Magias da infância!

19.11.06 - 6:07 PM Ester Castro






Gente, eu preciso dividir isso com vocês!!!
Como já disse aqui, o caçula dos meus 3 filhotes acabou de fazer 2 anos, e até então, é uma fase que considero mágica, porque é quando criam seu próprio “idioma” ao começar a falar e sai cada coisa….me divirto muito com isso!!!
Às vezes a gente esquece certas expressões usadas pelos filhos quando eles crescem, então pensei, porque não coletar algumas dessas expressões usadas por ele e postar aqui!

Eu procurei reproduzir o vocabulário usado pelo Nicholas, levando em conta apenas o fonema para se ter uma noção da pronúncia, e ao lado a tradução….

Olha que delícia:

bobête = sabonete
lalanha = homem aranha
conéti = cotonete
bacaxía = abacaxi
cotôle = controle remoto
vijão = televisão
vemêlo = vermelho
búizca = música
madedêla = mamadeira
bolelêta = borboleta
mocêga = morcego
messancía = melancia
colélo = colher
chacalé = jacaré (disse ao olhar uma lagartixa na parede!!)
Palégue = Campo Alegre (cidade vizinha onde moram os avós)
dansália = sandália
bigão = barriga
tentamil = setenta mil (para tudo que ele “lê” e “escreve”)

Estas são apenas algumas palavrinhas, sem falar na “síndrome do Cebolinha” que toda criança encarna nessa fase…. :))

Pena que está passando tão rápido e logo não terei mais isso, já que esse é a “rapa do tacho”!

Então estou aproveitando e valorizando cada momento…vai dar saudade…

PS: Nesta foto ele está brincando de esconde-esconde comigo…. heueheueheue



Categorias: Tudo, Vida Pessoal







Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. Irmão Colpani
    21, novembro, 2006 em 05:21 | #1

    Muito bom post Ester. Ainda não tenho os meus bacuris mas não vejo a hora de passar por todas essas fases. Eu adoro crianças, gosto de apertar as suas bochechas e morder os pézinhos (que parecem pães pullman). O problema é que eles não gostam muito…

  2. Ester Beatriz
    20, novembro, 2006 em 18:46 | #2

    heueheueheu…realmente Roberto, são tantas histórias que acontecem nessa fase, que são uma delícia de viver e lembrar..

  3. Roberto K. Hayashi
    20, novembro, 2006 em 17:36 | #3

    Ola. Maravilhoso seu blog. Somente pude conhecê-lo hoje.Ao ler a sua história, pensei em relatar uma ótima de minha filha, quando então com um ano e meio.Outro dia, minha filha disse que queria ver "SETANÁS". Meu Deus do Céu… O que vc disse? "Quero ver Setanás"…Disse: Monica, minha esposa! O que está fazendo? Vc deixa nossa filha ver o que na TV? De onde ela aprendeu isso? Se não fui eu, só pode ser vc! (coisas de marido e mulher).Enfim, ela ficava repetindo, Setanás, Setanás… E dizia para ela não falar mais, pois era feio.Minha filha disse que não, não era feio… Era muito bonito e passava na TV.Bem, resumo da ópera, pois não tenho tanto espaço assim.Ela queria ver os "Sete anões", isto é, a "Branca de Neve e os Sete Anões"…Quando descobrimos, foi um alívio que vc não tem idéia. rsrsrrsrsFelicidades para vc e aos seus.

Fechado para comentários.