Quer ser blogueiro?? Então se liga numa regrinha básica…

17.06.08 - 2:26 PM Ester Castro Comente! Ler comentários






Eu já andava de saco cheio com certos acontecimentos desse naipe por aqui e já que o Cardoso reiniciou a discussão sobre, aproveitei pra pegar carona.

Esse assunto já foi citado, mastigado, deglutido e ruminado por uma infinidade de blogs veteranos com o intuito de ensinar sobre a postura correta de um autêntico blogueiro.
Mas é de lascar como tem gente que não se manca e ainda anda fazendo errado. Eu não sei é preguiça ou falta de interesse em melhorar, mas o fato é que as informações estão todas aí ao alcance de todos, é só buscar por elas e fazer aula!

Com quase dois anos de blog eu estou longe de ter a bagagem de uma veterana mas fiz questão de correr atrás do bê-a-bá do blogueiro e saber o que devo fazer pra não parecer uma loser antes mesmo de começar. Não vou negar que eu tenha esmolado alguns links no início mas pude me redimir à tempo.
Me preocupei em ouvir ler o que grandes blogueiros dizem, afinal se estão à frente da cadeia bloguística, tiveram méritos pra isso e seguem normas vitais para ter um blog de sucesso.

Existem inúmeras regras que devem fazer parte da cartilha de um blogueiro, mas a que incomoda mais é essa coisa patética de mendigar troca de links ou pedir parcerias. E o que é pior – fazer esse tipo de pedido nos comentários de um post que trata de assuntos sérios como a violência, células-tronco, etc. e nem sequer tentar deixar uma opinião sobre o artigo pra despertar o interesse do dono do blog. E quando se pensa que não dá pra piorar mais, ainda vem com um “e aí parceirão” e um “fala amigão” deixando claro que nem se dão ao trabalho de perceber que quem escreve é uma mulher…
Isso para mim é o mesmo que pedir pra NUNCA entrar no blog do camarada.

Não quero passar recibo de soberba. Meu blog vai de mal à meia boca e ao que tudo indica, a maioria dos meus fiéis e queridos leitores nem são blogueiros e portanto passam direto por textos direcionados como esse. Mas o que eu aprendi e continuo aprendendo faço questão de passar adiante aos que estão começando.

Se você quer escrever um blog, independente da temática adotada, fique na sua que a sua hora chega. Apenas faça o melhor que puder pra mostrar um bom trabalho. Exercer interatividade não é mendigar troca de links, mas sim frequentar outros blogs e comentar os posts que lhe interessam. Quer mostrar que você existe? Então faça de um jeito certo e não esgote a mísera possibilidade de um outro blogueiro se interessar em visitar sua página, jogando um balde de água gelada no saco dele ao mendigar parcerias.
Respeito e notoriedade não se impõem, se conquistam.

E se você acha que se preocupar com links no blogroll de outros blogs seja algo crucial, fique você sabendo que isso não é sinônimo de aumento de tráfego. Os leitores só se tornam frequentes e assíduos se você mostrar competência e sobriedade no que faz. Do contrário, desista.

Pra finalizar, se liga antes nas aulas de blogagem abaixo, que deveriam virar livro de cabeceira para pseudoblogueiros:

10 Razões Pelas Quais Você NUNCA Vai ser Um Blogueiro e/ou Problogger de SucessoNospheratt
Como ser bacana na web: dicas para blogueiros – Luiza Voll
Linkar é diferente de trocar linksEdney Souza



Categorias: Blogs, Comportamento, Opinião, Tudo







Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. 25, maio, 2013 em 23:37 | #1

    Adorei as dicas, estou pensando em criar um Blog. E com certeza levarei suas dicas comigo. Sábias palavras a s suas. Parabéns!

    Responder

  2. Lucas Ferreira
    4, fevereiro, 2013 em 12:18 | #2

    Parabens você me ajudou bastante você poderia criar um post de como usar a web vi um nesse blog:
    http://blocknick.blogspot.com/ e achei legal voce poderia falar com o dono e fazer parceria pra trazer ele pra seu site?

    Responder

  3. 26, dezembro, 2012 em 15:03 | #3

    Concordo também… Confesso que no começo mendigava links também, Mas é isso aí mesmo. Concordo com vc.

    Responder

  4. 23, dezembro, 2012 em 15:01 | #4

    Belo artigo e um artigo, foi uma leitura de muito aprendizado para mim, a maiorias das pessoas acha que a internet e "terra de ninguém", mas na rede a regras e que quem não as sega e penalizado com o fracasso, devemos sempre seguir a etiqueta a risca de como ser um blogueiro.

    Responder

  5. 24, setembro, 2012 em 20:40 | #5

    boa dica valeu.

    Responder

  6. 9, maio, 2012 em 23:44 | #6

    umas boas dicas, gostei

    Responder

  7. 9, maio, 2012 em 09:53 | #7

    Goste da dicai! Tô começando agora….e to afim de melhorar bastante!

    Responder

  8. 23, fevereiro, 2012 em 17:44 | #8

    gostei!!!!

    Responder

  9. 14, dezembro, 2011 em 20:38 | #9

    Adorei!
    Parabéns pela sinceridade..

    Responder

  10. 1, dezembro, 2011 em 21:22 | #10

    Gostei das dicas, estou pensando em criar um blog, após ler essas dicas aprendi o que não faze,r parabéns pelo blog, obrigado pela ajuda.

    Abraço.

    Responder

  11. JURANDIR COELHO
    27, setembro, 2011 em 11:32 | #11

    Oi, Muito legal este texto, principalmente para mim, que ainda não sou blogueiro, mas gostaria de aprender um pouco sobre este mundo virtual. Não sei se voce pode me dar algumas dicas sobre o assunto. Para voce entender mellhor escrevi um livro e acho que talvez essa seja uma boa maneira de divulga-lo e claro tambem acho muito legal esta forma de podermos expressar nossas opniões, aprender coisas novas e ficar sempre bem atualizado. indiferente de voce poder me ajudar ou não, valeu pelo grande texto, pois com certeza não esta restrito apenas aos blogueiros mas sim uma forma geral de fazer as coisas em nossa vida com seriedade e com prazer…Se não gostarmos do que queremos fazer é melhor não fazer nada…Valeu…
    Jurandir – Itajai-SC.

    Responder

  12. 1, setembro, 2011 em 18:16 | #12

    Bastante interessante seu ponto de vista. Nada mais correto e ético do que deixar claro para os outros qual a diferença de blogar e de copiar e colar. Parabéns, fica a dica. Sucesso garota.

    Responder

  13. 18, agosto, 2011 em 15:46 | #13

    Tá se achando,não estou vendo nada de estraordinário,alguma coisa anormal está a acontecer,como conseguem enganar o google?

    Responder

  14. Dany
    4, julho, 2011 em 11:59 | #14

    Muito bom o post.
    Estou pensando em criar o meu blog e as dicas foram de grade valia.
    Parabéns!

