Piada da semana: “Papa condena o materialismo”

16.09.08 - 5:04 PM Ester Castro






Papa Bento XVI

Na França, o Papa Bento XVI condenou o materialismo dos tempos modernos durante uma missa para mais de 200 mil pessoas.
A missa, no final da manhã deste sábado, foi a segunda do Papa em Paris. Durante o sermão, Bento XVI disse que a sede por poder, bens materiais e dinheiro é uma praga da sociedade moderna. No domingo, o Papa vai rezar missa em Lourdes, para comemorar os 150 anos da aparição da Virgem Maria na cidade. [Fonte]

O pontífice não disse se pra começar, abriria mão de usar sapato Prada, ou anel de ouro maciço, ou casula feita com 15 km de linhas de ouro e prata, ou ainda se doaria o crucifixo de ouro cravejado de diamantes e topázios recebido de presente do premiê italiano Silvio Berlusconi.


Errr… as imagens? Talvez o Papa nunca tenha tido acesso à elas…

Isso sem falar nos cofres e bancos abarrotados por uma fortuna incalculável…
Se a Igreja seguisse os preceitos da Bíblia que tanto prega, lembraria que o Filho de Deus nasceu em meio às palhas de um estábulo, cresceu em meio aos pobres e dividia o que tinha e não tinha com o próximo.

E com todo respeito, acho que o Papa definitivamente não escutou o que ele próprio dizia nessa tal missa… ou então ele estava ensaiando um stand-up comedy e quem não acabou entendo, fomos nós…

Via Kibe Loco e Desaforo



Categorias: Humor, Mundo, Notícia, Tudo







Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. Anônimo
    23, fevereiro, 2013 em 19:58 | #1

    Primeiro devemos ler a pegunta e interpretar antes de questionarmos , fim do materialismo quer dizer voce parar de pensar em si proprio, trocar d carro por que aquele e mais bonito, comprar aquela roupa para aparecer para os outros, fim do materialismo e o fim de voce parar de preocupar em adquirir bens que com certeza esta tirando dos que nao os tem.

  2. 2, agosto, 2012 em 01:04 | #2

    Um binomio real=religião e pobreza!

  3. lucascoelho
    8, agosto, 2011 em 01:50 | #4

    OPS JAH IA ESQUECENDO: MUITAS VEZES PESSOAS DA IGREJA ERRAM MAS A IGREJA É COMPOSTA POR SANTOS E PECADORES

  4. lucascoelho
    8, agosto, 2011 em 01:47 | #5

    Caríssimos,

    Mesmos que a igreja católica doasse todo o seu "fabuloso tesouro" ainda assim não seria possível acabar com toda a miséria do mundo.Pois bem alguns de vcs falaram q a Igreja fundada por NOSSO SENHOR JESUS CRISTO tem muitos bens materiais e tal, mas seria um absurdo o papa colocar uma tunica e uma escola de crochê pra presidir as missas.deve dar exemplo aos outros sacerdotes. Se a Igreja não tem infuluência na vida de todos vcs é porque vcs ainda não conhecem jesus cristo. O papa é um homem muito simples e não se preoculparia de perder o que tem. Imagino se vcs vissem o papa com a rica tiara que ganhou, vcs morreriam.O material é importante para que a igreja se mantenha, jesus disse a pedro: "Tu és pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela" nisso possso dizer q se o papa está pecando cremos num jesus mentiroso, tivemos péssimos papas, mas esta igreja nunca cairá mesmo que detruam tudo que tem nela pq ela nao é como a protestante que vem do povo, ELA É DIVINA.

  5. 21, dezembro, 2009 em 10:26 | #6

    Eh…

    o papa eh pop

    Ele vai pro inferno subistituir o capeta!

  6. Renato
    2, outubro, 2009 em 08:43 | #7

    Amigos,

    Creio não exista mais hipocrisia que dentro dessa instituição. A filosifa é: "Faça o que eu digo e não o que eu faço".

