Arquivo

Arquivado em ‘Saúde’

Dormir emagrace?

18, março, 2015 Ester Castro Fechado para comentários
dormir emagrece

(Foto: Reprodução/Patrick Demarchelier)

 

Olha vejam só, uma matéria que saiu na Vogue Brasil em 2012 afirmando que para a boa forma, dormir pode ser mais eficaz do que malhar, voltou a circular nas redes sociais.
Isso é um deleite para mim que, depois de comer, considera dormir, a melhor coisa do mundo. Devo ter sido um bicho-preguiça em outras vidas…

Mas eu que estou em constante briga com a balança, realmente sempre notei que ao dormir tenho um peso X e ao acordar, meu peso é Y, leia-se menor.
O que parece um paradoxo, afinal o corpo fica inerte em sono profundo sem se exercitar por horas, de fato tem explicação científica:

Todos os dias, quando o sol se põe, os níveis de melatonina, neurotransmissor que dispara o sono, começam a aumentar, enquanto a concentração de cortisol, hormônio associado ao estado de alerta e ao estresse, cai paulatinamente. A liberação de serotonina, outro neurotransmissor que regula, além do sono, o apetite e o ritmo circadiano (mecanismo que ajusta o relógio biológico), também diminui, preparando o corpo para o repouso restaurador. O que nem todo mundo sabe, no entanto, é que além de reparador, o tempo que passamos dormindo tem enorme influência no ponteiro da balança. O organismo recupera tecidos e sintetiza vários hormônios durante as oito horas de sono (recomendação média para um adulto). A atividade é tão intensa nesse período que o corpo usa a maior parte das calorias que ingerimos durante o dia na chamada taxa metabólica de repouso, responsável por cerca de 70% de nosso gasto calórico.

“Diversas pesquisas indicam que quem dorme menos de cinco horas, a longo prazo, ganha um sobrepeso de 36% em comparação com quem dorme duas ou três horas a mais”, afirma Eduardo Nunes Salles, diretor da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. De acordo com Luciana Palombini, especialista no assunto pelo Instituto do Sono da Unifesp, isso acontece porque dormir menos aumenta os níveis de grelina e diminui os de leptina, e a consequência é maior apetite. A leptina é um hormônio que estimula o gasto calórico, atuando no metabolismo da glicose e promovendo sensação de saciedade. Já a grelina estimula o apetite.


Então tá né? Por uma vida com menos grelina e mais leptina, please! :D


Categories: Informação, Saúde

Um viral bem bolado alertando para os danos do sol

11, junho, 2012 Ester Castro 2 comentários

Infelizmente a gente não vê aqui no Brasil, terra de praia e sol esturricante, muitas informações e alertas para a exposição indevida ao sol e sua implacável consequência. Salvo é claro aqueles comerciais que apenas vendem filtro e protetor solar, mas nem de longe explicam com exatidão a importância do seu uso.

O vídeo abaixo é uma inciativa de uma Fundação Contra o Câncer na Bélgica. A preocupação é que mulheres belgas estariam envelhecendo mais rápido do que o normal. Vale lembrar que pessoas de pele clara são mais vulneráveis aos raios nocivos do sol pela baixa quantidade de melanina.
Então mermão, tu branquela que quer pegar um bronze sem responsabilidade, não vai apenas conseguir um shape malagueta feelings, mas também o acréscimo de alguns bons anos na cacunda pois sua pele terá mais idade do que você!

Mas voltando ao vídeo, trata-se de um viral bem humorado alertando justamente para o envelhecimento precoce causado pelo sol, além é claro dos riscos de câncer.

Convidaram três casais para um resort. Só que sem os rapazes saberem, chamaram também as respectivas mães das garotas e após um dia virando charque na piscina, as meninas foram substituídas por suas mães durante o sono da madrugada. Os caras é claro tiveram uma surpresa broxante hauahauahauahauahaua

O recado é algo do tipo… “tenha certeza de que sua namorada se proteje contra o sol ou ela irá se parecer com sua mãe muito mais cedo”. :=)

E por falar nisso…

 

 

Um lado do rosto envelhecido pelo sol

O The New England Journal of Medicine (portanto uma fonte séria, diga-se de passagem) publicou a imagem de um senhor de 69 anos que foi caminhoneiro por 28 anos e por tabela teve um lado do rosto mais exposto ao sol que o outro. Mesmo com a janela do caminhão fechada, os raios ultravioleta penetraram e fizeram o estrago que só foi percebido a longo prazo.

Mas isso não me espanta. Ninguém precisa mais se esforçar pra perceber e aceitar que o sol desmedido é um vilão para a pele. A gente vê o resultado disso desde o trabalhador braçal até o surfista. E não é só dos danos estéticos, mas dos riscos de um câncer que precisamos nos preocupar.

De um jeito ou de outro você se lasca. É como se o sol te perguntasse:
__ E aí parceiro, o que vai querer? Um look maracujá de gaveta ou um carcinomazinho?

Vai pagar pra ver?

