Êtaaa… que “novela” só pra comprar uma Playboy!!

17.12.07 - 9:14 PM Ester Castro






blogueiras3.jpg

No último sábado pela manhã, estava eu com o maridão rodando pela city e depois de passar pela única banca de revista daqui, disse pra ele – puxa eu queria ter parado pra comprar uma Playboy, mas mais tarde volto aqui e compro…
Ele arregalou o olho de tal forma me fitando por alguns segundos… como se em sua mente ele deduzia “será essa a explicação para as frequentes dores de cabeça… minha esposa e mãe dos meus filhos estaria querendo mudar o cardápio???” Okay, “viajei na maionese”, mas foi minha tradução para a cara de espanto dele…
Ignorei e decidi não dar corda para o eu imagino que ele imagina… até ele quebrar o silêncio com uma justificativa que ele cavou para o fato – hmmm, você quer comprar uma Playboy para o Matheus, não é isso??
Pronto…. tudo ao meu redor ficou estático, imóvel, minha vida inteira passou diante dos meus olhos e apenas eu podia respirar e gritar – como assim, uma Playboy para o meu primogênito??? Mas ele ainda é nenê!!!! O MEU nenê!!!! (já tá com 12 anos e com a voz mais grossa que a do pai dele) Enlouqueceu???
Sim… meu chão sumiu… a última coisa que eu faria na vida, pelo menos até ele completar assim uns 16,17 anos – ai tá bom gente, deixa eu sonhar tá! -, seria comprar uma revista erótica pra ele…
Bom, voltando à terra retruquei a colocação do meu marido com um alto e sonoro – claro que não né!!! Só depois de botar voz no que eu havia acabado de imaginar é que eu fui explicar o verdadeiro motivo, e que não podia deixar de prestigiar a Dani, a Mirian e Marina, comprando a Playboy, não é mesmo?
Aliás, aproveito pra dizer que as fotos ficaram lindas, o que não é nenhuma surpresa porque as três são literalmente fruto da inspiração divina! Como dizem aqui na terra do pequi…. Benza Deus!!!! Lindas, lindas e lindas!

Mas continuando o imbróglio da compra dessa bendita revista, voltei à banca pela tarde. Entrei e me dirigi ao véinho que toma conta dela – Quero a Playboy de dezembro, por favor! Eu já sabia que ele é quase totalmente surdo, então não me importei de repetir outras 4 ou 5 vezes. Só depois que ele se aproximou bem de mim e tirou os óculos como se pudesse ver ou ouvir melhor sem eles, e pediu pra repetir novamente, é que eu me dei conta de que ele não só não estava ouvindo direito, como também não estava acreditando no que estava conseguindo ouvir…
Pensei… caramba!!! Será que eu tenho que me explicar pra ele também??? Ele foi andando a passos lentos até as revistas e me trouxe uma Playboy, mas não era a que eu queria. Indaguei pela de dezembro e depois de cinco minutos eu soube que ela ainda não havia chegado… Eu já mencionei que moro no interiorrr de Goiáis?? Tudo bem, não faz mal… espero….

Hoje à tarde fui novamente até a única tal banca e me preparei para vivenciar o déjà vu. Dessa vez o véio não tirou o óculos mas gesticulou a cabeça negativamente enquanto procurava pela revista, tipo tsc, tsc, tsc… eu vivi pra ver uma mulher comprando uma PlayboyEu apenas me limitei a pagar, aguardar pacientemente o troco, entrar no carro e ir embora, até porque se eu fosse tentar explicar qualquer coisa (como se eu devesse) eu só sairia dali na semana que vem…

Finalmente em casa, pude contemplar ao vivo o belo resultado do trabalho das meninas nesse calendário e me preparar para uma outra novela….  a de controlar o olho comprido do maridão pra cima da Juliana Knust…. ahauahauahauahauahau

Imagem via Visionando









Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. 1, outubro, 2009 em 09:09 | #1

    oi adorei a história.sabe eu compro para meu marido e ele adora……nao vejo problema pois é melhor assim..

    tchau

  2. Alex
    25, janeiro, 2009 em 11:22 | #2

    Uau,

    Fiquei maravilhado com seu post! Acho que seria o sonho da minha vida ter uma mulher que comprasse a Playboy.. e comprasse pelas fotos e nao pelas materias! Vc eh demais!