    Responder

  15. wayne
    25, maio, 2011 em 20:30 | #15

    muito bom nao sou blogueiro mas depois de ler seu post medeu vontade de fazer um parabens

    Responder

  16. 27, abril, 2011 em 10:54 | #16

    Amei seu texto. Sou totalmente nova no mundo dos blogs mas como me informei antes, não caí nessa de implorar visitas e fico revoltada quando percebo que um blogueiro só entrou en contato comigo para fazer troca de links. Escrevi sobre este assunto no em blog, em um post intitulado: Mendigando visitas.

    É muito bom escrevermos sobre as condutas de um blogueiro pois estamos fazendo a nossa parte em abrir os olhos de quem está precisando.

    Amei sua iniciativa. Sucesso para seu blog.

    Conseguiu mais uma fã viu!

    Responder

  17. Djane
    23, abril, 2011 em 19:27 | #17

    mt bom esse post

    estou pensando em ter um blog

    e suas dicas ajudaram d+

    valeu

    Responder

  18. 5, abril, 2011 em 03:58 | #18

    Ester, olá.

    Sendo bem franca com você: eu me identifico com os dois lados da moeda: vivo recebendo spans de link e visita, e francamente, quando a abordagem é boa, eu entro no blog, verifico se o tema dele é pertinente ao meu, ou se pelo menos me agrada e em caso positivo, eu coloco até link. Há situações que eu simplesmente ignoro, o típico "eu te sigo se você me seguir". Não quero condições. Ou se gosta ou não.

    Já ocorreu também de eu cometer o erro de desenvolver contato com um blog grande da mesma área que a minha, que adoro, e avançar todos os sinais sem a percepção de que eu poderia ser ofensiva ao perguntar se poderia fazer parte do blog roll, até porque o blog grande faz parte do meu há 2 anos. Não foi má intenção, foi meramente porque gosto do blog e gostaria de fazer parte de uma leitura recomendada por ele, seria algo gratificante, principalmente porque o blog dá suporte a vários blogs menores que o meu. E, sem querer, ofendi a dona. Acontece.

    Creio que se deve separar o joio do trigo nessas horas e como eu sou naturalmente tolerante com leitores e blogs pequenos, não vejo exatamente como mendicância, às vezes pode ser mero mal entendido, ou ansiedade ou ainda, amiração (como no meu caso, em particular).

    Cabe-nos analisar caso a caso, sem "clima ofense", como aconteceu com uns comentários acima.

    Beyjokhas (no melhor estilo miguxês =D)

    Amygha Cris

    Responder

  19. Raquel Damiani
    19, março, 2011 em 11:01 | #19

    Gostei muito da forma como você escreve – clara e objetiva!

    Não tenho blog, ainda e acho deprimente as pessoas que têm e ficam pedindo visitas sem saber ao menos se eu gosto de ler blogs ou se me interesso pelos assuntos postados.

    Obrigado por compartilhar esse assunto, eu curti no facebook e comentei no Twitter.

    Abraços e sucesso!

    Responder

  20. Gabriel Arantes
    9, março, 2011 em 21:52 | #20

    Concordo!

    Como estou iniciando procurarei me atentar aos mínimos detalhes e não fugir da regra!

    Responder

  21. 8, março, 2011 em 11:08 | #21

    Posts assim são muito bons de se ler, eu também penso desta maneira e escrevo algumas coisas neste sentido.

    Só um ponto que eu gostaria de acrescentar, que é uma opinião pessoal minha.

    Acredito que o que leva muitos blogueiros iniciantes (não que eu seja um dinossauro rsrsr) a cometerem este tipo de erro é o fato de não entenderem que blogueiros como o Cardoso trabalham e muito para chegar onde estão, que nada acontece sem trabalho! E justamente por não entenderem isso ficam tentando "pegar carona" ganhando links (quando ganham rsrsr).

    Abraço e Parabéns pelo post!

    Responder

  22. Helena
    15, fevereiro, 2011 em 17:15 | #22

    oi, eu gostei muito do post, e está me ajudou muito a iniciar meu blog, espero um dia conseguir algo maior assim como este blog.

    obrigado

    helena =*

    Responder

  23. Linda Eliaz
    3, fevereiro, 2011 em 01:02 | #23

    Olha, esta foi minha primeira leitura sobre. Estou tão aquem que desconheço passos básicos, porém, já tive uma lição: tem que ter humildade e saco!!! Tem que ler cada coisa que dói os olhos…e os neurônios…e, claro, eu não poderia deixar de dizer a quem ler isto (eu) : LEIA MAIS!! LEIA TUDO!!! NÃO SEJA PREGUIÇOSO!!! Vai melhorar!

    Grande abraço!

    Responder

  24. 31, janeiro, 2011 em 20:11 | #24

    Oi! estou começando agora e quero fazer o mais certo possivel, sua informação foi muito importante para mim, espero não errar tanto, pois as vezes erramos não somos perfeitos, mas quando queremos buscamos informações e até me sentir segura estarei sempre em busca de mais conhecimento, obrigado pelas dicas, fica com Deus

    Responder

  25. 29, janeiro, 2011 em 19:25 | #25

    Estou iniciando com minhas primeiras postagens, e mesmo assim tenho verificado constantemente as publicações sobre o assunto, inclusive o be-a-blog. Certamente jamais teremos controle de tudo o que acontece na blogsfera, mas aos poucos vamos aprendendo, crescendo e gerando mais aprendizado e conhecimento sobre o assunto. Para um blog que vai de mal a meia boca, postagem excelente que se os blogueiros "amadores" comprenderem o recado vai fazer toda a diferença. Já tens algum poster com dicas também para manter o auto padrão das postagens, seria de grande ajuda também?

    Abraços…

    Responder

  26. Vitor
    16, janeiro, 2011 em 17:10 | #26

    Oi, Gostei do seu blog é cheio de coisas interessantes , sou iniciante ainda quero entender melhor este mundo e quem sabe até ganhar uma grana com isso , Parabens viu

    Responder

  27. 4, janeiro, 2011 em 14:03 | #27

    gostei do teu blog quer fazer uma parceria.

    to brincando calma, logo perceb q existe muita gente cara de pau q vê q nosso blog

    tem algum ibop e pede a tal da parceria

    Responder

  28. 16, novembro, 2010 em 14:35 | #28

    Ester, gostei das suas dicas para blogueiros, que como eu estão começando.

    Comecei tirando umas dúvidas sobre blogroll no blosque.com e de link em link acabei por aprender muita coisa.

    Obrigado.

    Responder

  29. 28, setembro, 2010 em 09:31 | #29

    interesante q apesar de ser novo no ramo tenho agido assim. claro q eu gostaria de ter muitos visitantes mas ñ mendigo parceria ñ. faço e escrevo oq gosto e isso me basta. tbém acho q uma hora quem gosta do q eu gosto vai me descobrir. grato pela oprotunidade e pela dica. abraço

    Responder

  30. 16, setembro, 2010 em 11:34 | #30

    Olá!!!!

