Será que o elenco de Os Três Patetas agora é definitivo?

11.08.09 - 9:58 AM Ester Castro 3 comentários

elencotrespatetas Será que o elenco de Os Três Patetas agora é definitivo?

Os Três Patetas, meio que seguindo os passos de O Gordo e o Magro que já eram veteranos no delicioso humor pastelão, fizeram a alegria dos anos 30, 40 e 50.
Alguns canais reprisavam seus episódios permitindo que as últimas gerações pudessem conhecê-los e contemplá-los. Quando criança eu me esbaldava com as estripulias de Larry, Moe e Curly. Lembranças hilárias de um humor épico…
Para quem quiser saber tudo sobre eles, recomendo o site oficial do trio.

Ocorre que já faz um tempinho que se fala em levar uma versão atual de The Three Stooges às telonas sob a direção dos irmãos Farrelly e apoio da MGM.
Os conservadores naturalmente devem odiar a possibilidade de reproduzir um clássico. Também não é uma ideia que me agrada muito, mas admito que fiquei curiosa pra ver o resultado disso…

Com tudo confirmado e previsão de estréia já para 2010, a única coisa que tá pegando é o mais importante, o elenco.

No início houve rumores de que Johnny Depp faria o papel de Moe. Mas quem se confirmou foi Benicio Del Toro. Depois que Sean Pean iria fazer o Larry, porém acabou alegando problemas pessoais e desistiu do filme dando lugar à Paul Giamatti. E para fazer o Curly, foi escalado Jim Carrey que concordou em ganhar peso para desempenhar o papel, segundo contou sua namorada nessa entrevista.

Só que a mesma nota recente que informa a entrada de Paul, insinua que Jim Carrey teria saltado fora. Será? Muita novela para um filme só, né não?

Bom, mas enquanto eles resolvem os contratempos que parecem intermináveis, vou me permitir um pitaco.
Achei que ficou faltando (e considero um sacrilégio isso) o espetacular Rob Schneider que na minha opinião estaria mais para o Larry enquanto o Paul Giamatti estaria mais para o Curly.
O que acham? icon mrgreen Será que o elenco de Os Três Patetas agora é definitivo?

Via Judão



A Lei Antifumo. Minhas impressões…

07.08.09 - 11:07 AM Ester Castro 246 comentários

Antes de mais nada, não sou fumante. Mas confesso que já experimentei pra ver qual é a graça da coisa.
Sabe como é né, adolescência, baladas, amigos que fumavam… enfim, aquela ideia rota de que fumar era bonito e teria lá o seu charme. Ou seja, tive o juízo de uma ervilha.
Felizmente eu não manifestei propensão ao vício. Não levei a insanidade adiante. Foi a minha sorte em meio a burrice de acender o primeiro cigarro.

Hoje sou antitabagista confessa. Não odeio quem fuma. Muito pelo contrário. Tenho parentes e amigos queridos que fumam e obviamente o cigarro não mensura o caráter de ninguém e não diminui o respeito que merecem.

Só não gosto que fumem perto de mim. O cheiro impregna feito praga. Também fico estarrecida quando vejo uma grávida com cigarro na mão ou mesmo pais com criança no colo enquanto fumam vigorosamente. E acho broxante a visão de jovens lindos acendendo um cigarro. Sinto pena…

Tenho meio que uma aversão sobrenatural ao fumo. Talvez meu marido, que é cardiologista e antitabagista ferrenho, seja um dos maiores responsáveis por isso.
Já vi gente morrendo por causa dos pulmões fodidos. E uma morte agonizante em busca de ar não é nada lindo de se ver…

fumante1 A Lei Antifumo. Minhas impressões...
Charge by Rick Jaime

Ocorre que infelizmente a grande maioria dos tabagistas não fumam com consciência (hein?), ou seja, perdem o senso crítico fumando perto de quem não fuma, especialmente em lugar fechado e não estão nem aí se incomoda ou não. Tipo eu sou cool e você é careta, portanto os incomodados que se retirem. Não é assim?

