Plane Stupid e sua campanha estúpida

23.11.09 - 1:05 PM Ester Castro






planestupid
“Avião Estúpido
Trazendo a indústria da aviação de volta para a terra!”

Eu concordo que campanhas e ONGs voltadas e engajadas na luta pela preservação do meio ambiente são necessárias e válidas.
Mas por outro lado existem também os extremistas que na sede de buscar a solução, perdem o bom senso.

Veja o caso do grupo europeu Plane Stupid que tá fazendo barulho pra barrar a expansão da aviação. O objetivo básico deles é acabar com vôos curtos, impedir a ampliação de aeroportos e propagandas de aviões e ainda conseguir uma justa transição para trabalhos e transportes sustentáveis.

A alegação? Segundo eles, a alta contribuição da aviação para o aquecimento global que se resume no slogan final do vídeo abaixo, tão estúpido e perturbador quanto o projeto em si.

“Um vôo europeu comum produz mais de 400kg de gases estufa por cada passageiro…
este é o peso de um urso polar adulto.”

Precisa disso tudo? Acho que não.
Sou a favor de campanhas que chocam desde que sem apelar.

E também sou da opinião de que regredir não é o caminho pra conter a devastação do planeta. É preciso fazer uso das tecnologias para buscar e encontrar meios sustentáveis que possibilitem a coexistência entre progresso e meio ambiente.
Preservar o planeta sim, radicalizar e querer barrar o progresso, não.

Via Comunicadores









Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. Marcos
    11, dezembro, 2009 em 13:52 | #1

    A questão não é preservar o planeta, o planeta não vai acabar não, muito pelo contrario, ele está é rumando para acabar com o ser humano e continuar seu caminho normalmente, em um novo ciclo.

    Menos de 800 anos apos o desaparecimento do ser humano a unica coisa que ainda vai restar dele são as piramides e outras construções das civilizações antigas, pois nada que foi contruido nos ultimos 250 anos foi feito pra durar se não for cuidado constantemente.

    A questão é preservar condições minimas para sobrevivencia do ser humano, nem se discute mais a sobrevivencia do urso do polar, ele esta fadado a existir so em zoologicos, se muito.

    Pra mim é mais importante preservar a vida de milhões de pessoas, ou bilhões, do que garantir luxos a uma pequena parcela da população mundial, esse bilhoes de pessoas são principalmente de locais pobres, que com certeza não sobreviverão a grandes mudanças climaticas, é so ver o aumento da fome no mundo nos ultimos 5 anos, isso é resultado de mudanças climaticas.

    Mas existe uma justiça maior e cruel, pois nunca sabemos em qual grupo exatamente estaremos quando a coisa apertar, dos que vivem ou morrem, em qual você e sua familia estará?

  2. Vi
    8, dezembro, 2009 em 09:39 | #2

    Desde quando utilizar carvão é uma tecnologia limpa??

  3. 7, dezembro, 2009 em 07:49 | #3

    Eu gostei. Este tipo de campanha, cujo objetivo acima de tudo é chocar e fazer pensar e não atingir fielmente o objetivo proposto. Será que realmente são necessárias tantas viagens aéreas com a comunicação evoluindo tão rápido?

    Sorry, sou um saudosista. Tenho saudades do ferro de passar a carvão, da máquina de costura a pedal e diversas outras "tecnologias" limpas…

    []'s

    Compulsivo

  4. 24, novembro, 2009 em 12:17 | #4

    Gosto mto das campanhas do Amnistia International. Este tipo de ação tem que ser mais inteligente do que as ações cotidianas do ser humano, de modo a chocar com conteúdo.

    Abçs.

Fechado para comentários.