Arquivo

Arquivado em ‘Música’

Automatic – Clip do novo álbum da banda Tokio Hotel

23, setembro, 2009 Ester Castro 10 comentários

Humanoid

Eu já disse no post sobre a beleza andrógena de Bill Kaulitz que havia gostado do trabalho da banda alemã Tokio Hotel assim que a conheci. Encarnei a teen desvairada e dei uma vasculhada no repertório e curti o que achei. Apresentei a banda para o filhote nº 2 e ele virou fã de carteirinha! rsrsrsrsrs
Embora não seja muito minha praia mas eclética que sou, assumo que gostei da sonzêra dos garotos e acho que se não fizerem merda podem ter uma carreira longa e próspera.

Infelizmente o guitarrista Tom Kaulitz, gêmeo de Bill, teve uma atitude pra lá de estúpida outro dia, típica de quem não sabe lidar com a fama. Ele teria socado e jogado uma fã no chão. Atitude deplorável…. tsc tsc tsc

Mas indo direto ao ponto, a banda está prestes a tirar do forno logo no início do mês de outubro seu novo álbum intitulado Humanoid que será lançado tanto em inglês como alemão e teve a co-produção de Bill e Tom em grande parte das faixas.

Uma das faixas trabalhadas desde agosto para divulgar o novo álbum é a música Automatic que você confere no vídeo abaixo. Enjoy meninas!


Automatic – Tokio hotel

Via Nação da Música

Categories: Informação, Música, Tudo, Vídeo

“Me joga no Google, me chama de pesquisa”

17, setembro, 2009 Ester Castro 16 comentários
Categories: Humor, Música, Tudo, Variedade, Vídeo

Campanha Antifumo – Paródia de We Are The World

5, agosto, 2009 Ester Castro 11 comentários

Eu ri alto com esse vídeo.
A autoria é da dupla de caipiras humoristas goianos Vira & Mexe, que costuma fazer comédia através da música.
Parece que os caras pegaram carona na Lei Antifumo que entra em vigor no próximo dia 07 em São Paulo e resolveram dar o seu recado parodiando a música We Are The World que passou a se chamar Mi Arde o Ôi.
Hilário! :))

Acompanhe:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Dica do blogueiro goiano Aurélio Reis do Carroça no Asfalto via Twitter

UPDATE: O Eduardo Tomazett, goiano e conhecedor do trabalho da dupla, avisou nos comentários que o vídeo acima não é recente. Foi gravado em 1991.
Fato que o vídeo acabou voltando à tona por ser pertinente à questão da Lei Antifumo. ;)

Em tempo…

Aos nascidos nos últimos 15 ou 20 anos e que por ventura não conhecem, a música We Are The World foi um single escrito por Michael Jackson e Lionel Richie e produzido por Quincy Jones em 1985.
Gravado naquele ano por 45 nomes da música internacional, o projeto conseguiu arrecadar ao todo 55 milhões de dólares de fundos para o combate da fome na África.
Foi um mega sucesso na época e a campanha denominada USA for Africa teve uma mobilização estrondosa.
Veja a música original.

Categories: Campanha, Humor, Música, Tudo, Vídeo

CATcerto – uma gata num concerto

22, julho, 2009 Ester Castro 6 comentários

Acho que muitos viram, conhecem e se encantaram com Nora, a gata que toca piano.

O “gosto pela música” começou quando ela tinha um ano e pulou pela primeira vez no banco, apoiou as patas sobre as teclas e ficou atraída pelo som que elas faziam. Na verdade a dona de Nora é professora de piano e então desde cedo ela teve contato visual e sonoro com o instrumento.
É possível conferir todos os vídeos que fizeram dela “dedilhando” o piano, no YouTube.

Nora The Piano Cat

Ocorre que o maestro lituano Mindaugas Piecaitis, também encantado com o “talento” da gata, resolveu desenvolver o projeto CATcerto, um concerto composto e dirigido por ele e executado pela Klaipėda Chamber Orchestra no Klaipėda Concert Hall em Klaipėda na Lituânia no último dia 5 de junho.

Nora esteve presente através de vídeo num telão que exibia suas performances já gravadas e a música foi composta pelo próprio Mindaugas com base nas mesmas.
O conjunto da obra ficou fantástico! Acompanhe:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Saibam que Nora também tem site, blog, Facebook e até Twitter! Não é uma fofa?

Via Neatorama

Categories: Música, Mundo, Tudo, Vídeo

R.I.P. Michael Jackson

26, junho, 2009 Ester Castro 40 comentários

R.I.P. Michael JacksonLembro como se fosse hoje.
Eu tinha uns 12 ou 13 anos, época em que Michael Jackson criou, dançou e fez do moonwalk ou breakdance uma febre sem precedentes.
Tinha uma festa no ginásio do colégio onde Thriller e Billie Jean tocavam alto por várias e várias vezes. O carinha mais badalado da escola era o centro das atenções fazendo a dancinha robótica e mandando muito bem, diga-se de passagem.

Foi assim que conheci e me iniciei na Jackson’s fever. E é essa época até meados dos anos 90 quando Michael ainda parecia gente, que eu guardo com pesar.

O escroto que ele havia se tornado nos últimos anos, não só pela aberração física mas principalmente comportamental, não manchou seu legado musical mas já o matou quando tudo isso começara.

Por mais insensível que isso possa parecer, ninguém por mais fã que seja, irá lamentar a morte da pessoa Michael Jackson como se num passe de mágica fosse possível esquecer por completo seus escândalos e suas excentricidades. Não sejamos hipócritas.
Ele não era nenhum exemplo a ser seguido. Ouvido sim, mas seguido nunca!
Michael se tornou a referência musical de gerações. Só.

Mas não vou ficar divagando e remoendo o que já foi dito a rodo por aí. Prefiro deixar alguns links excelentes com várias interpretações sobre a passagem do astro pop em suas vidas e sobre o que ele representou para a música.
Leituras recomendadíssimas!

Michael Jackson, a síndrome de Peter Pan e o museu de grandes novidades por Alexandre Inagaki
A morte leva, ops, lava a alma por Eden Wiedemann
Michael Jackson: Morre o homem, nasce a lenda por Cler Oliveira
Michael Jackson por Rosana Hermann
Perdemos Michael Jackson… por Phelipe Cruz
‘Thriller’: Michael Jackson e a revolução do videoclipe por Ale Rocha

Categories: Gente, Música, Mundo, Tudo