Em outras palavras, como se fosse pouco um fumante cometer suicídio a crediário, existe também a questão do fumante passivo, ou seja, o cara que escolheu não fumar pode morrer pelo mal do cigarro fumado por quem tá do lado. Foda-se, né?

É aí que entra a questão da Lei Antifumo que vigora a partir de hoje em São Paulo, onde ficará expressamente proibido fumar em recintos fechados de uso público.

Isso gerou nos últimos dias uma infinidade de comentários via blogs e ânimos alterados via Twitter sobre o assunto. Tem até não fumantes tomando as dores de fumantes alegando arbitrariedade que fere o direito à liberdade em seu sentido amplo e que haveriam coisas “realmente necessárias” com que se preocupar. Mas como assim?

No geral as opiniões estão divididas e levantam aquela briga: fulano quer manter o direito de fumar onde quiser e ciclano quer ter o direito ao ar puro.

E aí? Como se pode medir quem tem mais direito nesse caso?

Eu respondo perguntando se lhe parece justo sobrepor o direito de praticar o vício ao direito de querer ter uma vida saudável? O que vale mais, uma vida ou um cigarro fumado?
C’moooonnnnn…

fumantepassivo1 A Lei Antifumo. Minhas impressões...
Charge by Adão Iturrusgarai

Quem é fumante precisa entender que as restrições da lei não estão impostas à pessoa. Que ele continua sendo cidadão brasileiro com os mesmos direitos e obrigações que os demais. E que assim como os portadores de HIV estão conscientes de que não se deve expor um terceiro aos riscos de contraí-lo (sendo inclusive crime em alguns casos), um fumante deve ligar o desconfiômetro e concluir que alimentar o seu vício perto de alguém, estará lhe causando um mal igual ou maior que a si próprio.

Acho a lei lamentável sim. Mas é lamentável por ser necessária muito embora ela não produza efeito nos lares onde filhos, maridos ou esposas estão expostos continuamente praticamente submetidos à uma morte lenta e compulsória. Porém espera-se que o tabagista, ao se acostumar a não fumar em lugares públicos, passe a não fumar mais dentro de casa. A coisa tem que virar lei sim pra ficha cair, infelizmente…

Bom, e se os chiliques pela aplicação da lei ainda persistirem, vale lembrar que o fumante passivo é considerado hoje a 3ª maior causa de morte evitável no mundo segundo o INCA. Morte evitável se ninguém fumar por perto, claro.

Veja o vídeo da matéria exibida no Fantástico no último domingo,  que deixa claro o quanto um não fumante é prejudicado:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Ah, e tem mais. Anualmente são gastos pelo SUS algo em torno de R$ 338,6 milhões de reais no tratamento de patologias relacionadas ao cigarro. [Fonte]
Quem sabe ao invés da Lei Antifumo, fosse acertado que estes gastos sejam repassados às indústrias tabagistas que por sua vez fariam o repasse ao consumidor final, né?
Já pensou que lindo seria? icon mrgreen A Lei Antifumo. Minhas impressões...

Vou encerrar recomendando mais uma vez aqui por ser extremamente pertinente, o artigo Tutorial: Como fumar sem ser odiado escrito pelo brilhante amigo Christian Gump.

Enjoy!



Comerciais de chiclete irreverentes

06.08.09 - 3:47 PM Ester Castro 4 comentários

Os clicletes Vivident Blast, produto da empresa metade italiana e metade holandesa Perfetti Van Melle, mesmo fabricante de guloseimas conhecidas como o Mentos e a Fruittella (amooooo), estão veiculando no momento, dois comerciais pra lá de irreverentes nas TVs italianas.

Aí vocês perguntam: Mas pô, comercial italiano atuado por japoneses?

Assistam e me respondam: teria tanta graça se não fosse com orientais?? icon mrgreen Comerciais de chiclete irreverentes


Se o vídeo não carregar, clique aqui.


