era anteriormente.

    Resumindo, pessoal deveria se lembrar de que o ranking do BlogBlogs é baseado única e exclusivamente em links, e não em conteúdo. Então não deveriam ficar se gabando por ganhar X posições.

Fechado para comentários.