    Ao rapaz que falou que a igreja católica faz muito, inclusive escolas e hospitais… Amigo, desculpe-me, falar isso é o mesmo que dizer que um prefeito é ótimo porque fechou um buraco na sua rua, que o presidente é ótimo porque vc e sua família comem todos os dias. Ah! Faça-me o favor! E todo o dinheiro que a igreja têm? Será que vc acha realmente que o atual papa tem como cobrar honestidade e altruismo de quem quer que seja? Como falaram nos comentários, há muito a igreja se afastou dos seus ideais. Hoje, a igreja se locupetra de tudo que pode arrancar dos incautos.

  7. Maikon
    6, agosto, 2009 em 14:42 | #8

    Todos que falaram coisas ruins sobre a igreja deveriam pensar primeiro que todos nós somos pecadores e erramos muito!!!

    Quero saber se esses que falaram tanta porcaria, fazem seu papel de ajudar os pobres!!!!!

  8. Coments
    26, março, 2009 em 14:01 | #9

    Se a Igreja tivesse todo o dinheiro que se pensa que ela tem, com certeza ela estaria numa posição bem melhor que a atual.

    Além disso, os ditos sapatos foram doação da marca Prada, bem como outras marcas. Todo ano milhares de sapatos e outros objetos são leiloado e envidados para sustentar projetos na Africa e Ásia.

    Anel, diamantes, ouro, fio de prata… parece ostentação?! Talvez, mas é hoje, no mundo, a Igreja Católica , a instituição que mais tem ações e projetos em favor dos "necessitados" gratuitamente (refugiados, educação, migrantes, etc). Com uma ação que nenhuma instituição ou ONG jamais consegui realizar. Tenha-se em conta por exemplo que em países como Angola quando houveram conflitos os únicos que ficaram para ajudar o povo masacrado foram os católicos e algumas igrejas cristãs enquantos as ONGs, ONU, etc, saíram rapidinho!

  9. jml
    5, novembro, 2008 em 14:17 | #10

    @Cleverton:

    eu gostaria de ver o recorte de jornal. acho isso um absurdo. se vc tiver esse recorte, por favor pode me mandar? jonei.lima@hotmail.com

    Obrigado

  10. 31, outubro, 2008 em 19:39 | #11

    @asjdfasda: Antes de criticar a escrita alheia, cuidado com a concordância :haha:

  11. 31, outubro, 2008 em 19:36 | #12

    Ainda bem que me antecipei e falei que não compartilho da ideologia, só estou denotando a hipocrisia pregada pelos "exemplos" da mesma ideologia. :cool:

  12. 31, outubro, 2008 em 19:33 | #13

    Se eu ganhasse 500 mil por mês mas andasse de ford ka realmente ninguém poderia dizer quanto eu tenho… Concordo que o Papa e a sua instituição poderia simplesmente esconder o dinheiro e não ostentar, o que não significa que a grande parte do dinheiro arrecadado não seja escondida, mas isso é outra questão… Não sou padre ou membro filiado a instituição mas não se tem que necessariamente ser membro de um partido, religião, time, clube, ou qualquer tipo de associação para se ter uma opinião crítica sobre a mesma. "ninguém melhor para falar de uma organização do que os clientes e os funcionários não acha?!" Ao se falar sobre análise crítica da empresa de preferência, principalmente sobre os ganhos e gastos, nem sempre os clientes com forte envolvimento emocional tem uma visão imparcial. Além disso, nem TODOS os funcionários são sinceros sobre o faturamento, destinação de recursos, ética e princípios de uma instituição. Inclusive pode até ser grande parte do quadro dos funcionários se a imagem da empresa for o mais importante a ser protegido, que acredito ser o caso.

