Arquivo

Arquivado em ‘Game’

Onde tem mais violência: games, filmes, desenhos animados ou na bíblia?

December 9th, 2009 Ester Castro 124 comentários

Esse lance daquele senador sem noção me deixou pensativa.
Fiquei imaginando o que ele viu nos games, se é que já passou perto de algum console, que não tenhamos visto em filmes, em desenhos animados ou até mesmo na bíblia?

Vamos por partes.

Os filmes passeiam entre o real e a fantasia sem limites. Violência, drogas, sexo, traição, vampirismo, magia negra e muito mais. É de sua prerrogativa explorar isso e é de nossa alçada desfrutar disso com o devido discernimento. Aliás, o que nos atrai é justamente essa possibilidade de brincar com o impossível e o inimaginável. Não é diferente com os livros e tampouco com os games.
A diferença é que com relação aos filmes há uma classificação etária e poderia inclusive ser aplicado aos games como bem sugeriu o Vitor nos comentários ao invés de proibí-los sumariamente.

cartoons Onde tem mais violência: games, filmes, desenhos animados ou na bíblia?

Okay, e os desenhos animados?
Vejam os fofinhos e engraçadinhos Tom e Jerry e Pica-Pau por exemplo, que passam a rodo nas TVs abertas. Não existe um episódio em que um não destroça o outro e  ainda ensina desvios de conduta como trapacear, mentir e  tirar vantagem em tudo a qualquer preço.
Miolos explodindo, tortura e maldade são a máxima em um alguns clássicos cujo público alvo são crianças e que na prática partem da premissa de não só divertir mas também de ensinar.
A violência nos cartoons foi inclusive inspiração para uma exposição numa galeria de arte em Londres, há um tempo atrás.

Bom, e o que dizer da bíblia?

deus Onde tem mais violência: games, filmes, desenhos animados ou na bíblia?

Bem, já é por si só uma ofensa ensinar que a raça humana surgira de Adão e Eva, mas é melhor não entrar nesse mérito né?
No entanto, já pararam pra pensar como o Livro Sagrado usado para catequizar e evangelizar possui as piores atrocidades possíveis como incesto, infanticídio, impiedade, genocídio e por aí vai?
Mas como se trata da bíblia, é lindo, sublime e aceitável matar o irmão, tomar uma irmã como esposa, dizimar cidades inteiras com fogo, destruir o mundo com água, matar recém-nascidos ou primogênitos de várias famílias. Pelo menos essas são as “lendas” contadas lá e se fossem virar enredo de um game, passaria a ser ofensivo e violento?
O fato é que o Deus do Velho Testamento era tão implacável que faria o Nemesis parecer uma moça e aí entram em cena os falsos moralistas sem conhecimento de causa achando que a humanidade está ameaçada por um brinquedo de gente grande.

Os games apenas exploram a mesma surrealidade da bíblia, de um filme ou mesmo de um desenho e é tido, segundo o nobre senador em questão, como o grande vilão capaz de ameaçar costumes, tradições, credos e o diabo a quatro. Meus queridos, quem endossa isso está exercendo o ápice da ignorância.

Resumo da ópera:

Se for pra caçar chifre em cabeça de cavalo então vamos ampliar o foco. O que eu quero dizer é que se formos olhar tudo sob a mesma ótica veremos que em tudo existem coisas e situações refutáveis.  Ou seja, se colocarmos na balança tudo deveria ser proibido.

Já disse e repito. O que faz alguém se tornar violento, ter desvios sociais e de conduta não é estourar a cabeça de um traficante no morro do Rio em Modern Warfare 2, mas sim a falta de amor em família, de comida, de escola, de dignidade. Até porque sabe-se que o índice de criminalidade é bem maior entre os desfavorecidos e estes com certeza não possuem um videogame de última geração pra colocá-los no “mau caminho”.