    Amei o post estou começando agora e preciso mesmo de algumas dicas!!!

    Valeu mesmo!!!

    Um forte abraço

    Responder

  31. 15, setembro, 2010 em 19:30 | #31

    Gostei do post. Um grande problema é a pressa com que esperamos com que tudo ocorra. A própria Internet é um meio extremamente rápido, onde tudo é muito ligeiro, cada hora surge algo novo. Mas, por outro lado, muita pouca coisa se consolida e se se consolida é bem lentamente. Então, blogueiros novos quase sempre estão frenéticos, querendo o sucesso do blog x ou y.

    Uma boa dica a se seguir é ler a política de parceria do blog. Lá tem todas as instruções. Se o blogueiro colocou o e-mail dele, então ele vai aceitar seu e-mail. Se diz que aceita qualquer troca de banners, então ele vai aceitar qualquer proposta. Cada um tem sua política. Uma boa política é aceitar parceiros de mesmo tema. Ou parceiros de temas variados e que você goste. A questão básica – acredito eu – é ter paciência, ir publicando seu conteúdo com boas ideias (sempre que possível) e ir lendo e comentando coisas que você achar do interesse.

    Responder

  32. 8, agosto, 2010 em 09:59 | #32

    Oi! Sou nova no mundo dos blogs e por isso sempre que posso faço pesquisas pra me aprimorar e não sair fazendo besteira né! rs Adorei o post e pode ter certeza que o que acabei de ler será muito útil pra mim! Fica na paz!

    Responder

  33. 19, julho, 2010 em 20:35 | #33

    achei a sua matéria super interessante e devo admitir que tudo o que você escreveu faz sentido. Afinal, as pessoas hoje em dia querem ver um blog de qualidade e a internet está aqui para isso. Eu tenho um blog, mas sou iniciante nivel zero, e digo que tudo o que você escreveu faz muita diferença para quem lê com atenção. é bom saber que a gente encontra um blog de verdade de vez em quando por aí. Esse aqui faz parte desses raros blogs!

    Responder

  34. 1, junho, 2010 em 08:08 | #34

    Realmente, agora esou construindo conceitos de como "tocar" um blg… e esses posts me ajudaram bstante… to começando agora, etah sendo de muita valia essas informações!

    wlwss!

    Responder

  35. 16, abril, 2010 em 08:37 | #35

    Eu concordo com tudo o que foi dito. Estou começando agora e pretendo aprender, vou ver os 3 links indicados.

    Tenho muitas dúvidas que talvez até já saiba como responder, mas a insegurança de um lugar novo não me deixa ir em frente tão rapidamente quando eu gostaria.

    É claroque criar os links são legais, mas o conteúdo tem que ser bom, porém como propagar isso? simplesmente entrando em outros blogs? fiz um básico que futuramente quero trabalhá-lo melhor, mas antes preciso entender como a coisa flui, no mínimo.

    se tiver mais dica que possa dar, sou todo ouvidos e quero aprender, inclusive indicando outros blogs, pois estou vindo do marketing tradicional e entrando em mundo que estou me familiarizando aos poucos, apesar de já atuar com marketing na internet há pelo menos um ano e a cada dia tem um novo aprendizado.

    obrigado

    Robson Lemos

    Responder

  36. Stive Ernest
    10, abril, 2010 em 15:44 | #36

    Ester.

    Quer ajudar?

    Então se liga numa regrinha básica. "Respeito as pessoas".

    As dicas do post seriam muito boas, se não fossem ofuscadas pela arrogância. Precisamos ser humildes para aprender, e mais humildes ainda para ensinar. Ou seja, devemos ensinar com o coração, e não debochar, ridicularizar, substimar, humilhar os menos favorecidos pelo conhecimento.

    Desça pelo menos mais um degrau…..

    Responder

    Ester Beatriz Respondeu:

    Stive eu até concordo com a sua colocação, mas atenha-se aos três primeiros parágrafos do texto. Se eu não tivesse P da vida com o que acontecia na época (e continua acontecendo até hoje) não teria sido "arrogante" como vc disse.

    Tem coisas que realmente irritam nesse meio e uma delas, entre uma infinidade de outras, é ser mal interpretada.

    Responder

    Brazuka Dicas Respondeu:

    Stive Ernest eu não acho que tenha nada errado nesse post e não acho que faltou humildade.

    Tem muitos site que ensina o que não fazer quando começamos um blog, mais os iniciantes não querem aprender tem preguiça de ler.

    Você disse "humilhar os menos favorecidos pelo conhecimento", o conhecimento ta ai é só estudar, mais quem é que quer estudar né não.

    Responder

  37. 13, março, 2010 em 13:24 | #37

    Ester, achei o seu texto o máximo, dignidade já!!! Parabéns, é gente como você que faz da blogosfera um mundo melhor. Sua conduta ética, principalmente quanto à "mendicância" e o "fica na sua", é uma valiosa referência para iniciantes, gosto muito da sua linguagem franca.

    Um abraço

    Myrna Gioconda

    Responder

  38. 17, fevereiro, 2010 em 08:06 | #38

    Ester,

    criei meu blog semana passada e andei procurando artigos como o seu para não cometer erros, mas já descobri um erro: encontrei um vídeo sobre um assunto muito interessante para meu blog e postei o vídeo, claro que pedi permissão antes e ainda incluí os créditos(um link clicável para o post original), mas ainda assim fico me sentindo mal por ter copiado o conteúdo de outro blog.

    Quanto a mendigagem, ainda bem é um erro do qual passarei longe, pois acho ridículo. Meu blog tem 30 visitas diárias, mas acredito no que você escreveu: "Se você quer escrever um blog, independente da temática adotada, fique na sua que a sua hora chega."

    Enfim, muito obrigada pelas dicas. Estou adorando seu blog!

    Responder

  39. 5, fevereiro, 2010 em 16:46 | #39

    Fala amigo!

    Brincadeira! eheheeheheheh!

    Gostei bastante do post. Vai ser bem útil pra mim, que ainda sou blogueiro de primeira viagem! (primeira mesmo – só tenho um post até agora!)

    té +

    Responder

  40. Juliana
    27, janeiro, 2010 em 20:12 | #40

    E ae parcerão visita meu blog… Brincadeira muito bom seu post,  me ajudou pra caramba, estou entrando no mundo dos blogs agora e essas dicas são fundamentais para um iniciante!!

    Responder

  41. 12, novembro, 2009 em 21:45 | #41

    Lendo e aprendendo, seu post foi muito útil, comecei com o blog agora e gsotei muito não só deste post como dos outros também.

    obrigado e parabéns.

    Responder

  42. 5, novembro, 2009 em 08:54 | #42

    Oi, estava procurando informações sobre etiqueta nos blogs e encontrei o seu.