    Não critico os padres, bispos e Papa terem uma boa vida, mas vamos concordar que certos padrões são desnecessários, mas nem entro nesse mérito pois está relacionado a valores pessoais e não de senso comum. A crítica maior, tanto do post quanto minha, em concordar com ele, é na hipocrisia da ideologia da empresa com o que ela demonstra. Tomando que a base e exemplo de conduta da empresa deveria ser uma pessoa que nunca ostentou um centavo em sua trajetória de vida (e que inclusive recusou várias "regalias" em nome de outrem) é estranho que as pessoas que pregam essa mesma ideologia estejam fazendo exatamente o inverso.

    E sobre a simbologia dos diamantes. Pode-se inventar a simbologia que se preferir, ou criar o motivo de necessidade que se preferir para justificar qualquer tipo de luxo, o contraditório é que simplesmente NENHUM luxo condiz com a ideologia fundamentalmente pregada.

    E antes que fale que "você deveria então dar o exemplo e fazer isso" já adianto que não compartilho da ideologia, só critico a hipocrisia observada nitidamente na discrepância conceito/atitude. Também não desmereço as obras de educação, saúde, auxílio em geral, apenas o fato de que poderiam ser quase que infinitamente maiores não fosse tamanha ganância visivelmente observada.

  13. asjdfasda
    31, outubro, 2008 em 19:12 | #14

    desculpe-me ter repetido a ediçao…

    foi a ultima edição escreverei mais, pois acho que não convem continuar neste bla bla bla que nao vai nos levar a nada… nao podemos falar do que nao fazemos nada para mudar! se você acha que a igreja não faz nada… tiramos a bunda da cadeira e façamos nós algo para os outros! amanha mesmo vou abrir mao de tudo o que construi para ajudar as pessoas por que eu tambem acho e o materialismo nao leva a nada… e voces como profundo conhecedor das ideologias cristãs faça o mesmo… se desfaça de tudo o que voce construiu e doe para os outros… nao vou continuar falando com quem não sabe falar

  14. asjdfasda
    31, outubro, 2008 em 17:53 | #15

    Como eu disse não sou um especialista na fé cristã, tanto que encaro padres bispos e assim por diante como profissionais, se eles vivem em ambientes ostentado e de grandes luxos creio que seja proporcionado a eles um bem viver como qualquer ser humano gostaria de ter, não acredito que para ser papa, por exemplo, tenha que se desfazer de bens, se eles tem o que tem, não sou invejoso e acho que eles são dignos do que tem, senão não os teriam, e alem do mais, meus dois reais não permitiria uma vida de luxo. Mas penso que é não é conveniente darmos palpite, pois não é nem o meu e nem o seu dinheiro que esta ali, concorda?! Eu teria o direito de reclamar se soubesse que meus dois reais teriam comprado os 15 km de fios de ouro e de prata ou o sapato vermelhinho, que ao que me consta tem uma simbologia que não sei qual é mas sei que tem, mas se o senhor doou reclame

    Desculpe-me por alguma coisa, mas em momento nenhum, absolutamente nenhum desejo mudar sua opinião, apenas como disse sou contador e gosto de analisar fatos inteiros. Em momento algum tive a intenção de dar uma aula de mercado, apenas comparei alguns fatos que, em minha opinião, são relevantes, também em momento nenhum usei da ironia para expressar minha opinião. E por fim digo-lhe que não somos especialistas para poder expressar um parecer favorável ou adverso. Quando o senhor cita que a “arrecadação é NITIDAMENTE muito maior do que eles despendem, não apenas nas obras, mas em tudo (inclusive a ostentação) quando menciona que “não há a necessidade de ser membRo administrativo da Igreja Católica, qualquer um pode notar”, confesso que esta opinião e adversa a minha, pois acredito que ninguém melhor para falar de uma organização do que os clientes e os funcionários não acha?! Assim como ninguém pode falar se você ganha pouco ou bastante ou que você gasta bem ou mal seu dinheiro! Mas esta é uma opinião minha.