Eu apenas não consigo aceitar que a hipocrisia se alie à burrice pra cercear um direito com medidas arbitrárias enquanto o que realmente precisa ser mudado continua na mesma. #prontofalei

Categories: Comportamento, Game, Opinião, Tudo

O senador Valdir Raupp e seu projeto de lei contra games “ofensivos”

December 6th, 2009 Ester Castro 17 comentários

valdirraupp O senador Valdir Raupp e seu projeto de lei contra games ofensivosPor incrível que pareça eu soube disso por um grande blog gringo enquanto lia os feeds.
O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), aquele mesmo que sofreu denúncia por crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, conseguiu a aprovação do Senado para seu projeto de lei que torna crime fabricar, importar ou distribuir jogos de videogames ofensivos aos costumes e às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos”.
Para que passe a vigorar precisa ainda ser votado pela Comissão de Constituição e Justiça. Leia mais…

Bom, nem preciso ressaltar que a notícia virou piada a julgar pelos comentários feitos no tal blog e também nem preciso frisar aqui sobre o que eu penso disso. Quem me conhece sabe que parto em defesa dos games e que estes na realidade poderiam ser sim grandes aliados contra o mal social.

É de rir alto vendo este senhor achar em sua vã consciência que os videogames seriam a raiz dos males desse país. Bullshit!!


aquio 272x300 O senador Valdir Raupp e seu projeto de lei contra games ofensivos
Aqui ó!!

Mas sabe o que eu realmente acho “ofensivo”?

É a maioria da corja política desse país receber altos salários e regalias “trabalhando” sob ar-condicionado fazendo merda nenhuma, salvo arquitetando planos infalíveis para desvios de verbas, enquanto o bóia-fria envelhece sob o sol em fúria trabalhando pesado ganhando merreca e fazendo malabarismo econômico no final do mês.

Categories: Game, Gente, Notícia, Opinião, Tudo

Genial!!

November 30th, 2009 Ester Castro 1 comentário

games 300x187 Genial!!
(clique para ampliar)
“Ao contrário da opinião popular, estes não me fazem um assassino.
Bom, talvez o Wiimote. Essa merda é perigosa”


Não sei a origem da imagem e tampouco quem a criou mas é estupendamente GENIAL!!! icon mrgreen Genial!!

Achei no Um Passinho à Frente

Categories: Game, Humor, Imagem, Tudo

FarmVille e Harvest Moon – déjà vu?

November 26th, 2009 Ester Castro 24 comentários

Nos últimos tempos os usuários do Facebook estão às voltas com vários aplicativos tomadores de tempo e alimentadores de ócio disponíveis por lá.

Um deles é o FarmVille.
Bastou eu plantar a primeira beringela que a mazela estava feita. Me rendi por completo e viciei na coisa. icon mrgreen FarmVille e Harvest Moon   déjà vu?

Apesar de ter todas as limitações inerentes à um aplicativo e nem de longe pode ser comparado com um jogo propriamente dito, FarmVille ainda assim consegue ser deveras divertido. Aliás virou uma febre entre os usuários.

A ideia é simples. Cuidar de animais, árvores, plantar, colher, fazer dinheiro e ampliar a propriedade. Em meio a tudo isso você se vê motivado a executar tarefas para conquistar os ribbons que dão prêmios como grana, presentes, liberam novos ítens para comprar e dão XP que te faz subir de level.
Tem também a interação entre os fazendeiros e vizinhos através da troca de presentes e favores como por exemplo fertilizar a lavoura um do outro.

Eu estou lá, porém longe de ser uma latifundiária. Enquanto meu nível está nos míseros 24  já tem gente no level 44 entre os meus vizinhos.
Claro que existe um meio mais fácil e rápido de ampliar a fazenda que é comprar em dinheiro real mesmo, as farm coins e o farm cash, moeda local que também é conseguido a cada subida de level. Não é o meu caso e não acho que isso seja divertido. A partir do momento que você passa a tirar dinheiro do bolso, deixa de ser brincadeira.

No entanto o FarmVille também atende o lado social e suporta a campanha Sweet Seeds for Change: Haiti, onde as sementes que contêm o respectivo selo e são vendidas mediante farm cash, levantam parte da renda que beneficia famílias e crianças pobres no Haiti. Isso sim eu achei bem bacana.

farm ester 150x150 FarmVille e Harvest Moon   déjà vu? farm2 150x150 FarmVille e Harvest Moon   déjà vu? farm3 150x150 FarmVille e Harvest Moon   déjà vu?
Tirei uns prints da minha modesta Ester’s Farm… icon razz FarmVille e Harvest Moon   déjà vu?
(Clique para ampliar)

——

Bom, mas o que realmente me fez cair de amores por FarmVille foi a inevitável nostalgia por lembrar Harvest Moon – A Wonderful Life, um game de simulação lançado em 2004 que eu joguei atééééééé mesmo no bom e velho Game Cube. Mas também tem ele para o PS2.

