Ronaldinho Gaúcho inaugura Instituto

28.12.06 - 4:52 AM Ester Castro






O jogador Ronaldinho Gaúcho inaugurou no final da tarde desta quarta-feira, na zona sul de Porto Alegre, o Instituto que leva seu nome e que foi criado para atender, por mês, até 3,5 mil jovens carentes, a partir de março.

Mais…

Senti a necessidade de registrar aqui a atitude de Ronaldinho Gaúcho…A vida foi generosa com ele e reverter isso para ajudar pessoas, merece todos os méritos. Me emocionei junto com ele ao ver a matéria no JN ontem, porque ele foi um menino pobre como aqueles que ele estará ajudando agora…É um exemplo de homem e brasileiro que venceu porque “é gente que faz”!!!! Fiquei mais fã ainda do cara!!!!

Logicamente que isto também não deixa de ser uma “jogada fiscal”, uma vez que entidades assistenciais são isentas de impostos (Art. 150 CF). É uma atitude inteligente e justa de não jogar dinheiro fora ao enfiar tudo nas “cuecas” do governo e não ver o fim que esse dinheiro leva…
Parabéns a ele… Gostei disso!!!

Fonte: UOL Esporte









Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. 19, novembro, 2007 em 11:32 | #1

    :haha:o Ronaldinho é muito mão de vaca!

    Ass:seu irmão

  2. Eu
    28, dezembro, 2006 em 21:03 | #2

    Eu não.

  3. Wagner bezerra ponte
    28, dezembro, 2006 em 19:34 | #3

    realmente é o que muitos atirstas deveriam está fazendo…sei que não eles não tem clpa e ne obrigação com esse povo carente mas se cada um fizesse um pouco feito o ronaldinho,meu esse país seria outra coisa…até a próxima!!!=]

  4. FERNANDO
    28, dezembro, 2006 em 11:45 | #4

    Ester, qdo vi a nótícia quase publiquei no BdF Brasil. Gosto do futebol desse "muléque", mas, infelizmente basta um ou outro jogo ruim para que a imprensa e a torcida cairem matando. Belo exemplo ele deu, assim como o Cafú fez em São paulo, na Vila Jandira, onde criou um CT e abrigo para menores por meio da Fundação Cafú. Já pensou Ester, se cada jogador, empresário ou astro bem sucedido fizesse esse pouco que o Ronaldinho e o Cafú fizeram? Não podemos deixar td nas mãos dos governantes, se não, eles não terão mãos para roubarem! Putz…roubar não, talvez desviar, prevaricar, molhar a mão, hehehe.

  5. Anonymous
    28, dezembro, 2006 em 10:42 | #5

    Ester, não quero tirar o mérito do Ronaldinho Gaúcho, que eu admiro tanto como jogador quanto como pessoa. Mas, ele não era assim tããão carente. Assis, o irmão mais velho dele era jogador profissional e, apesar de não ter sido muito famoso, conseguiu trazer um pouco de conforto pra sua família.Abraços!

Fechado para comentários.