    Também to gostando da discussão, gosto de conversar com pessoas de opinião

  15. asjdfasda
    31, outubro, 2008 em 17:27 | #16

    @Fernando Quirino (Mestre Zen): Desculpe-me por alguma coisa, mas em momento nenhum, absolutamente nenhum desejo mudar sua opinião, apenas como disse sou contador e gosto de analisar fatos inteiros. Em momento algum tive a intenção de dar uma aula de mercado, apenas comparei alguns fatos que, em minha opinião, são relevantes, também em momento nenhum usei da ironia para expressar minha opinião. E por fim digo-lhe que não somos especialistas para poder expressar um parecer favorável ou adverso. Quando o senhor cita que a “arrecadação é NITIDAMENTE muito maior do que eles despendem, não apenas nas obras, mas em tudo (inclusive a ostentação) quando menciona que “não há a necessidade de ser membRo administrativo da Igreja Católica, qualquer um pode notar”, confesso que esta opinião e adversa a minha, pois acredito que ninguém melhor para falar de uma organização do que os clientes e os funcionários não acha?! Assim como ninguém pode falar se você ganha pouco ou bastante ou que você gasta bem ou mal seu dinheiro! Mas esta é uma opinião minha.

  16. 31, outubro, 2008 em 17:04 | #17

    @asjdfasda: Já diria o vulgo herói popular "Epa Epa Epa!"

    1) "Silvio Berlusconi realizou uma cordialidade de presentear o sumo pontífice com um crucifixo de ouro cravejado de diamantes e topázios ele com certeza teve deve ter tido seu motivo, e certamente não lhe agradaria, e muito o decepcionaria, em saber que o papa abriu mão deste valioso presente." Agradar o premiê italiano é com certeza mais importante que ajudar o próximo… isso é que é pensamento cristão, hein? :hmmm:

    2) "Os outros artigos de luxo se não foram doados, foram comprados com dinheiro de doação, pois como citei é a principal fonte de receita da referida instituição." Aaaah, então tudo bem… Se é doação então pode ser gasto como bem entender, inclusive com "sapato Prada, ou anel de ouro maciço, ou casula feita com 15 km de linhas de ouro e prata" etc. etc. etc.

    3) "pois o governo que é o governo, em forma de impostos, contribuições e outras fontes de recursos aos quais não é necessário citar, “rouba” em torno de 40 % de tudo o que nós ganhamos está ajudando muito menos" Ah, se o governo não tá sendo cristão, porque a Igreja Católica deveria ser? Concordo. :cool:

    4) (e o pior é que para eles você fica quieto não é?) – Ninguém em momento nenhum aqui foi conivente com a taxação abusiva do governo, mas realmente o governo não é o assunto do post ou dos comentários, por isso nem entramos nesse mérito. (muito bom por sinal)

    Tinha até mais coisa que eu achei meio "profana" em relação a defender a Igreja Católica (no sentido ideológico sustentando a ostentação) mas esses foram os pontos altos ao meu ver. :entendeu:

    Mas, tá interessante tentar justificar ostentação com a lógica cristã :palmas:

  17. asjdfasda
    31, outubro, 2008 em 16:17 | #18

    "O pontífice não disse se pra começar, abriria mão de usar sapato Prada, ou anel de ouro maciço, ou casula feita com 15 km de linhas de ouro e prata, ou ainda se doaria o crucifixo de ouro cravejado de diamantes e topázios recebido de presente do premiê italiano Silvio Berlusconi".

    Esta era a menção em que me referia quando sugeri que seria inviável uma instituição se desfazer de seus bens para contribuir com quem quer que seja. Veja bem, em momento nenhum citei que ele passa por necessidades ou que é uma pessoa que não tem propriedades, mencionei apenas que, por exemplo, se o referido homem, premiê italiano Silvio Berlusconi realizou uma cordialidade de presentear o sumo pontífice com um crucifixo de ouro cravejado de diamantes e topázios ele com certeza teve deve ter tido seu motivo, e certamente não lhe agradaria, e muito o decepcionaria, em saber que o papa abriu mão deste valioso presente. Os outros artigos de luxo se não foram doados, foram comprados com dinheiro de doação, pois como citei é a principal fonte de receita da referida instituição.