Sim, eu não jogo só os hardcores da vida mas alguns jogos “menininhas” também, tá!  icon mrgreen FarmVille e Harvest Moon   déjà vu?

A série Harvest Moon é imensa tendo vários títulos e versões para várias plataformas, mas é A Wonderful Life o melhor disparado na minha opinião. Tem também o Another Wonderful Life, que nada mais é que um remake do outro só que com o personagem feminino.

Se quem passa primeiro por FarmVille fosse conhecer Harvest Moon, certamente iria delirar. Enquanto um está repleto de limitações o outro realmente simula uma vida na fazenda com tudo que tem direito.

Lá você vivencia as quatro estações do ano com muita chuva, neve e belos dias ensolarados. Amanhace e anoitece e você precisa dormir e se alimentar bem como alimentar e cuidar dos animais quando estão doentes. As vaquinhas ficam prenhas e quando parem dão leite que pode ser vendido ou transformado em queijo ou manteiga. Mas se você não ordenhar, escovar e dar carinho ao animal o leite seca.
Ou seja, existe todo um cuidado real que você precisa ter com as plantas e os bichos da fazenda, do contrário haverá consequências.

Dá pra fazer fortuna quando os vegetais e frutas plantados começam a dar frutos. Estes geram novas sementes que podem ser vendidas e por aí vai. Trabalhando à beça você consegue dinheiro pra melhorar e equipar a fazenda.

harvestmoon FarmVille e Harvest Moon   déjà vu?

O legal é que o fazendeiro também precisa ir até a cidade conversar com as mocinhas de lá até conquistar uma que será sua esposa. Aí ele precisa trabalhar duro pra sustentar mulher e um filho que virá depois. E mais, o filho cresce e você precisa educá-lo.
Enfim, tem uma série de outras coisas pra fazer inclusive ajudar os habitantes da região, pescar e até cozinhar.

É um jogo sensacional que aliás é recomendadíssimo para crianças porque ensina muito, principalmente a ter disciplina e responsabilidade através da rotina diária de afazeres. Sem falar nas noções de economia, negócios e investimento. Show demais!!

Achei que seria interessante colar um vídeo do review pra quem não conhece ter uma noção da engine de Harvest Moon. Aos que conhecem, bem-vindos ao flashback!

——

PS¹ Quem quiser me adicionar no Facebook pra ser meu vizinho do FarmVille, sijoga!

PS² Uma dica é você deixar o seu avatar (fazendeiro) preso num cercado. Assim as tarefas se executam sem precisar esperar o personagem ir até ela e os vizinhos que entram na sua fazenda para fertilizá-la não ficam irritados. Tudo fica mais fácil e rápido.

PS³ Experimentem Harvest Moon, mas cuidado! Se FarmVille vicia, este então é passível de overdose.
icon wink FarmVille e Harvest Moon   déjà vu?

Categories: Game, Opinião, Tudo, Vídeo, Web

FF XII, FF X e a diferença gráfica usando emulador

November 12th, 2009 Ester Castro 12 comentários

Esse post já era pra ter sido publicado faz tempo. O problema é que volta e meia boto o blog na geladeira por causa de coisas que acabo tendo que colocar em primeiro plano.
E olha que não me falta pauta. Falta é tempo e disposição mesmo pra colocar tudo em dia…mas vamo que vamo
Como eu havia dito aqui há um tempo atrás, eu estava jogando Final Fantasy XII e finalmente zerei ele há alguns dias.

Bom, e embora eu tenha o PS2, acabei jogando a versão emulada para o PC. Vocês vão entender o porquê disso clicando nas imagens abaixo.

Notem a granulação da primeira (PS2) e a melhora exorbitante da segunda (PC).

ffx2ba FF XII, FF X e a diferença gráfica usando emulador
Gráficos do jogo original para o PS2 (amplie)

ffxiiab FF XII, FF X e a diferença gráfica usando emulador
Gráficos usando o emulador (amplie)

Não adianta. Depois que você experimenta os gráficos dos jogos atuais não tem como você não ser graficista. Já deixei de jogar bons títulos por causa de gráfico e recorrer a um emulador pode ser uma solução.