    Esse post me ajudou muito, pois estou começando um blog e parece que já cometi alguns erros…ainda bem que ainda tenhpo chance de me redimir.

    um grande beijo, e valeu pela ajuda.

    Responder

  43. 3, novembro, 2009 em 11:30 | #43

    Gostei muito desse post, pois estou começando um blog e preciso saber de muitas informações para que ele vá pra frente e esse post me ajudou muito.

    Responder

  44. 14, outubro, 2009 em 20:02 | #44

    odiei, ela acha que é quem? que cafona, querendo dar lição de moral ai ai.. se liga sua tosca

    Responder

  45. 19, setembro, 2009 em 21:04 | #45

    adorei o blog, parabens, estou começando e tem me ajudo muito. obrigado.

    Responder

  46. 5, setembro, 2009 em 18:02 | #46

    Parabéns pelo post e pelo blog. Também fiquei muito positivamente impressionado ao ler que você optou por ser uma mãe de verdade e esposa ao invés de priorizar a carreira. Este é um grande diferencial seu.

    Responder

  47. 25, julho, 2009 em 08:20 | #47

    Olá muito boa sua matéria, esto começando um blog mas bem dificil, não tenho muita intimidade com a informica talvez seja por isso. Com certeza vou passar muito por aqui em busca de informações e dicas. Parabéns.

    Responder

  48. 22, julho, 2009 em 06:13 | #48

    Muito bom o seu comentário, estou interessado em montar o meu mas estou pesquisando para não fazer bobagem.

    Valeu pelas orientações !

    Responder

  49. 16, junho, 2009 em 16:44 | #49

    Muito bom e honesto, sério. Gostei muito do texto, pois estou começando um blog e sinceramente não sei pra onde ir com ele… (Pode até ser engraçado, mas é verdade)

    Seu texto me esclareceu muita coisa que talvez só aprendería com o tempo.

    Obrigado!

    Responder

  50. 5, junho, 2009 em 09:26 | #50

    Parabéns! Estou pesquisando para elaborar meu blog. Pouco conheço de infomática. Estou pesquisando. Assim a encontrei no meu caminho. Que bom. Estou com dificuldade, por ser iniciante nesse mundo. Estou aprendendo o glossário da informática. Parabéns, outra vez.

    Att: Locatelli (Não estranhe o nome. Sou neto de italiano).

    Responder

  51. 4, junho, 2009 em 07:28 | #51

    Vivendo a aprendendo! Errar por imediatismo. Como uma boa leitura depois de uma pesquisa ajuda a gente!

    Responder

  52. 2, junho, 2009 em 08:01 | #52

    Bom ultimamente tenho pensado muito em fazer um blog sempre gostei de le o de outras pessoas mais me resta uma dúvida o que colocar ? sou estudante de sistemas de informação to começando agora , mais eu to adorando meu curso, bom tive lendo em outro blog que nao devemos usar o famoso ctrl C e ctrl V para colocar assunto de outros blogs no nosso isso é errado? ou melhor é crime? De qualquer forma estou para pabenizá-lo pela sua página muit interessante vou voltar outras vezes. Um abraço.

    Responder

  53. 28, maio, 2009 em 11:34 | #53

    Olá!

    Adorei sua dicas, afinal estou começando agora e é necessário saber o que fazer e como fazer. Está tudo bem claro!

    Obrigada.

    Desejo à você todo sucesso do mundo como mãe, esposa, blogueira e como pessoa!

    Um abraço

    Responder

  54. Paulo Martins
    26, maio, 2009 em 04:41 | #54

    Pessoal, parem de tomar cachaça no café da manhã. É um absurdo, as pessoas quererem "elitizar" algo que nasceu para "sociabilizar" com recursos que a internet proporciona.

    Não sou blogueiro, ne "fotologueiro", ou "twitteiro", lá sei eu como vocês chamam, sou proprietário de uma empresa de consultoria, que de vez em quanto costumo avaliar assuntos que posso tratar em meus treinamentos.

    Expresso meu "disappoint" como usuário, quando identifico que em determinado blog há um certo pretensiosismo, como este post, sem qualquer paixão, simplesmente discriminatório.

    Desculpem pela extensão no depoimento, mas como dica, pensem mais em ajudar e não a criticar.

    Abraços

    Responder

  55. 24, maio, 2009 em 17:24 | #55

    Sou novato e só a 20 dias criei meu blog e em tão pouco tempo cometi vários erros e fui muito inconveniente, sem ter noção disto!

    Agora que comecei a pesquisar mais sobre o assunto percebi meus erros, e com sua ajuda espero cometer o mínimo de erros possíveis!

    Vou me tornar um visitante-aluno assíduo do seu blog!

    Abrços, vc me ajudou muito!

    Responder

  56. 10, abril, 2009 em 11:46 | #56

    Fala, amigão. Ops! Desculpe-me, o site é assinado por uma mullher….

    Concordo. É grosseiro e até arriscado tratar um homem como mulher. É deselegante também tratar uma mulher com adjetivos masculizados.. Acho que poucas pessoas gostam desse "engano".

    Mas confesso a você que dificilmente eu me interesso pelo gênero sexual do autor ou autora de um bom trabalho. Quando descubro que o texto foi feio por um homem ou mulher é porque essa informação chegou por um acaso, não porque eu fui em busca desse dado.

    No texto, geralmente o título é que me atrai. E leio o texto até o final se o conteúdo é relevante e interessante para mim.

    Li seu post até o fim porque era um post interessante, que iria agregar algum dado para minha formação. Mas em nenhum momento procurei saber seu sexo antes de ler o texto. Raramente me preocupo em saber se quem assina um bom texto é homem ou mulher. Acho que os textos são assexuados. Como as músicas não tem sexo, os textos também não.

    Mas por causa desse seu puxão de orelhas, todas as vezes que eu for comentar algo, verei antes o sexo de quem assina o texto. A minha preocupação agora vai ser quando eu me deparar com um post assinado por um gay ou lésbica. Será que eles ficarão ofendidos se eu os tratar, respectivamente, como homem ou mulher? O mundo está cada vez mais difícil e complexo. Esse assunto, porém, é para outro tópico que espero que você trate, visto que foi você quem trouxe esse assunto de gêneros à tona.

    Responder

  57. 4, abril, 2009 em 20:32 | #57

    Muito bom o post. Meu blog tem menos de 2 meses de nascimento, e esse seu post com certeza vai me ajudar bastante, assim como os links que postou também. Parabéns por ajudar a galera que tá iniciando na blogosfera por agora.

    Abraços

    Responder

  58. Louhana
    23, março, 2009 em 18:46 | #58

    Achei dez essa publicação, ainda mais que vou começar a fazer um blog pra mim também.

    Parabéns e obrigada ;D

    Responder

  59. Ingrid Marjore
    25, fevereiro, 2009 em 17:34 | #59

    Gostei muito do seu post, a matéria foi ótima e foi sobre um assunto que pertuba muita gente.

