Arquivo

Arquivado em ‘Dica de Filmes’

Alguns filmes que andei vendo e recomendo…ou não (35)

19, janeiro, 2011 Ester Castro 1 comentário

The Town (2010)Ben Affleck deve ter imaginado que não basta ser lindo, nem adianta esperar brilhar como ator, então o jeito é ser um puta diretor.
E foi o que ele mostrou com maestria escrevendo, dirigindo e de sobra atuando em The Town (2010), um drama policial intensamente tenso.
O filme mostra bem essa coisa de ser um produto do meio. Uma pessoa, mesmo com boa índole, pode seguir caminhos do qual não se orgulha e faz o errado muitas vezes por não ter escolha, principalmente quando isso envolve gratidão e lealdade. Mas e essa pessoa merece um voto de confiança quando decide mudar de vida?
Super filme, que além de boas cenas de ação, garante boas reflexões sobre certos valores. Excelente roteiro e direção idem. Assistam!
Título em português: Atração Perigosa
Trailer

♦♦♦♦

Buried (2010)Taí um filme cujo custo deve ter sido irrisório, já que ele se resume a um único ator, Ryan Reynolds, um celular, uma cobra figurante e um único cenário, criando uma situação que talvez seja temor universal. Quem curte ser enterrado vivo?
Portanto se você tem algum problema com claustrofobia, passa longe de Buried (2010). É deveras agonizante do início ao fim.
Só que é um filme que não acrescenta nada, apenas fomenta um sadismo involuntário de ver alguém se lascar e alimenta uma alegria perfeitamente compreensível de não estar em seu lugar. Típico de nós meros humanos que adoramos nos torturar com a tortura alheia.
Para uma tarde de domingo no conforto de sua sala, vai muito bem, mas só.
Título em português: Enterrado Vivo
Trailer

♦♦♦♦

Predators (2010)Não adianta, de todos os filmes lançados sobre esse caçador alienígena bocudo, só o primeiro Predador de 1987, prestou. Mas até que Predators (2010) dá pro gasto e rende boas cenas bem tensas.
E depois tem Adrien Brody, adoro ele! Sabe que mesmo com a napa daquele tamanho, acho ele gatcheenho? Pois é. Desde aquele beijo que ele tascou na Halle Barry na 75ª festa do Oscar em que faturou o prêmio de melhor ator pelo tudibão The Pianist, Adrien mostrou que charme e sedução sobrevivem muito bem sem um nariz perfeito.
Mas voltando ao filme, é outro típico sessão pipoca legalzinho de ver e que segue o velho clichê: humanos sendo caçados por um ser invisível e voraz. Assistível.
Título em português: Predadores
Trailer

♦♦♦♦

How to Train Your Dragon (2010)Amo animações e apesar da Pixar ser a minha favorita nesse quesito, a DreamWorks ratificou o meu respeito com o delicioso How to Train Your Dragon (2010). Gostei demais dele!
Cheio de tiradas cômicas e graficamente perfeito, o filme vale cada minuto!
A melhor parte na minha opinião é o início da amizade entre o dragão “pokemon” e o garoto Viking. Tão hilário quanto lindo.
É uma animação tão gostosa de ver que você lamenta a hora do fim. Não rola tédio em nenhum momento. Recomendo com força!
Título em português: Como Treinar o seu Dragão
Trailer

♦♦♦♦

Nota: Com relação as dicas dos filmes, quero deixar claro que não é tentativa de resenha, não vou colocar ficha técnica (já deixo link direto para o IMDb) e nem pretendo fazer spoiler. São recomendações simples que carregam a minha visão e opinião diante dos mesmos e que passo adiante como se falasse à amigos.

Não deixe de ver mais dicas de filmes!

Alguns filmes que andei vendo e recomendo…ou não (34)

24, outubro, 2010 Ester Castro 4 comentários

Agora (2009)O que diferencia aquele que julga alguém pelo que acredita daquele que julga alguém pelo que não acredita? Meditem com esse barulho.
Quer ver um F-I-L-M-A-Ç-O que não é nem um tapa na cara, mas sim uma pancada no saco daquele que usa a fé como escudo e espada? Então assista Agora (2009).
Ambientado no Egito Antigo e inspirado na vida de Hypatia, considerada a primeira mulher notável na matemática, que ensinou filosofia e astronomia e que também era atéia, o filme retrata a cegueira e as incoerências que toda e qualquer crença pode trazer. Fé e religião como combustível de batalhas, chacinas, subjugos, julgamentos, condenações e execuções sumárias. Recomendo com afinco.
E quer saber? Não vejo nenhuma diferença entre pagãos, cristãos, judeus, muçulmanos e demais. Todos já sujaram suas mãos de sangue por defender a sua fé. #prontofalei.
Título em português: Ágora
Trailer