O emulador que usamos é o PCSX2 e ele precisa de um bom processador com clock de no mínimo 3GHz pra rodar beleza, além de uma boa VGA(9600 pra cima). Joguei numa tela de plasma de 50″ conectada ao Home Theater PC em uma resolução de 720p, sendo que a qualidade da imagem dava gosto de ver! Lembrando bastante o que se vê nos consoles da última geração.
E claro, só pra constar, essa parte técnica da coisa é por conta do maridão já que eu não manjo nada da bagaça.
Quero saber mesmo é de me esparramar no tapete da sala e jogar. Só. icon mrgreen FF XII, FF X e a diferença gráfica usando emulador

Bom e com relação ao jogo em si, a história de fato não te prende e você nem acaba se preocupado com ela. Se for seguir apenas o roteiro dá pra zerar o bendito num piscar de olhos.

Mas o que é gostoso no FF XII são as hunts paralelas que proporcionam ótimos desafios. Os bosses principais da sequência do jogo são fraquinhos demais, então pra sentir o jogo na veia mesmo é bom fazer as hunts.

Final Fantasy XII 300x225 FF XII, FF X e a diferença gráfica usando emulador

De qualquer forma adorei o FF XII. Me tirou um monte de neuras com relação às batalhas por turno que eu odiava e que também me impediam de jogar bons títulos.

Emendei jogando agora o FF X, também através do mesmo emulador. Esse sim me prendeu pela história já na primeira meia hora de jogo.
E veja só como são as coisas, tô nem ligando para o sistema de batalha que até então eu achava idiota e detestava com todas as minhas forças. Era isso que eu dizia ao meu marido quando o via jogar e agora ele fica rindo da minha cara hahahahahahahaha

FF X é fantástico e possui uma das cenas mais lindas que já vi em games, que é o momento em que a summoner Yuna “encomenda” as almas no porto de Kilika após a devastação causada pelo vilão Sin.

Pra finalizar, vale até colocar um vídeo abaixo pra rever a cena. Lindo!

Categories: Game, Imagem, Opinião, Tudo, Vídeo

Prince of Persia: The Sands of Time – primeiro trailer oficial em HD

November 3rd, 2009 Ester Castro Comente!

Apesar de insuflar minha curiosidade e expectativa, misturar duas de minhas maiores paixões – game e cinema – pode ser um pouco perigoso. Comparações, cobranças e críticas são inevitáveis.

Ao que parece Prince of Persia: The Sands of Time será apenas uma adaptação com alguns elementos principais do jogo. Portanto não vamos esperar uma reprodução fiel do enredo do game.
Mas a julgar pelo trailer, o roteiro vai ser um mero detalhe. Gostei do aperitivo de entrada. Mostra que o filme, que estréia em maio de 2010, estará repleto de efeitos fodáximos, muita ação, parkour e Jake Gyllenhaal belíssimo em corpo, cabelo e cútis mostrando-se um perfeito Prince.

Vamos ao trailer:

É…. rupiei. icon mrgreen Prince of Persia: The Sands of Time   primeiro trailer oficial em HD

Via O Velho

Categories: Filme, Game, Trailer, Tudo, Vídeo

A história e evolução gráfica de todos os jogos da franquia Final Fantasy

October 16th, 2009 Ester Castro 8 comentários

Com o super aguardado Final Fantasy XIII prestes a sair, nada como reservar meia hora do seu tempo para rever ou conhecer a evolução gráfica de todos os jogos da série Final Fantasy.

Considerado por muitos um dos jogos mais importantes da história dos games, esse RPG foi criado em 1987 por Hironobu Sakaguchi e é produzido pela Square. Sua maior característica é a mistura de fantasia, magia e tecnologia futurista.

Apesar de ser uma franquia grande, a história e os personagens são independentes. Parece que houve continuação apenas no Final Fantasy X com o Final Fantasy X-2.
No geral, apenas alguns elementos são preservados em quase todos os jogos como os Moogles, os Chocobos, um personagem com o nome Cid, os cristais de save, a trilha sonora composta por Nobuo Uematsu, alguns inimigos e outras coisinhas mais.