    Ainda nem começei o meu blog porque não faço a mónima idéia de qual é o melhor mas com certeza quando eu fizer um vou seguir suas dicas.

    Um beijo

    Responder

  60. 11, fevereiro, 2009 em 19:53 | #60

    Gostei do teu texto ^^ Eu comecei a escrever um blog ontem! Até semana passada eu só tinha o tal fotolog, mas cansei daquele formato. Ninguem presta atenção no que voce escreve! E no blog o que importa é o texto mesmo, isso que eu acho bacana! Gostei das dicas aqui, já é bom pra me policiar e não fazer coisas que irritam blogueiros veteranos hehe

    ;**

    Lil

    Responder

  61. 11, fevereiro, 2009 em 01:22 | #61

    Excelente post, estou começando neste mundo dos Blogs e são textos como esse que me ajudam a melhorar!

    Abraço.

    Responder

  62. 26, janeiro, 2009 em 21:45 | #62

    :toin: Eu já passei muito tempo quebrando cabeça à respeito disto. Você acredita que eu procurei no google essa a resposta para essa questão, ou seja, de como conseguir ser indicado por outros blogs, e não achei nada? Isto vem confirmando a minha teoria de que manjar de Web, SEO e etc., faz bem, mas não é o principal. Não é o principal e técnica nem a sorte. O principal é a espontâneidade. Parece que tudo o que é espontâneo acaba atraindo muito mais. O seu texto passa essa sensação. Por isso que concordo: cada um tem a sua hora e vez. É difícil aceitar isso. Queremos tudo do nosso jeito, do nosso modo. Mas, é aquele negócio: uns querem tanto aparecer que acaba por desaparecer… Não é mesmo? Eu mesmo já passei por isso. Quando vi, estava invisível. Deus me livre. Voltei ao normal. Agora estou tranquilo. Forte abraço e parabéns, Beatriz.

    Responder

  63. 13, janeiro, 2009 em 21:53 | #63

    Valeu, pelas dicas, estou começando agora a blogar e vou sempre me lembrar de suas preciosas afirmações.

    Responder

  64. 4, janeiro, 2009 em 08:09 | #64

    Olha meus parabéns um post muito bom, estarei sempre aqui para acompanhar estes postes … e apartir de hoje estarei revendo meus conceitos arrepeito…

    obrigado um abraço

    Responder

  65. 3, janeiro, 2009 em 07:53 | #65

    Muito bom. Excelente.

    Responder

  66. cinthya
    29, dezembro, 2008 em 19:05 | #66

    Gostei muito da postagem,vai ser de muita ajuda para mim, pois estou iniciando no mundo dos blogueiros e não quero fazer porcaria, valeu.

    Responder

  67. 18, dezembro, 2008 em 15:47 | #67

    Oi

    Obrigada Ester por essa postagem.

    Com certeza ela foi de muita ajuda para mim.

    Irei concertar meus erros.

    Obrigada e parabéns pelo seu trabalho aqui.

    Responder

  68. 9, dezembro, 2008 em 20:29 | #68

    :joia: Muito bom o post, acho errado quando algum blogueiro iniciante, eu sou iniciante, mas, tudo bem, voltando ao assunto, a pessoa vai chega e pede logo pra fazer parceria, não sabe nem do que o blog se trata e como você disse nem sabem se eh um autor ou uma autora. E a grande maioria dos blogs tem uma área falando sobre como fazer as parcerias, muito bom seu blog

    Responder

  69. 1, novembro, 2008 em 17:35 | #69

    Exelentíssimo post, realmente muito relevante, eu como blogueiro iniciante, quero dizer que esse post ajudou muito para minhas novas postagens. recomendadíssimo.

    Responder

  70. 18, outubro, 2008 em 13:21 | #70

    Muito Bom poder contar com blogueiros como você, que se preocupam em nos dar explicações em português sobre o correto uso, mesmo não sendo tarefa sua, muito obrigada Ester, sou completamente leiga e procuro melhorar minha visão e entendimento no assunto, para nós todos aqui de minha família foi útil demais ler esse post! Parabéns :palmas:

    Responder

  71. 3, setembro, 2008 em 06:38 | #71

    Lembro do que meu pai me disse em uma conversa séria.:

    Filho, sempre faça a coisa certa e diga a verdade.

    Pois o que é seu está guardado.

    Na hora em que ele me disse isso eu tinha 14 anos e como é típico de qualquer adolescente dessa idade, não levei a sério. Hoje aplico estas palavras a tudo que me diz respeito. Só agora percebi o valor que elas tem.

    Continue fazendo o certo. Pois o que é seu está guardado.

    Responder

  72. 30, agosto, 2008 em 13:31 | #72

    Boa Beatriz…. ótima Matéria!

    temos que correr atraz, haliaz, correr não… ler e clicar na informações disponiveir bem na nossa cara e é por isso que resolvi criar um blog tambem, pois todos os dias aprendo algo novo.Claro! Sou calouro né!.

    =D

    mas mesmo assim… discordo por achar patético pedir parceria… poxa! voce esta sendo muito individualista e contraditória com uma das finalidades do "BLOGGER"… se estamos numa rede, temos mesmo que nos ligar por afinidade… eu mesmo, simplismente divulguei alguns baner dos blogs de que gosto e que visito com frequência, da mesma formaque os indicados ganham credibilidade eu tambem ganho! pelomenos é minha analize.

    Quero dizer também que voce vai pra minha listas dos indicados… tudo bem? posso?

    ok!

    BloggerDIGO Obrigado!

    Responder

  73. 21, agosto, 2008 em 09:00 | #73

    Realmente, você tem toda a razão com o seu texto! Pedir links significa falta de competência para ser linkado por vontade própria, coisa que acontece pela qualidade dos textos. Quem indica algum texto à alguém é porque se identificou em algum aspecto com ele, ou achou interessante e por isso acha que outras pessoas devem lê-lo.

    Acho que o mais correto (mas também seria mendigagem) é pedir uma visitinha "dá uma olhadinha no meu blog, veja se o assunto te interessa, gostaria da sua opinião" acho que assim ficaria mais elegante que um simples: me linka aí! rsrs

    Mas mostrar descaso com o conteúdo alheio e postar um comentário nada a ver, não precisa ser pedido de link, acho que é digno de um carimbo [medíocre in]

    Bjinho!

    Responder

  74. Elder Itabajar
    24, julho, 2008 em 12:33 | #74

    Antes de tudo, parabéns pelo blog!

    Sou novato nesta área e no passado andei estudando hospedagens, agora criei coragem para iniciar um projeto (blog educativo) e estou fazendo pesquisas sobre blogs e como lidar com eles. Com isso alguns blogs são necessariamente de obrigatória leitura. O seu felizmente faz parte destes e vou procurar sugar ao máximo de informações sobre esta temática.

    Muito obrigado pela disponibilidade e parabéns não mais pelo blog mas pela pessoa que com tanta gentileza nos fornece tantas preciosas dicas.