    E quando fiz menção aos dois reais doados nas missas do fim de semana, eu acredito ser muito pouco para poder ajudar alguém, pois o governo que é o governo, em forma de impostos, contribuições e outras fontes de recursos aos quais não é necessário citar, “rouba” em torno de 40 % de tudo o que nós ganhamos está ajudando muito menos, (e o pior é que para eles você fica quieto não é?) então por que ficar reclamando de uma instituição que não faz mal algum e esta ajudando pelo menos um pouco na educação, saúde, combate a drogas entre outros?

  18. 31, outubro, 2008 em 14:36 | #19

    @asjdfasda: Claaaro, a Igreja Católica é uma instituição que arrecada apenas o necessário para o seu funcionamento e não financia nenhum tipo de luxo e ostentação… é óoooobvio, não é mesmo? Tá na cara que o Papa (e por Papa não digo apenas o homem, mas toda a instituição em torno) é um cara muito muito muito simples que não quer ostentar de forma alguma nenhum tipo de luxo ou riqueza.

    Me perdoa, mas essa lógica não parece crivel

    A aula de mercado foi ótima, mas o ponto do post e o que eu estava tentando demonstrar é que a arrecadação é NITIDAMENTE (daí não há a necessidade de ser membo administrativo da Igreja Católica, qualquer um pode notar) muito maior do que eles despendem, não apenas nas obras, mas em tudo (inclusive a ostentação).

    E em nenhum momento ninguém falou para desmontarem as igrejas e leiloar tudo para os pobres. Somente que as vezes uma cruz de madeira poderia ter a mesma serventia de uma de ouro e a diferença de preço entre as duas poderia alimentar muito mais crianças das quais a Bíblia tanto menciona. É uma questão de bom senso, não apenas economia. :cool:

  19. asjdfasda
    31, outubro, 2008 em 10:21 | #20

    Realmente acredito que um especialista possa me explicar mais, porém desconheço qualquer organização, seja ela filantrópica ou não, que deseje ou tenha, por ventura, a intenção de encerrar qualquer exercício em déficit, o que procurei mencionar anteriormente é uma espécie de analise “patrimônio vs tempo” se qualquer outra organização que tivesse o dois mil anos de existência, certamente seu patrimônio liquido seria maior, como citei empresas cujo PL é estimado ser maior do que o patrimônio da igreja, como um exemplo mais recente pode ser citado a Volkswagen e a Móbil que teriam o seu PL estimado maior que essa. (veja bem, estimado, ninguém pode afirmar com certeza, pois os preços das ações são dinâmicos, ainda mais em período de crise, hehehe… e não existe um BP da igreja para efetuar uma comparação em termos monetários).

  20. asjdfasda
    30, outubro, 2008 em 14:42 | #21

    @Fernando Quirino (Mestre Zen): Realmente acredito que um especialista possa me explicar mais, porém desconheço qualquer organização, seja ela filantrópica ou não, que deseje ou tenha, por ventura, a intenção de encerrar qualquer exercício em déficit, o que procurei mencionar anteriormente é é uma espécie de analise “patrimônio vs tempo” se qualquer outra organização que tivesse o dois mil anos de existência, certamente seu patrimônio liquido seria maior, como citei empresas cujo PL é estimado ser maior do que o patrimônio da igreja, como um exemplo mais recente pode ser citado a Volkswagen e a Móbil que teriam o seu PL estimado maior que essa. (veja bem, estimado, ninguém pode afirmar com certeza, pois os preços das ações são dinâmicos, ainda mais em período de crise, hehehe… e não existe um BP da igreja para efetuar uma comparação em termos monetários).