O sistema de batalha que é por turno e típico dos RPGs, também segue imperando. Apenas no Final Finatasy XII (amooooooo e que inclusive estou quase finalizando), o sistema de batalha teve uma mudança considerável ficando bem mais interessante com a inclusão dos tais gambits. Mas sobre ele, vou falar aqui assim que terminar de jogá-lo pois merece um post exclusivo.

O vídeo abaixo mostra e fala sobre cada um dos jogos que compõe a saga. Mesmo que o seu inglês não ajude, vale pelas imagens que possibilitam comparar a evolução gráfica.Veja:

Show!
Como viram, foi só a partir do FF X que a engine gráfica passou a ficar mais próxima do que estamos acostumados a ver atualmente.
A despeito do enredo de cada um dos títulos que agradam a gostos específicos, eu só me senti de fato atraída a partir do décimo jogo embora eu ainda não o tenha jogado. Mas fiquei de fato apaixonada por tudo que envolve a franquia ao começar pelo FF XII.
Gostaria de ter feito parte da geração que jogou os títulos anteriores mas eu ainda não tinha me convertido à gamemania. Hoje fica meio difícil voltar no tempo tendo em vista a exigência gráfica inevitavelmente impregnada. Certamente para a época foi tudo uma maravilha mas se olharmos hoje dá até tristeza.
De qualquer forma toda história tem uma origem e que bom que é possível evoluir né?

Por hora já estou de olho no FF XIII e este eu aguardo com sofreguidão! icon mrgreen A história e evolução gráfica de todos os jogos da franquia Final Fantasy

Quem quiser aproveitar pra conferir o que eu já postei sobre games, clica aqui.

Fonte: Wikipedia

Novo trailer “fodáximo” de Final Fantasy XIII

September 28th, 2009 Ester Castro 9 comentários

Acaba de sair mais um trailer versão Japão dessa obra-prima da Square que talvez seja o jogo mais esperado pelos usuários de PS3 e Xbox 360.

Final Fantasy XIII tem previsão de lançamento para o final deste ano.

Contemplem o vídeo abaixo e vejam um dos muitos motivos que me fazem amar esse universo!

MA-RA-VI-LHO-SO!! Babei!

No momento estou jogando Final Fantasy XII para entrar no espírito da coisa hahahahah Aliás esse é outro jogo espetacular, talvez o melhor da franquia até então (veredito final só depois de jogar FF XIII), que irá render um post à parte. Portanto aguardem! icon mrgreen Novo trailer fodáximo de Final Fantasy XIII

Super dica do maridon e do Dmitry do Pipoca de Bits que também enviou a sugestão! Obrigadaaaa!!

-

UPDATE: Atualizado para o vídeo versão US!

Categories: Game, Trailer, Tudo, Vídeo

Jessica Chobot, a linda e nerd colunista do IGN!

September 7th, 2009 Ester Castro 6 comentários

jessica gamer Jessica Chobot, a linda e nerd colunista do IGN!

A Jade Raymond que me desculpe mas ela não é mais minha ídola exclusiva. Vai ter que dividir espaço com Jessica Chobot, a lindíssima nerd, gamer, cosplayer e colunista do importantíssimo e conceituado portal de games IGN.

Atualmente com 32 anos, Jessica virou sensação em 2005 após aparecer uma foto dela lambendo um PSP.
Em 2006 foi contratada em tempo integral pelo IGN onde exerce várias funções principalmente como hostess em eventos, apresentações e também como colunista.
Seu blog no IGN é inclusive o mais visitado. Por que será né?

jessica gta Jessica Chobot, a linda e nerd colunista do IGN!

Jessica Chobot simulando a capa do GTA IV

Jessica é assumidamente apaixonada por videogame e também não esconde sua obsessão pela cultura japonesa em especial pelos animes e mangás.
Ela também já foi fotografada fazendo alguns cosplays. Uma nerd completa!

jessica alicia Jessica Chobot, a linda e nerd colunista do IGN!

Jessica Chobot como Alicia-Bullet Witch

MA – GA – VI – LHO – SA! icon mrgreen Jessica Chobot, a linda e nerd colunista do IGN!

Confira a biografia completa de Jessica Chobot.

Via Mataleone

Categories: Cosplay, Game, Gente, Mulher Bonita, Tudo