    Sucesso!

    Responder

  75. 28, junho, 2008 em 23:17 | #75

    :joia: Muito útil sua postagem sobre as "regrinhas" para ser um blogueiro. Como foi mencionado em um comentário à cima, "foi uma aula". Parabéns !!!!

    Responder

  76. 24, junho, 2008 em 16:30 | #76

    :palmas:

    Sabe uma coisa também? É pedir parceria pro Orkut. 1º – É por Orkut. 2º – O post explica isso. No final das contas tu tá linkando até o Seu Zé da esquina (nada contra os Zé's das esquinas desse meu Brasilzão, é só uma expressão :spyglass:).

    Sei que meu serviço bloguístico num é essas coisas todas, mas pedir link? Ah, me poupe.

    O post foi da maior pertinencia jamais vista na tv brasileira.

    Responder

  77. 24, junho, 2008 em 14:03 | #77

    Noutro dia eu lia o blog de uma menina e ela dizia que morria de vergonha de pedir link a alguém. Realmente, deve ser desagradável o sentimento de rejeição. Geralmente eu não linko as pessoas, elas o fazem primeiro. Há muita gente apressada, mas link deve ser como no namoro, a gente pega na mão, depois dá um beijinho, fica conhecendo a sogra depois linka, no bom sentido.

    Esse assunto de troca de links dá diversos posts, há coisas do arco-da-velha.

    Responder

  78. 23, junho, 2008 em 15:36 | #78

    Oi Ester, assino seu feed, e sempre leio suas postagens, essa é 10, ultimamente por uns problemas de tempo e técnicos tive de deletar meu blog, depois desse seu post deu vontade de voltar a blogar, errei, realmente. Tive que recomeçar com um novo blog, mas tudo bem, todo mundo erra. Obrigado pela postagem, seu blog é 10. Muito bom mesmo! Parabéns.

    Responder

  79. 23, junho, 2008 em 04:48 | #79

    testando o gravatar…

    hehehe

    :xonado:

    Responder

  80. 23, junho, 2008 em 04:42 | #80

    POST NOTA 10!

    :joia:

    Responder

  81. 22, junho, 2008 em 16:09 | #81

    :triste: eu no momento estou sem blog, mais estou com um projeto de reunir

    alguns blogs, fazer igual ao do Interney Blogs, estou lhe convidando a participar.

    como comecei ontem essa idéia, por enquanto esta semana vc pode lá conferir

    e vai ter alguns post de outros blogs, mais quando eu tiver os blogs parceiros. só vou postar no site os blogs parceiros.

    quer fazer parte? Não estou lhe pedindo link, mais uma parceria que em breve vai fazer muito sucesso.

    abraços

    Leandro

    Responder

  82. 21, junho, 2008 em 12:10 | #82

    Bem incômodo isso. Até parece aqueles miguxos do flogão e do fotolog que, do nada, fazem o clássico pedido: "Oi miguhhh, visita meu flog, e comenta".

    Muito bom texto, amigão :yeah:.

    Meu blog também vai mal, quase ninguém me linka e quase não recebi comentários, mas as poucas pessoas que fizeram seus comentários e me linkaram, fizeram isso por livre e espontânea vontade, e não porque eu pedi :cebolinha:.

    Responder

  83. 21, junho, 2008 em 09:51 | #83

    Devo confessar que estou começando agora com esse negócio de blog e estou adorando. Poder compartilhar meu conhecimento, minhas opniões, o que descobri na web, sem pretensão alguma, só pelo prazer de compartilhar.

    As vezes não sei o que postar, mas quando sei, o texto tem que ser cuidadosamente resumido, pois senão escrevo algo muito extenso.

    Se fala de web 2.0, mas a internet sempre foi para isso, troca de informações, co-participação… Não é algo novo.

    Abraço

    Responder

  84. 20, junho, 2008 em 06:08 | #84

    :yeah: Adorei. Mandou bem. Odeio essa obrigatoriedade de linkar e esses ranking´s que não dizem nada e não pagam minhas contas. Só linko quem eu gosto…….

    Bjs e parabéns

    Responder

  85. 18, junho, 2008 em 12:48 | #85

    Parabéns pelo seu post, mas não devemos esquecer que o ser humano em busca da perfeição comete erros.

    Abraços e sucesso. :palmas:

    Responder

  86. 18, junho, 2008 em 10:48 | #86

    Ester, acredito que você mandou muito bem neste artigo: uma verdadeira aula de como fazer um blog de excelente qualidade sem essa "linkmania" que assola o mundo da internet. Ainda estou aprendendo e certamente vou levar em consideração as suas palavras. Obrigado por compartilhar suas impressões!

    Abraços.

    Responder

  87. 18, junho, 2008 em 08:40 | #87

    @Leandro

    Concordo plenamente. Muitos vão pelo modismo e pela ilusão de que vão fazer grana com o adsense propondo troca de links a rodo. Estes não saem da estaca zero.

    @Marcelo França

    Sem dúvida. Para que um blog se projete no meio precisa de dedicação esmerada. Nada cai do céu sem suar a camisa antes.

    @Fernando Costa

    Esse é o ponto! Ninguém é obrigado a linkar alguém que te linka. Temos que ter o direito e a liberdade de colocar no blogroll quem gostamos e sem nunca ter a pretensão de esperar algo em troca. Se um dia você merecer ser reconhecido pelo desempenho e figurar no blogroll de um grande blog sem jamais ter pedido pra estar lá, é porque gostaram do trabalho que você faz. ;)

    @Oto

    ahauahauahaua Mas é isso aí! O negócio é fazer a coisa certa que o retorno vem depois! ;)

    @Hanny Meire

    Obrigada querida! E olha que essa foi só uma das travessuras que ele aprontou. :D

    @Designer Vigiado

    Não entendi. Foi uma indireta?

    @Arthurius Maximus

    Sim, os tais comentários "nonsense" que estampam escancaradamente o blogueiro interesseiro. É tipo de coisa que pega mal tanto quanto. Quando não consegue comentar nada que preste focando realmente no artigo do blog em questão então nem comente, porque vai ficar pior que a encomenda. Como eu disse, é pedir pra não ir conhecer o blog do cara "comentador"…

    @Fernando (Mestre Zen)

    Yoda querido ahauahauahaua

    Eu também já paguei muito mico, e acho que continuo pagando algumas vezes com certas coisas, mas estamos aí para aprender não é mesmo? Felizmente temos muita informação à nossa disposição pra poder aprender sempre, porque nunca conseguiremos saber tudo… ;)

    @Evandro F

    Puxa, obrigada! :joia:

    @Fernando (Bdf)

    Fala sumidão!!! :tintin:

    @Glauber

    Obrigada! Aprendizado é preciso ser passado adiante… ;)

    @Nospheratt

    Imagina querida!!! Acho que esse seu post e o seu blog em geral dão sim uma aula seja para quem é iniciante ou veterano. Arrisco dizer que você é meio assim um Edney Souza feminino ahauahauahaua

    Eu que agradeço por colocar à disposição de todos nós uma "Bíblia Sagrada da Blogosfera" como bem disse o Evandro lá no blog dele. :clasp:

    Responder

  88. 18, junho, 2008 em 07:11 | #88

    é isso ai amigão!!!!

