Arquivo

Arquivado em ‘Gente’

Eu quero a Dani Koetz no CQC!!

27, julho, 2009 Ester Castro 3 comentários

Antes de mais nada, quero deixar claro que não estou iniciando nenhuma daquelas campanhas bloguísticas aqui não.
O que se segue é apenas minha opinião pessoal e sei que ela é partilhada pela grande maioria. Movimentos e campanhas são para blogs fodões, o que não é o caso do Saber.

Acontece que quando eu soube que o CQC, o melhor programa de TV aberta do momento, abriu um concurso em busca do 8º integrante, pensei na hora na Dani (minha querida chefe rsrsrsrs), notória e muito querida no meio blogueiro por ser talentosa, linda e editar o Ah! Tri Né!

Dani Koetz por Maurício Schwarttmann
Fotografia por Maurício Schwarttmann

Achei que seria perfeito uma figura feminina no programa e ninguém seria mais perfeita do que a Dani (que a essa altura deve estar querendo me fritar em óleo quente por isso rsrsrs).

Além dela ter todos os atributos que todos nós sabemos, ela manda muito bem como repórter tendo no currículo entrevistas com o fenômeno do YouTube Guilherme Zaiden, a Madonna brasileira Verônica Pires e também o hilário Rafinha Bastos, muito antes dele integrar o CQC!

Veja e reveja a entrevista com o Rafinha:


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

E aí? Concordam comigo ou não? Dani Koetz no CQC já!! :palmas:

UPDATE:
Ao jogar no Google descobri que já havia uma campanha iniciada pelo respeitadíssimo Ale Rocha do Poltrona!!
No entanto, segundo o Ale explica em seu blog, a campanha não pode ser levada adiante por violar o regulamento que proíbe campanhas prol candidatos. Bom, eu não encontrei nada falando sobre isso mas tudo bem…
Se quisermos mesmo ver a Dani no CQC, melhor não fazer barulho.
Mas nada impede que possamos manifestar o desejo de ver isso se realizar, não é mesmo?
Ficaremos na torcida em silêncio! ;)

Jake Lloyd, o pequeno Anakin Skywalker, hoje!

26, julho, 2009 Ester Castro 1 comentário

Jake Lloyd, o pequeno Anakin Skywalker, hoje!
Imagem: reprodução

Apesar de Jake Lloyd já ter atuado em alguns trabalhos antes, como por exemplo na série ER e em filmes como Apollo 11 e o fraquíssimo Jingle All the Way (Um Herói de Brinquedo) entre outros, foi só no prequel Star Wars: Episode I – The Phantom Menace que ele se tornou de fato conhecido.

A carinha linda e angelical de Anakin Skywalker levou os nerds à reflexão. Parecia inconcebível que aquele garotinho se tornaria futuramente Darth Vader, o pior e mais temido vilão da história do cinema.
Mas ele cumpriu seu papel sendo o Darth criança e estava fofo demais para que pudéssemos nos preocupar com esse detalhe… :p

Jake, hoje com 20 anos, não fez muita coisa como ator durante os últimos 10 anos. Além das dublagens nos jogos de video game da saga, atuou apenas em um filme (Madison) e está fazendo faculdade de cinema.

Recentemente esteve presente no Supanova, um grande evento pop cultural da Austrália e falou em uma entrevista concedida ao pessoal do blog australiano SCI FI PI, como está sendo sua vida desde o Episódio I.

Acompanhe (em inglês):


Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Taí. Jake é mais um exemplo de sucesso na infância que não foi além disso. Será sempre lembrado como o pequeno Anakin Skywalker… Fato.

Via Sovaco de Cobra

Categories: Cinema, Gente, Mundo, Tudo, Vídeo

Leighton Meester e Isabelle Drummond – cara de uma, focinho de outra! (2)

7, julho, 2009 Ester Castro 21 comentários

Leighton Meester e Isabelle Drummond
Imagem: reprodução

Taí mais um exemplo dos muitos mistérios da genética!

A eterna Emília contemporânea Isabelle Drummond é simplesmente a cara da atriz americana Leighton Meester, não concordam?

Teriam as inexplicáveis semelhanças entre pessoas sem qualquer grau de parentesco alguma relação com a tal evolução convergente?