Categories: Campanha, Saúde, Tudo, Vídeo

“Ninguém é imune ao câncer de mama”

11, janeiro, 2012 Ester Castro Fechado para comentários

Heroines Breast Cancer

É com essa chamada que uma associação de luta contra o câncer de mama de Moçambique assina uma campanha genial.
Ninguém é imune ao câncer, nem mesmo as heroínas da DC e Marvel que estampam a campanha fazendo o auto exame.

“When we talk about breast cancer, there’s no women or superwomen. Everybody has to do the self-examination monthly. Fight with us against the enemy and, when in doubt, talk with your doctor.”

É isso meninas! Nunca é demais lembrar da importância do auto exame em sua rotina mensal. É o único super poder que nós temos contra esse mal. ;)

Via

Categories: Campanha, Publicidade, Saúde, Tudo

Dear 16-year-old me…

4, novembro, 2011 Ester Castro 4 comentários

O vídeo abaixo parece que foi feito pra mim. Pelo menos eu gostaria muito que alguém tivesse me dado um saculejo desses quando eu tinha meus 14, 15 ou 16 anos. Explico.

Pra quem não sabe, sou paranaense descendente de alemães e poleneses, logo, uma vela de defunto consegue ser mais “morena” que eu. Isso é péssimo. Esse déficit de melanina é um prato cheio para os raios nocivos do sol.

Mas continuando, mudei para Goiás no início da adolescência. Ficava encantada com a cor da pele das goianas que quando não eram/são naturalmente morenas, davam/dão ênfase na cor através do bronzeado.
Aí a anta que que vos escreve queria ser igual. Marcava casamiga pra “queimar no sol”, termo usado aqui. Filtro solar? Nem sabia que isso existia ou pra que servia. Juro!
Lembra aquele bronzeador Rayito de Sol em bisnaga que a tia da sacola trazia do Paraguai e vendia às dúzias pras branquelas? Eu besuntava a pele, inclusive o rosto, e me esticava ao sol feito calango no deserto nas PIORES horas pra pegar sol, das 10 às 15!!!! Alguém volta no tempo e me dá uma surra?
Então, depois de dois ou três dias vermelha feito um peru, achava que estava glamourosa com aquela cor de frango assado e a tão “sonhada” marquinha de biquini. Lindo mesmo eram as bolhas e a pele descascando depois disso. Fala sério…

Pois é. Tamanha ignorância e irresponsabilidade poderiam ter me custado (ou ainda pode me custar) um câncer de pele. Sem falar no quanto essa agressão pode ter acelerado o processo de envelhecimento precoce. Hoje com quase 40 e poderia tranquilamente ter uma pele de quase 30 se não fosse tão estúpida na adolescência. E olha que essa estupidez perdurou até eu entrar pra faculdade e só parou depois que conheci meu marido, então estudante de medicina.
Ele me alertou para os riscos de tomar sol de forma desmedida e irresponsável, me apresentou o filtro solar e disse que me amava do jeitinho que eu era, da cor de maizena. Lovei na hora! :=)

A questão é que o envelhecimento precoce pode ser perfeitamente contornado com um bom dermatologista e cremes milagrosos, mas um malanoma pode custar a sua vida.

 

Dear 16-year-old me

 

Esse vídeo é um murro na boca do estômago (leia-se foda), que foi produzido em maio pela The David Cornfield Melanoma Fund, uma entidade criada para salvar vidas simplesmente levando conhecimento à todos sobre o melanoma e a sua gravidade.

E o mais legal é que esta ação não foi feita por atores, mas sim por vítimas, pessoas que venceram, ainda lutam ou perderam familiares para o câncer. No site da fundação, tem a biografia de cada um deles.

Vale a pena reservar cinco minutinhos de seu tempo pra conferir. Está com legendas em português.

 

Antes de finalizar vale uma observação. Ninguém precisa e nem deve fugir do sol como se fosse o capeta. O corpo precisa dele para poder produzir vitamina D, que entre inúmeros benefícios promove a absorção de cálcio e regula o metabolismo ósseo do organismo. Mas só tome sol antes das 10 e após as 16 horas e sempre com filtro solar.
Ah, e é perfeitamente possível pegar um bronze mesmo usando filtro. ;)

Via CTV News

Categories: Saúde, Tudo, Vídeo

Reynaldo Gianecchini fala pela primeira vez sobre o câncer

13, outubro, 2011 Ester Castro Fechado para comentários

Reynaldo Gianecchini

Reynaldo Gianecchini, que há algum tempo recebeu o diagnóstico de um tipo raro de linfoma, fala pela primeira vez sobre o câncer após aderir ao Movimento Contra o Linfoma, uma campanha da Abrale iniciada no dia 15 de setembro.

 

O objetivo obviamente é tornar notórias causas e sintomas e fazer um alerta aos cuidados que precisam ser observados. Acho válido e importante divulgar.
Informação estimula a prevenção, que por sua vez é sempre o melhor remédio. ;)

Se toca. Quanto antes você descobrir, melhor.

Via Folha