    Responder

  89. 18, junho, 2008 em 06:44 | #89

    Ester, 1º que nada, muito obrigada por recomendar meu post. É uma honra aparecer aqui! :)

    2º – Muito bom seu post, você já deve imaginar que eu concordo em gênero, número e grau de temperatura. Esse problem está ficando cada vez mais chato – é impressionante como as pessoas só querem atalhos, pensam que podem conseguir as coisas (no caso, visitas, leitores) da forma mais fácil.

    Isso que você diz de ter lido o que os grandes blogueiros ensinam, é fato comum à todos os grandes blogueiros. :) O que eu nunca vi, é alguém chegar a ser um grande blogueiro, a ter o reconhecimento que você tem, por exemplo, fazendo as coisas desse jeito, "parceria", pedindo links e visitas. Essas coisas não levam à nada, mas parece que é muito difícil de perceber isso, né?

    Enfim, acho totalmente válido que a gente continue falando essas coisas – quem sabe um dia eles aprendem. :)

    Responder

  90. 18, junho, 2008 em 06:37 | #90

    Texto maravilhoso…a cada dia aprendo mais e mais com a comunidade blogueira…e isso é muito legal…

    Parabéns …

    Responder

  91. 18, junho, 2008 em 06:31 | #91

    Passei pra te deixar um oi.

    Responder

  92. 18, junho, 2008 em 06:29 | #92

    Apenas para marcar presença. espero que esteja td bem com você. Abraços!

    Responder

  93. 18, junho, 2008 em 02:06 | #93

    tái uma pessoal a qual eu respeito e levo em bastante consideração os pontos de vista, adorei o teu post Ester, tanto que me dei ao trabalho de sair de la do Google Reader p/ vim aqui deixar um simples comentario :cool:

    abraçoo querida ;)

    :palmas:

    Responder

  94. 18, junho, 2008 em 01:00 | #94

    O mais legal desse artigo – além óbvio do seu texto que nem vou falar muito porque você já sabe que sou fã – são as histórias nos comentários. :joia:

    Eu leio blogs a 10 anos, me restringi aos de notícias (principalmente de entretenimento) a uns 7 anos mais ou menos. Tive um no início, pessoal, estilo diário, ultra-brega hauhauhau Agora a poucos meses decidi abrir um, inspirado pelos grandes blogs que leio a pelo menos uns 5 anos e tenho aprendido mais nos últimos meses sobre lidar com pessoas do que nos últimos 20 anos ralando e quebrando a cara pessoalmente. E isso tem mudado minha vida pessoal em todas as áreas.

    Acho que se alguém descobrisse a importância e os benefícios REAIS de blogar, teria mais respeito por esse "universo". :cool:

    Seu texto foi maravilhoso. Passei vergonha em algumas partes pois já mendiguei e pedi coisas que não deveria, mas por ignorância. Hoje eu tento redimir sendo um bom moço :blush:

    Eu continuo dizendo, durante esses seus "post-bronca", que você é sempre vai ser um grande exemplo de blogueira consciente e humana. :palmas: Eu que sou novato já aprendi muito por aqui e continuo aprendendo.

    Responder

  95. 18, junho, 2008 em 00:10 | #95

    Oi "Amigão"(rs)!

    Você esqueceu de mencionar o indefectível comentário: "Belo texto; vai no meu".

    Será mesmo que o pessoal acha que a gente vai ler algo assim e ir correndo no blog do infeliz para ler o que ele escreveu por lá; se o mesmo sequer se deu ao trabalho de ler o que escrevemos nos nossos? Só mesmo alguém desprovido de qualquer inteligência acharia isso.

    Um abraço.

    Responder

  96. 17, junho, 2008 em 20:32 | #96

    Regrinha mais que básica também é ir direto ao assunto, né?

    Responder

  97. 17, junho, 2008 em 20:19 | #97

    :clasp: Adorei o post onde mostrou a diabrura do seu filho, eu e minha mãe rimos horrores ! A carinha dele com o dedo no nariz e "escondido", foi tudo de bom ! BJS!

    Responder

  98. 17, junho, 2008 em 19:58 | #98

    Oi Ester! Noh! Você quebrou tudo agora heim?! rs… :palmas: Quem está iniciando nessa vida blogosférica deve lembrar que "a pressa é inimiga da perfeição". Produzir conteúdo interessante é mais importante (e onde mora o problema). O restante vem com o tempo e dedicação! :cool:

    Responder

  99. 17, junho, 2008 em 19:53 | #99

    Bom concordamos em tudo , acho que fazer parceria se começa por respeitar o parceiro, tenho visto isso no dia a dia dos blogs, mas relevância é coisa séria, por isso, quando cito alguém em meu blog foi porque realmente achei interessante o que foi feito em seu blog, acho que cabe a nós mesmos eliminar esta pratica, aos pouco, sem stress, bom conteúdo merece ser linkado, não há necessidade de se mendigar links.

    e parabéns pela bronca.

    Responder

  100. 17, junho, 2008 em 18:46 | #100

    Realmente, se a pessoa for levar à sério vai ver o quanto tem que se dedicar, meu blog não é profissional, mas ultimamente gasto no mínimo 3 horas por dia entre pesquisa de conteúdo e acesso à blogs de referência e de amigos. Tem que ter dedicação.

    Responder

  101. 17, junho, 2008 em 17:34 | #101

    Sensacional post.

    O problema, acredito eu, é a enorme vontade de fazer e a pouca vontade de aprender.

    Você falando que tentou ler, aprender o mínimo com gente mais experiente lembrou à mim mesmo… demorei um ano inteiro aprendendo bastante até lançar meu blog. Foi muito tempo, eu sei, mas se o povo fizesse 10% disso, já ajudaria!

    Um beijo!

    Leandro
    http://www.cozinhapequena.com

    Responder

  102. 17, junho, 2008 em 17:06 | #102

    @Dread

    Obrigada!!! Mas nada contra quem tem banners ou links de grandes blogs em seu blogroll. Eu mesma tenho alguns links de blogs que visito com frequência por que gosto deles e não por esperança de também ser linkada.

    @Jomar

    Obrigada! ;)

    @Michael

    Eu acho que a personalidade de um blogueiro não tem nada a ver com sua própria personalidade que é a que depositamos nos textos. Todos somos únicos como pessoa, mas quando assumimos a condição "blogueiro" o ideal é ter uma conduta padrão. Tipo um motorista, independente de sua personalidade, tem que dirigir dentro das normas de trânsito senão se ferra.