    Outro ponto que pode ser abordado também é a questão de que a igreja é uma instituição cujo sua principal arrecadação é as doações, existem algumas taxas, de batizado, de missa, casamento, entre outras assim como em serviço publico ou privado existem taxas inclusive prevista no CTN também é provável que existam alugueis, mas em fim a principal arrecadação, ao que me consta e eu acredito ser verdade, é por meio de doações, um exemplo claro disso que posso citar aos interessados, é a existência de uma igreja construída por pessoas vizinha à empresa a qual sou sócio. E convenhamos, seria injusta a venda desta igreja a fim de levantar recursos para ser dividido seja lá com que for. Se estas pessoas viram a necessidade da existência desta igreja ali, ela deve continuar ali. Pessoas as construíram com seus recursos e/ou empenhos pessoais. Se hoje a igreja tem este patrimônio imensurável ao qual foi mencionado, foi porque de dois mil anos pra cá alguém viu a necessidade de que ele existisse e assim os constituíram em forma de doação, inclusive as obras citadas na publicação anterior foram constituídas desta forma e para ser sincero ficaria muito mais p. da vida de ver estas obras sendo leiloadas para dar dinheiro as pobres, e assim acredito ser com o papa, lembro-me de uma visita feita por ele aqui no Brasil onde houve uma mobilização nacional, porém em momento nenhum, fiquei sabendo de alguma exigência que ele tenha feito, mas sim as pessoas daqui que quiseram causar uma boa impressão que fizeram todas aquelas coisas,

    Contudo, como disse antes, não sou a pessoa mais indicada para falar, como acredito que ninguém aqui é. Por isso não podemos falar aquilo que não conhecemos direito, necessitaria pessoas mais aprofundada nos temas da referida organização para dar um parecer mais adequado. Alem do mais não acredito que os meus dois reais doados nas missas do fim de semana representem muito para mim, espero que nunca me faça falta e que possa vir ajudar alguém.

  21. 26, outubro, 2008 em 22:08 | #22

    @asjdfasda: Assim, você como contador deve estar a par de palavras como deficit e superavit e que não estamos discutindo quanto dinheiro gastam, mas comparando quanto ganham e quanto gastam. Não há dúvida a mais de século que o superavit da igreja católica é incrivelmente alto, por mais que estejam construindo e criando e gastando e etc… Eles ganham e guardam muuuuuuuuuuuiiiiiiito mais do que gastam, e isso fica evidente nas discrepantes formas de demonstrar seu poder monetário.

    Não sou eu que inventei isso, pergunte a qualquer especialista em mercado financeiro (eu já fiz isso) que eles vão te explicar melhor ainda do que eu posso colocar em palavras. :cool:

    PS: gente, mas eu gosto de uma picuinha né? nem sabia que tava inscrito nessa discussão hehehe :shsh:

  22. asjdfasda
    26, outubro, 2008 em 15:58 | #23

    cara longe d tentar mudar suas opnioes sobre a igreja…

    mas gosto de fazer analise completa das coisas com certeza a igreja catolica é muito rica e proprietaria de muitos bens, claro que se existice uma empresa com mais de 2000 anos seria maior, porem sou contador, e analisei muitaos balanços e posso afirmar q existem empresas com marcas tao valiosas, falando monetariamente, exemplo,microsoft a malboro e a coca-cola, porem, nenhuma instituiçao do mundo faz tantas obras quanto a igreja católica, parem e vejam, aki na minha cidade por exemplo, existem no minimo umas 5 escolas que hoje sao estaduais e mais outra 2 particulares que foram construidas por padres, nenhuma outra instituiçao educa tanto quanto a igreja catolica, outro exemplo, so tem um hospital na minha cidade que é de irmas, todos os grupos de combate as drogas e alcoolismo sao apoiados pela igreja to falando de uma cidade com 60000 abitantes. claro que nos como estamos fora da igreja so é mais facil de criticar. isso acontece muito na politica tambem mas cada um com sua opiniao neh?!