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Dica MARA enviada pela querida e fidelíssima leitora, Vivian Secchi, que vive na Itália. Obrigada querida!!!



Categories: Humor, Mundo, Publicidade, Tudo, Vídeo

Campanha Antifumo – Paródia de We Are The World

05.08.09 - 11:28 AM Ester Castro 11 comentários

Eu ri alto com esse vídeo.
A autoria é da dupla de caipiras humoristas goianos Vira & Mexe, que costuma fazer comédia através da música.
Parece que os caras pegaram carona na Lei Antifumo que entra em vigor no próximo dia 07 em São Paulo e resolveram dar o seu recado parodiando a música We Are The World que passou a se chamar Mi Arde o Ôi.
Hilário! icon lol Campanha Antifumo   Paródia de We Are The World

Acompanhe:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Dica do blogueiro goiano Aurélio Reis do Carroça no Asfalto via Twitter

UPDATE: O Eduardo Tomazett, goiano e conhecedor do trabalho da dupla, avisou nos comentários que o vídeo acima não é recente. Foi gravado em 1991.
Fato que o vídeo acabou voltando à tona por ser pertinente à questão da Lei Antifumo. icon wink Campanha Antifumo   Paródia de We Are The World

Em tempo…

Aos nascidos nos últimos 15 ou 20 anos e que por ventura não conhecem, a música We Are The World foi um single escrito por Michael Jackson e Lionel Richie e produzido por Quincy Jones em 1985.
Gravado naquele ano por 45 nomes da música internacional, o projeto conseguiu arrecadar ao todo 55 milhões de dólares de fundos para o combate da fome na África.
Foi um mega sucesso na época e a campanha denominada USA for Africa teve uma mobilização estrondosa.
Veja a música original.



Categories: Campanha, Humor, Música, Tudo, Vídeo

Gato no banho… “A Sala da Tortura”

04.08.09 - 1:21 PM Ester Castro 6 comentários

Não sei porque a maioria acha que gato e banho não combinam. Acho que depende muito da personalidade ou mesmo da raça.
Tenho atualmente dois gatos vira-latas que saem correndo ao menor respingo de água. Porém já tive persas e lembro que um deles simplesmente adorava banho. Ele se deixava banhar sem o menor stress e permanecia totalmente imóvel sentado dentro d’água. Uma graça.
Sim, mas devo dizer uma graça de comportamento, porque um gato molhado não é nada gracioso. Alguns se tornam uma verdadeira visão do inferno quando molhados. E olha que me considero uma autêntica elurófila (aficionada por gatos), mas preciso ser realista hahahahahaha

E partindo da premissa de que banho seria de fato uma tortura para um gato, os donos desse lindo peludo do vídeo abaixo, registraram o seu banho com um fundo musical bem melancólico pra fazer jus a carinha injuriada do bichano.


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Tá bom, eu ri, vai. icon lol Gato no banho... A Sala da Tortura

Mas tirando o lado comédia do vídeo, esse gato me fez lembrar do meu saudoso Garfield que era tão lindo quanto…

Dica dada pelo Marcel do Byte Que Eu Gosto! via Twitter



Categories: Animais, Humor, Tudo, Vídeo

A frivolidade do concurso de beleza infantil

03.08.09 - 9:50 AM Ester Castro 11 comentários

A primeira vez que ouvi falar no jornalista Luiz Carlos Prates foi através de um post do nosso guru blogosférico Alexandre Inagaki.
Fiquei fã logo de cara desse senhor famoso pela forma concisa e contundente de falar ao público no programa Jornal do Almoço exibido no canal RBS em Santa Catarina, onde é comentarista.
O jeito de descer a lenha no que não concorda me fez concluir: esse é dos meus!