    Tal conduta vai te dizer se você é um blogueiro ou pseudoblogueiro. ;)

    @Donizete

    Justamente! Mais uma prova de que parcerias a rodo não aumentam o tráfego. As pessoas entram e só voltam à um blog se ele tiver uma proposta de conteúdo interessante.

    @Adão Braga

    Uia, mas que briga é essa que tu arranjou com a mulé?? ahauahauahaua

    @LorDCool

    Obrigada!! Que bom que isso tenha ajudado. Mesmo retirando conteúdo de outros blogs, o que é uma constante nesse meio, o ideal é sempre depositar a sua opinião sobre o assunto para que seus leitores identifiquem a personalidade de quem escreve. Todos vão te conhecer pelo que tu deposita ali. Isso também é ponto chave para crescer. Sucesso pra você que está iniciando! ;)

    @EternoAprendiz

    Boa observação essa sua. Linkar blogs de conduta questionável pode não trazer bons resultados.

    @Eliete

    Obrigada querida! Muito fofo seu comentário. É que passei a adotar a postura de só enviar posts relevantes ao Dihitt. Assim não cansa os usuários. :p

    Responder

  103. Eliete
    17, junho, 2008 em 16:03 | #103

    Eu não tenho blog , mas aproveito para te pedir que envie mais notícias lá pro diHITT, pois conheci seu blog antes mesmo de conhecer o diHITT e é sempre um prazer vir aqui.

    Responder

  104. 17, junho, 2008 em 15:23 | #104

    Boa noite. Apesar de você ter comentado que o assunto está caindo de maduro, pelo número de blogs que nascem diariamente ele continua atualizado. Eu diariamente recebo propostas de parcerias. Uma das coisas que devemos nos preocupar é que , quando colocamos um link de outro blog no nosso. estamos implicitamente dando

    credibilidade ao mesmo perante nossos leitores. Se ele não tiver qualidade, estamos na mesma canoa. Onde vai parar a credibilidade e o respeito perante os que nos visitam diariamente. Eu coloco um link quando leio assuntos relevantes. E não divulgo. Isso é prestar um serviço de utilidade pública.

    Parabéns e sucesso !!

    Responder

  105. 17, junho, 2008 em 15:08 | #105

    Muito bom!

    Eu comecei um blog há mais oumenos 1 mês e estou pesquisando bastante como posso melhorá-lo, seu post e os links abaixo esclearecem bastante coisas e ajudam muito quem está começando (como eu).

    Acredito que para os iniciantes, principalmente os que não tem costume de escrever, é complicado começarem com textos bons e que irão chamar atenção da blogosfera, eu mesmo não tinha muito costume de escrever antes de criar o blog, por isso copiava as notícias de blogs e sites famosos e fazia um comentário meu abaixo da noticia, pois acredito que mesmo copiando, quando se dá sua opinião a coisa fica bem mais interessante.

    Hoje ainda copio matérias, mas com menos frequência, agora prefiro apenas citar onde li a notícia e escrevê-la da maneira como acho melhor.

    Parabéns pelo seu blog, continue sempre dando boas dicas para nós iniciantes, que com certeza, quem estiver interessado em ter um bom blog, seguirá sempre o que vocês, blogueiros experientes dizem.

    Responder

  106. 17, junho, 2008 em 14:57 | #106

    Eu considero a minha lista de blog como sendo minha lista de blog. Não existirá a cobrança de minha parte porque meu blog não tá na sua lista. Eu sempre adiciono os blog que leio e gosto, mas eu leio, dezenas de blogs novos que não me interessam e que não coloco em minha lista.

    Inclusive tem uma pessoa na minha lista que eu adicionei o blog dela na minha lista, ela descobriu que ela estava na minha lista, e se sentiu obrigada a linkar-me, depois brigamos, e ela de primeira, excluiu o link para o meu blog, e impediu-me de comentar, no entanto, o link do blog dela continua lá no meu blog.

    Valeu pela dica! Eu li e segui tais dicas também

    Responder

  107. Donizete
    17, junho, 2008 em 14:25 | #107

    Muito bom seu post tenho certeza de quem ler vai mudar cetas atitudes.

    Por incrível que pareça tenho um blog (pageRank 0) é o que tenho menos parcerias e no entanto tem sido o mais visitado e tem alcançado as primeiras páginas do google constantemente. Sem contar com blogs com aqueles fundo preto e letra roxa que não tem nem condições de ler.

    Ninguém nasce sabendo mais ler um pouco e ser humilde para aprender é a primeira lição.

    Abraços

    Responder

  108. 17, junho, 2008 em 13:10 | #108

    Poisé minha querida, é realmente complicado essa vida de bloger. Tudo que vira moda, um dia tende a virar bagunça. Vamos a alguns casos veridicos.. com a inclusao digital etc. Temos hoje uma grande quantidade de pessoas no Orkut e todos os dias aparecem pessoas estranhas com personaliddes bem peculiares nos pedindo para adiciona-las, sem contar que a quantidade de spam 'tribipu…' nem sei quanto aumentou, mais virou uma coisa de louco.

    Hoje todo mundo, desse nosso mundo, tem blog hoje em dia. Cada pessoa tem uma forma de pensar, agir e falar e essa personalidades difere da nossa, pois personalidade é adquirida e moldada de acordo com o ambiente e as pessoas que ali convivem.

    Como vc muda um criminoso que matou, roubou e trafica, preso mais de 10 vezes?

    Agora, como vc muda certas pessoas que possui blogs e tem personliades fortes e complicadas de se lidar.

    Estamos em milhoes de blogs e artigos que muitos deles ja abordaram o assunto de boa conduta de um blogueiro, mas é complicado.

    Então façamos asssim… faça sua parte eu faço a minha e esperamos que isso mude pra melhor

    e parabens pelo post!

    Responder

  109. 17, junho, 2008 em 12:17 | #109

    Este post é um primor! Já passei por algumas situaçoes como estas também.

    Parabéns pelo Blog.

    Abs

    Responder

  110. 17, junho, 2008 em 12:10 | #110

    preciso dizer que esse post é nota 10?

    Concordo com tudo o que você disse, e com os 3 link's também.

    É foda entrar em blog com 2 meses de existência e ver lá, banners do treta, danosse, chongas sabendo que esses mesmos blog's não firmaram parceria.

    Ego danado, acham que só por que colocaram um banner/link temos que ser reciproco e colocar um deles também.

    Responder

  1. 21 junho, 2008 em 15:46 | #1
  2. 24 junho, 2008 em 19:16 | #2
  3. 27 junho, 2008 em 17:29 | #3
  4. 30 junho, 2008 em 23:07 | #4
  5. 10 julho, 2008 em 00:53 | #5
  6. 18 julho, 2008 em 20:08 | #6
  7. 3 janeiro, 2010 em 18:14 | #7
  8. 9 março, 2011 em 13:38 | #8
  9. 6 maio, 2011 em 13:58 | #9
  10. 8 agosto, 2012 em 16:12 | #10