    Valeu, bjos!

    Alex

  3. 20, dezembro, 2007 em 09:18 | #3

    menina, não dá nem pra imaginar como seja… aqui em SP vc tem 1 milhão de bancas, e ninguém tá nem aí pro que vc vai comprar… hahaha… fora que se quiser não precisa nunca mais voltar na mesma! tinha q ter alguma vantagem em morar numa cidade louca e caótica como essa, né? Beijo e bom Natal!

    Pois é Adri, pra vc ver como são as coisas no interior. As vantagens de se morar num lugar tranquilo e longe da violência e poluição, são manchadas pelo inconveniente do povo prestar atenção em tudo o que vc faz…

  4. Obrigatório
    18, dezembro, 2007 em 19:21 | #4

    já que estã o com problemas para comprar as playB, deixa que postarei as fotos em meu futuro blog

    a lila comentou que a PlayB tem otimas máterias…

    onde fica elas??? na capa???

  5. 18, dezembro, 2007 em 18:38 | #5

    olha Ester, já leio seu blog há algum tempo, mas acho que nunca comentei…mas essa da Playboy foi demais…rs….que mal há em comprar a revista? jesuis! meu marido iria adorar se eu tomasse essa atitude..rs….além do mais, a revista tem matérias ótimas, vou conhecer as meninas e quem sabe comprar a revista também, será que vão me olhar com cara de ET? beijo

      Obrigada Lila!!! Sim é vero…realmente tem conteúdo bastante interessante… meu marido mesmo lança mão desse argumento…. ahauahauahau
  6. 18, dezembro, 2007 em 11:20 | #6

    Homi seu mininu, num sei pru quê essa bestêra desse vei. Inté parece ki muié num compra Paybroy. kiakiakikiakia.
    U povu é muito precosceituosu, nemca! Inté pareci também qui na Prayboi só tem muié pelada e arreganhada.
    Já subi de muita muié que comprou a tal pra ficar mais interada do mundo masculinu. Poizé!

      Véi, posso te perguntar uma coisa sem ofensas? Não te dá gastura escrever desse jeito não? :))
  7. 18, dezembro, 2007 em 09:02 | #7

    Muito boa a história, mas no lado masculino é (acredite!) ainda mais difícil. Você acha que minha mulher vai deixar eu comprar a Playboy com essa “desculpa” das blogueiras? É dar motivo para apanhar :-)

      ahauahauahauahauahau
      Pois é Ronin…aí a coisa complica mesmo… só que os homens podem conferir com um amigo que comprou né, já as mulheres tem que comprar mesmo se querem ver ;D
  8. 18, dezembro, 2007 em 08:34 | #8

    Que bobagem né? Adorei o relato!
    Bjs

      Obrigada Gisele!!!! Bjo!
  9. 18, dezembro, 2007 em 05:43 | #9

    Guria!!!
    Nem te conto… hahaha aconteceu a mesma coisa por aqui. Somente ontem (17/12) a revista chegou em Porto Alegre, mas já desde o lançamento tenho passado por essas situações que relatas, menos a parte do filhote, e isso talvez vire um post.
    Saudades d tu! Me chama no MSN…
    Humpf…. eu ñ tenho link no teu post… Hahahah :sad:
    Bjocasss :yep: :clasp:

      Nossaaa Dani, foi mal… nem tinha visto… eu tava inserindo os links de trás pra frente, menino gritando no ouvido, tendo que sair toda hora… Mas foi um momento loiro não ter conferido antes né ahauahauahauahauah
      Tá arrumadinho agora! ;)
      Beijão linda!!!

Fechado para comentários.