Abaixo um vídeo recente em que ele comenta a questão das frivolidades de concursos de beleza infantil. Acompanhe:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Sem mais. De pleno acordo em gênero, número e grau. icon cool A frivolidade do concurso de beleza infantil

Dica dada pelo Becher no Twitter



As últimas cenas de O Gordo e o Magro

03.08.09 - 12:15 AM Ester Castro 15 comentários

Assim como eu já havia dito no post Dois Mitos do Humor… que publiquei no primeiro semestre de vida do Saber, os saudosos Oliver Hardy e Stan Laurel respectivamente conhecidos como O Gordo e o Magro, foram uma das referências de humor na minha infância embora ambos tenham falecido muito antes de eu nascer.

A dupla foi o clássico dos clássicos e fazia um humor pecualiar. Era impossível não rir alto a cada episódio da série.

Agora eis que acabei encontrando um vídeo caseiro, que eu não conhecia, feito em 1956 na casa de Stan Laurel tempos depois dele ter sofrido um derrame. Na ocasião ele recebera a visita do amigo Oliver Hardy que a esta altura havia perdido muito peso não lhe cabendo mais a alcunha de “gordo”.
Vale a pena ser visto seja a título de curiosidade, seja apenas para relembrá-los:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Oliver Hardy falecera um ano depois em agosto de 1957 depois um derrame que o deixou em coma. Stan Laurel falecera em fevereiro de 1965 após um ataque cardíaco.

Aos que nunca ouviram falar na dupla, recomendo buscar por episódios no YouTube.
Tem vários por lá. Um verdadeiro deleite! icon wink As últimas cenas de O Gordo e o Magro

Via Metamorfose Digital



Categories: Gente, Humor, Tudo, Vídeo

Faça um pão com carinha de panda

29.07.09 - 7:13 PM Ester Castro 10 comentários

pão panda Faça um pão com carinha de panda

Um panda já é fofinho. Imaginem um pão fofinho com cara de panda fofinho? Amei!

A dica foi inicialmente dada por um oriental de nome Taro Taro que logo foi copiada por vários sites gringos.
A receita foi traduzida pelo blog Do What I Like e pode ser conferida lá. Mas eu sugiro fazer o pão usando uma massa de pão que já estejam habituados a fazer.

A parte escura foi amassada com cacau em pó e a porção verde foi amassada com pó de chá verde. Porém é possível variar usando corante alimentício ou porque não trocar de cor, como por exemplo, por laranja usando cenoura cozida e amassada. Chocolate e cenoura combinam bem. icon wink Faça um pão com carinha de panda

pão panda tutorial Faça um pão com carinha de panda

A sequência de imagens acima montada pelo blog Perfect Pandas não deixa dúvidas sobre a forma de dispor as porções e enrolar a massa. Mais fácil, impossível!

Adorei essa sugestão!

Super dica enviada pelo Sérgio do Clube das Letras que viu no  Izismile. Obrigada!!



Categories: Culinária, Dica, Tudo, Tutorial, Web

Coca-Cola lança refrigerante à base de leite

29.07.09 - 3:43 PM Ester Castro 18 comentários

vio 300x254 Coca Cola lança refrigerante à base de leiteA Coca-Cola está lançando no mercado um novo produto: o refrigerante de leite.

A bebida efervescente batizada de Vio já foi testada pelo BevNET, um site especializado em fazer reviews de novos produtos na indústria de bebidas e que numa visão geral, acha que ela precisaria ser mais aprimorada. Eles alegam muito gosto de leite e pouco adocicado.

O conceito da bebida faz parte do Projeto Vida criado pela Coca-Cola com o objetivo de desenvolver opções de bebidas saudáveis à base de leite e teoricamente mais nutritivas.

O Vio leva leite desnatado, água gaseificada, aroma natural de frutas em quatro sabores e açúcar. E ao que tudo indica está sendo testado comercialmente primeiro nos Estados Unidos e se houver aceitação, será distribuído em outros países.

E aí, será que cola?

Se colar, cifras saltarão aos olhos dos produtores de leite… icon mrgreen Coca Cola lança refrigerante à base de leite

Via aletp



Categories: Informação, Mundo, Tudo, Variedade