  23. 18, setembro, 2008 em 19:18 | #24

    Ok, demagogia e hipocrisia é o que esses caras metido a sabi tudo tem.Na minha adolescência fazia aula de francês com umas freiras da igreja católica, e lá não tinha nada de modéstia ou de voto de pobreza, comiam tudo do bom e do melhor.Bom, isso só foi pra ilustrar, além do Papa ter a maior cara de gente falsa só tá dizendo meida.To fora desse grande negócio que é religião, s e nem por isso acho que eu precise estar metida dentro de uma igreja para ser boa.Quero distância desse pessoal controlador.

    Grande abraço, o texto ficou ótimo.

  24. Cleverton
    18, setembro, 2008 em 07:52 | #25

    e acabei de receber um email, com o recorte de um jornal europeu onde o Papa proibe q as pessoas usem o nome pessoal de Deus – Jeová, Javé ou Iavé (em portugues)

    algo q esta até em dicionarios, e muitos pesquisadores e arqueologos reconhecem.

    acho q ele esta mesmo preocupado com o seu umbigo do q com as pessoas

  25. 17, setembro, 2008 em 19:33 | #26

    @Tiago Andrade: Eu receio que algumas religiões como um todo, são um poço de hipocresia…

    @Fernando Quirino (Mestre Zen): Concordo com você. O Papa João Paulo tinha mesmo um ar meigo e sereno… Já o olhar de Bento XVI mete medo… :blink:

    @smx: Endossando a minha resposta ao comentário do Tiago, a grande maioria das religiões são farinha do mesmo saco. Me desculpe mas quando uma igreja evangélica só ¨dá a bênção¨ para aquele que é patrocinador ou dizimista, passou ter qualquer outra conotação, menos a de religião.

    @Wallace: Revirando no túmulo agora, certeza…

    @Tico Esteves: Eu vi lá ahauahauahau O referência do Diabo Veste Prada foi 10! ahauahaua

  26. 17, setembro, 2008 em 01:56 | #27

    Inacreditável! Como você disse, acho que fomos nós que não entendemos mesmo (só pode). Da vergonha de ter sido batizado na igreja católica. :toin:

    Escrevi sobre isso lá no blog (não consegui evitar).

    Parabéns pelo texto! Um abraço!

  27. 16, setembro, 2008 em 20:03 | #28

    ah se Nietchze lesse isso… :entendeu:

  28. smx
    16, setembro, 2008 em 19:44 | #29

    Não é de agora que a igreja católica vem perdendo moral…

    Quem liga para o que a igreja fala?!

    Não repercute em nossas vidas, não ajuda ninguém, e ainda agente vê pedofilia e outras coisas mais…

    Só atrasa o desenvolvimento científico , levanta questão antigas e já superadas ….

    não propoe coisas novas….

    por isso perde espaço para "evangélicos" e afins…

  29. 16, setembro, 2008 em 15:26 | #30

    Eu nem começo a comentar porque senão vão caçar meu endereço pra me queimarem na fogueira huahauahu :blush:

    Aliás, a sandália de garrafa pet foi BEM criativa, pirei :eek:

    Faz alguns MILÊNIOS que a igreja católica saiu dos preceitos do verdadeiro cristianismo. Não sou católico, nem mesmo cristão por assim dizer, mas é um fato histórico. A própria instituição passou de religiosidade para se tornar uma corporação a muitos e muitos séculos e tudo que se prega é nada mais do que demagogia vindo da boca de quem vem.

    Quer fazer? Faz direito, nazistinha :angry:

    PS: pelo menos o papa anterior era simpático e não falava tanta merda :toin:

  30. 16, setembro, 2008 em 14:20 | #31

    A Igreja Católica é a organização mais nojentamente hipócrita da história da humanidade.

Fechado para comentários.