Just kidding… :=)

Via Just Lia

R.I.P. Michael Jackson

26, junho, 2009 Ester Castro 40 comentários

R.I.P. Michael JacksonLembro como se fosse hoje.
Eu tinha uns 12 ou 13 anos, época em que Michael Jackson criou, dançou e fez do moonwalk ou breakdance uma febre sem precedentes.
Tinha uma festa no ginásio do colégio onde Thriller e Billie Jean tocavam alto por várias e várias vezes. O carinha mais badalado da escola era o centro das atenções fazendo a dancinha robótica e mandando muito bem, diga-se de passagem.

Foi assim que conheci e me iniciei na Jackson’s fever. E é essa época até meados dos anos 90 quando Michael ainda parecia gente, que eu guardo com pesar.

O escroto que ele havia se tornado nos últimos anos, não só pela aberração física mas principalmente comportamental, não manchou seu legado musical mas já o matou quando tudo isso começara.

Por mais insensível que isso possa parecer, ninguém por mais fã que seja, irá lamentar a morte da pessoa Michael Jackson como se num passe de mágica fosse possível esquecer por completo seus escândalos e suas excentricidades. Não sejamos hipócritas.
Ele não era nenhum exemplo a ser seguido. Ouvido sim, mas seguido nunca!
Michael se tornou a referência musical de gerações. Só.

Mas não vou ficar divagando e remoendo o que já foi dito a rodo por aí. Prefiro deixar alguns links excelentes com várias interpretações sobre a passagem do astro pop em suas vidas e sobre o que ele representou para a música.
Leituras recomendadíssimas!

Michael Jackson, a síndrome de Peter Pan e o museu de grandes novidades por Alexandre Inagaki
A morte leva, ops, lava a alma por Eden Wiedemann
Michael Jackson: Morre o homem, nasce a lenda por Cler Oliveira
Michael Jackson por Rosana Hermann
Perdemos Michael Jackson… por Phelipe Cruz
‘Thriller’: Michael Jackson e a revolução do videoclipe por Ale Rocha

Categories: Gente, Música, Mundo, Tudo

Me apaixonei por Paula Fernandes!

23, junho, 2009 Ester Castro 27 comentários

paulafernandes

Outro dia vendo TV, vi a chamada para o CD da novela Paraíso e uma música me chamou a atenção. Fui “googlar” pra saber quem era a mulher com aquela voz maravilhosa.

Era Paula Fernandes, 25 anos, mineira de Sete Lagoas, linda e dona de um timbre de voz delicioso que me conquistou logo de cara.
Onde eu estava que nunca tinha ouvido falar nela??? Ou talvez não tenha prestado atenção…

Se você, como eu também não conhecia a bendita, então segue uma pequena bio da moça.

Ela canta desde os 8 anos e gravou seu primeiro CD aos 10!! Aos 12, indo morar em São Paulo, foi contratada por uma companhia de rodeios e percorreu o Brasil durante 5 anos fazendo seus shows e ganhando experiência em palcos.
Isso a inspirou a gravar mais um CD com um repertório voltado ao sertanejo. Logo depois ela foi apresentada ao diretor Jayme Monjardim que lhe rendeu um convite pra gravar Ave Maria Natureza para a trilha sonora complementar da novela América.

Naquela mesma época ela gravou um terceiro CD com músicas em vários estilos que lhe proporcionou uma indicação ao Prêmio Tim de Música Brasileira, na categoria de Melhor Cantora Popular.
Ela aproveitou então o embalo e gravou o quarto CD com músicas internacionais, entre elas as belíssimas The Boxer (Simon & Garfunkel) e Dust in The Wind (Kansas) – segundo vídeo abaixo – que fez parte de outra trilha sonora, a da novela Páginas da Vida.

No ano passado, Paula lançou seu quinto álbum chamado Pássaro de Fogo com 15 faixas compostas por ela, inclusive a música carro-chefe – primeiro vídeo abaixo – que dá nome ao trabalho! Sim, a danada além de bonita e ter uma voz incrível, também compõe.


Pois é. Fiquei besta ao saber que essa voz já havia passado pelos meus ouvidos através das novelas e eu deixei passar desapercebido.
Acho que só fui notar agora por ter ouvido ela cantar uma música inédita e de composição própria. Fiquei simplesmente encantada!

Espero realmente que a mídia bote mais os olhos sobre Paula para que ela faça o sucesso que merece e para que todos tenham acesso à belíssima voz dessa promessa da música brasileira. ;)

Saiba mais sobre Paula Fernandes em seu site oficial.