Arquivo

Arquivado em ‘Música’

Abertura de Avenida Brasil: charme ou kuduro?

25, março, 2012 Ester Castro 6 comentários

A novela Fina Estampa terminou devidamente cheia de falhas, “defeitos especiais” e desfechos nonsenses como é o final de toda e qualquer novela.
É isso, vamos encarar os fatos. A gente fica igual besta perdendo meses de um tempo precioso acompanhando uma trama que depois terá um final idiota, como se isso fosse de praxe.

Aí você faz uma promessa a si mesmo de que nem por um decreto irá começar a acompanhar a novela seguinte pra não incorrer no mesmo imbróglio. Mas sabemos que não é assim. Por alguma força sub-humana você acaba repetindo o erro. Noveleiros assumidos e não assumidos sempre seguirão uma novela pra passar raiva depois.

E as chamadas para Avenida Brasil, a próxima novela global das 9, estão fazendo lá a sua parte para atrair o telespectador.

Abertura de Avenida Brasil

Foto: João Miguel Jr./ TV Globo

Mas indo direto ao ponto, vi o making of da abertura de Avenida Brasil (se o link não abrir, tem cópia aqui) e segundo informa a matéria, os dançarinos estariam dançando charme, só que ao ritmo de kuduro.

Fiquei em dúvida. Pelo que se sabe, o charme é um estilo musical e de dança, que aliás será bastante abordado em Avenida Brasil, é uma vertente da black music americana com influência do soul e do funk americano, tendo uma pegada que lembra o hip hop e o street dance. Me corrijam se eu estiver errada.
Já o kuduro, que também é tanto gênero musical quanto dança, surgiu em Angola, portanto de origem africana com alguma influência de reggae e rap. Originalmente tem uma conotação mais humorada, mais desengonçada e brincalhona por se dançar com o “quadril duro”. No entanto deram um jeito de atribuir uma nuance mais caliente à dança.

A música de abertura é uma versão de Vem dançar kuduro do português-francês Lucenzo, que para abrasileirar foi transformada em Vem dançar com tudo na voz de Robson Moura e Lino Krizz (não, não é a versão de Latino).

Pra entender melhor, veja os bastidores da aula de charme feita pelos atores da novela e veja abaixo o original de Lucenzo junto com Big Ali (ele também gravou com Don Omar que foi trilha de Velozes e Furiosos 5) mostrando um pouco do ritmo kuduro.

Então, daí a dúvida. Se é charme, porque o som é kuduro? É tudo a mesma coisa ou tá havendo uma confusão aí?
Não que esclarecer isso mudará o destino da humanidade, mas que fiquei intrigada, fiquei… :mmm:

Categories: Música, Tudo, Vídeo

Jon Bon Jovi faz 50 anos e deixa muito garoto de 20 no chinelo!

2, março, 2012 Ester Castro Fechado para comentários
Jon Bon Jovi faz 50 anos

Imagem: reprodução

É isso aí! Meu grande ídolo desde a minha aborrescência completa meio século de vida hoje!
O cara tá com 50 anos e deve tomar banho de formol, só pode hahahahahaha

O fato é que ele sempre foi bonito, mesmo com aquele cabelo do início da sua carreira que muitos criticam, mas que na época era um must.

Mas eu não vou repetir o que eu já disse sobre ele aqui outras vezes, até porque a querida Cler já fez um mega post sobre a carreira desse lindo em homenagem ao seus 50 anos.

Contudo, também faço um convite à vocês para reverem os seguintes posts que fiz sobre Jon Bon Jovi:

Pavarotti e Bon Jovi – Saudade…
Bon Jovi canta “Stand By Me” para o Irã
Overdose de Bon Jovi

E pra fechar, uma de minhas músicas preferidas da banda que ficou ainda mais show na versão acústica: It’s My Life!

United – música do Playing For Change para o 7 Billion Actions

19, janeiro, 2012 Ester Castro Fechado para comentários

7 Billion Actions

Eu já falei aqui antes sobre o excelente projeto Playing For Change, então para não ser repetitiva, convido-os à leitura do post e à ouvir uma das interpretações mais deliciosas da belíssima Stand By Me que já ouvi até agora.

O fato é que o Playing For Change se tornou parceiro do movimento global 7 Billion Actions,  criando United, uma música exclusiva para promover o respectivo projeto.
Como todos sabem, em 31 de outubro do ano passado o mundo chegou a 7 bilhões de pessoas, portanto o 7 Billion Actions, campanha criada pelo Fundo de População das Nações Unidas, faz a chamada para que todos aqueles que de alguma forma fazem a diferença na humanidade, se unam e compartilhem suas experiencias para que possam servir de inspiração para outras pessoas.

United foi produzido no mesmo rito do próprio Playing For Change. Viajaram pelo mundo, colocaram fones de ouvido em músicos e artistas de rua, editaram e transformaram a música num hino que pudesse inspirar os corações de cada um dos 7 bilhões de habitantes a fazer deste mundo, um lugar melhor para todos nós.

Ouçamos! :p

We are a world of 7 billion people.
Our 7 billion hearts are unite in song.

Via

Categories: Campanha, Música, Mundo, Tudo, Vídeo

Rolling In The Deep de Adele e seus covers pelo mundo

15, janeiro, 2012 Ester Castro 4 comentários
Adele

Imagem: reprodução

O francês Luc Bergeron (Zapatou) teve toda paciência e tempo do mundo para enumerar num vídeo os vários e melhores covers de Rolling In The Deep de Adele (amooooooo) que encontrou pela web.
Ficou muito legal a sequência!

Mas de todos os covers a minha preferida é dos irmãos mexicanos Vazquez Sounds, em que a lindinha Angela de apenas 10 anos faz o vocal. Ela é perfeita!

Via

Categories: Música, Tudo, Vídeo, Web

Michael Winslow e uma performance ESPETACULAR!

21, outubro, 2011 Ester Castro 1 comentário

Michael Winslow já chamava atenção produzindo efeitos sonoros apenas com sua voz no jurássico Loucademia de Polícia e claro, por conta desse talento, focou sua carreira no stand up fazendo suas apresentações pelos palcos do show business.

Recentemente ele esteve um Talk Show norueguês e interpretou Whole Lotta Love de Led Zeppelin. Na verdade, ele interpretou a banda inteira só com a boca. ESPETACULAR!!

 

Via Sedentário

Categories: Humor, Música, Tudo, Vídeo