Oláááá enfermeirá!!

27.01.11 - 2:49 PM Ester Castro






Oláááá enfermeirá!!

Ó eu sumida de novo né?

Eu sei que estou cometendo “blogcídio” com essa falta de atualizações diárias. Mas como eu disse há tempos atrás, eu estou trabalhando e apesar de não ser em tempo integral, isto está comprometendo bastante o meu tempo e por tabela, o ânimo de editar o blog.

Até adquiri um smartphone há meses atrás e tentei me fazer acreditar que com ele eu poderia postar e interagir mais na web de onde eu estivesse. Achei que iria postar e twittar pelos cotovelos. Ledo engano. Primeiro que minha vida nem é interessante para ser partilhada, ou melhor dizendo, não tem nada na minha rotina diária que possa interessar à alguém. Pelo menos eu acho que não. Resumindo, meu Milestone está se saindo muito bem como despertador.

Quando estou no meu tempo de folga, o máximo que consigo fazer na web é checar os trocentos feeds não lidos, os e-mails que há tempos não me trazem nenhuma notícia boa e o que há de novo pelas redes sociais. E quando se trata de internet, nos tornamos obsoletos de conhecimento e informação só de passar algumas horas ou um dia longe dela.

Sobre o que ando fazendo, bem, virei uma espécie de assistente de médico atuando como técnica em eletrocardiograma. Meu marido virou meu patrão. A antigo assistente precisou sair e então ele me propôs ocupar o seu lugar.
Eu auxilio o maridão com os exames cardiológicos. Faço os eletrocardiogramas, programo, coloco e descarrego os aparelhos de holter e mapas dos pacientes, enquanto ele clinica e lauda os exames. Vamos toda semana para duas cidades vizinhas, ambas a uns 75 km de onde moramos, para fazer os atendimentos nos hospitais públicos. E no próximo mês ele pretende voltar a atender em seu consultório, então meu tempo ficará ainda mais escasso.

O fato é que estou trabalhando em algo que jamais pensei em fazer e estou amando! A gente sabe que as pessoas que procuram atendimento médico, especialmente as da área pública, estão carentes não só de saúde mas de carinho. Muitos são tão simples e humildes que sentem receio de olhar pra você, como se estivessem esperando ser tratados com rispidez ou indiferença. E quando recebem tratamento oposto ficam tão gratos e sorridentes que chegam a se sentir melhor. Carinho e atenção são placebos para almas cansadas pela enfermidade e o descaso. Me sinto muito bem fazendo o que faço. Gratificante ao extremo.

Quanto ao blog, é uma pena não conseguir me dedicar tanto quanto eu gostaria. Houve uma época em que eu achava que poderia transformar esse hobby em grana. Jamais pretendi me tornar uma problogger (viver de blog) como muitos conseguem em bem menos tempo de blogagem que eu, mas até que já deu pra arrancar alguns bons cifrões daqui.
Não postar todo dia acaba comprometendo o interesse das agências de mídias sociais e assim, por tabela, os publieditoriais feitos outrora acabaram se tornando fósseis de arquivo.

Mas não é só falta de atualizações. Não ter as costas quentes, não ter um bom “padrinho”, não ser conhecida e tampouco participar de eventos nerds, geeks e de social media, também ajudam a te manter no mais remoto limbo. Não que eu nunca tenha sido convidada. Já recusei vários convites bacanas, mas que sempre acabo declinando porque vida pessoal e local de moradia (não moro, escondo!) me impossibilitam totalmente. Não dá pra competir com isso.
Ou você se joga com força pra ver se a coisa deslancha, ou se contenta com a coisa do jeito que está sem stress e maiores aspirações.

Deixar de blogar porque “não existo” para o resto da web? Claro que não.
Bem ou mal, isso aqui é o meu refúgio e meu massageador de ego, afinal sempre haverá a possibilidade de alguém ler e gostar do que escrevo.
Esse é o meu lucro e meu bel-prazer. Escrevo quando dá. Lê quem quer. Gosta se quiser.

E lá vou eu. Um dia de cada vez.



Categorias: Aviso, Blogs, Tudo, Vida Pessoal







Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. taelesym
    16, março, 2011 em 13:48 | #1

    Descobri seu blog hoje e já gostei de cara compartilhar o conhecimento qualquer que seja é uma dadiva , ao ler esse seu post fiquei encantado com o seu reato sobre os pacientes do sus . Se o vossa pessoa e seu marido dão a atenção devida aos seus pacientes vcs realmente estão de parabéns , pois isso é uma coisa quase surreal de se acontcer nos tempos de hoje ( e olha que o certo seria dizer meio que mal educadamente que isso não é mais que a obrigação do profissional de saúde) o problema é que tal profissional ( tal como professores de matemática) se acham semi-deuses intocaveis e que as pessoas comuns não merecem suas atenção em 5 minutos te fazem diagnósticos até de cancer linfático. espero que vc tenha tempo pára nos contar algumas esperiencias de sua profissão pois sei que volta e meia sempre aparece algo "engraçado e curioso " nos hospitais e postos de saude. Ademais meus parabéns continuem assim…..

  2. luis fernando
    28, janeiro, 2011 em 15:00 | #2

    parabens , Ester…

    saiba que mesmo postando menos.. continuo fa do blog , e avido por noticias e coisas do genero..

    eh tao bom quando conseguimos fazer isso.. algo que inesperadamente amamos…

    bjs.. e boa sorte..

    e conte.. nos seus verdadeiros leitores e admiradores.. estaremos sempre aqui…

  3. Amanda
    27, janeiro, 2011 em 19:42 | #4

    Muito lindo o trabalho que você esta fazendo ^^

    Eu nunca fiz meu blog por pura falta de tempo, agora estou desempregada então gasto meu tempo inteiro procurando trabalho rsrsrs

    Demorando ou não estarei sempre aqui! ^^

  4. 27, janeiro, 2011 em 19:35 | #6

    Gosto do seu blog, conheci nesta semana e já adicionei aos favoritos.

  5. 27, janeiro, 2011 em 17:54 | #8

    Ester,

    Voce vai ver quantas novas e diferentes experiencias sua nova atividade vai te propiciar, e ai dividir com todos no Blog

    • 27, janeiro, 2011 em 19:43 | #9

      Olá doutor, que surpresa boa!!

      Pois é, tá sendo uma experiência incrível esse trabalho! Quem sabe eu ainda compartilhe mais dela por aqui… ;)

  6. 27, janeiro, 2011 em 14:46 | #10

    O Saber É Bom Demais é bom demais, acompanhar é melhor ainda… Mais uma vez, parabéns! =D

Fechado para comentários.