♦♦♦♦

Tropa de Elite 2 - O Inimigo Agora é Outro (2010) Se você ainda não correu até o cinema mais próximo pra ver Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro (2010), tá marcando touca. Este consegue ser tão bom quanto o primeiro embora seja mais político mostrando o outro lado da moeda.
Num roteiro muito bem escrito e dirigido por José Padilha, Tropa de Elite 2 nada mais é que um déjà vu da realidade brasileira no que diz respeito ao seu sistema seguramente questionável. Fico imaginando a quantidade de gente de todos os escalões amarrando a carapuça vendo esse filme…
E que me desculpe o Jack Bauer, mas Cap. Nascimento agora é o meu novo ídolo. Sério, arrepiei com ele em alguns momentos.
Show. Um filme que me fez ter orgulho do cinema brasileiro! Valeu cada centavo.
Título em português: Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro
Trailer

♦♦♦♦

My Sister's Keeper (2009) Esse é o tipo de filme que mesmo você não tendo filhos, é impossível não se emocionar com o roteiro. E eu, independe de ser mãe, já tenho um lado manteiga em chapa quente, então imagina a lambança…
My Sister’s Keeper (2009) fala de um dos maiores temores que pais podem ter: um filho com uma doença devastadora. E com ela todos os desvelos e vale-tudos para superar a situação. Até onde é permitido ir pra salvar uma vida?
O ponto alto foi a estupenda atuação de Sofia Vassilieva, até então desconhecida pra mim embora tenha crescido fazendo filmes B. Chorei bicas com ela.
Pra quem gosta de belas e tristes histórias de amor fraterno, deve assistir. Lindo, lindo…
Título em português: Uma Prova de Amor
Trailer

♦♦♦♦

Robin Hood (2010) Bom, pelo visto, no post de hoje vou ficar devendo um filme pra descer a lenha porque eu sinceramente gostei de Robin Hood (2010). Sério!
De todos os Robin Hoods que assisti, esta versão é que realmente mais me cativou. Muito extenso talvez, sendo portanto mais intenso do que as demais versões, este filme não é nenhum blockbuster, mas ainda sim é massa.
Já gosto gratuitamente de Russel Crowe e Cate Blanchett, então só por isso valeu muito assistir. Um bom filme pipoca para tardes frias.
Título em português: Robin Hood
Trailer

♦♦♦♦

Nota: Com relação as dicas dos filmes, quero deixar claro que não é tentativa de resenha, não vou colocar ficha técnica (já deixo link direto para o IMDb) e nem pretendo fazer spoiler. São recomendações simples que carregam a minha visão e opinião diante dos mesmos e que passo adiante como se falasse à amigos.

Alguns filmes que andei vendo e recomendo…ou não (33)

13, setembro, 2010 Ester Castro 7 comentários

The White Ribbon (2009)O premiadíssimo alemão The White Ribbon (2009) ou Das Weisse Band, como é conhecido originalmente, é um daqueles filmes “cabeça”. Portanto se  você procura algo emocionante com happy end, fuja dele!
Ambientado no período anterior a Primeira Grande Guerra numa pequena vila no interior da Alemanhã, o filme é todo em preto e branco te deixando ainda mais absorta pelo drama.
Entre as nuances comportamentais duvidosas mescladas com o preconceito, a hipocrisia, a submissão, a maldade alimentada pelo “direito” de julgar e punir, o filme te diz muito além do que o próprio roteiro conta.
Seria assim o berço do nazismo? Pra pensar…
Filmaço! Assistam sem preconceito.
Título em português: A Fita Branca
Trailer

♦♦♦♦

State of Play (2009) Nada como um bom suspense. Eu adoro esse gênero de filme quando bem construído e State of Play (2009) até que pode ser considerado um bom exemplo disso, muito embora a trama seja bem clichê.
Crime, mistério, política, conspiração, histórias que se cruzam e você tentando conjeturar sobre as possíveis ligações entre um e outro. Típico filme que prende sua atenção o tempo todo.
No elenco tem Russell Crowe, que no papel de um veterano repórter investigativo, mandou para o limbo o shape séquice de Maximus em Gladiador, Ben Lindo Affleck que nem é bom ator mas deu para o gasto, Helen Mirren que quer um furo de reportagem e a lindíssima Rachel McAdams, uma blogueira atrás de um bom post.
Eu gostei do filme. Acho que não merece ser desprezado na prateleira.
Título em português: Intrigas de Estado
Trailer

♦♦♦♦

Iron Man 2 (2010) Eu achei Iron Man sensacional e embora eu também tenha gostado de Iron Man 2 (2010), achei que este ficou um pouco atrás do primeiro. Mas não importa.
Robert Downey Jr. continua impagável, Mickey Rourke ficou bem massa como Whiplash e seu chicotinho nervoso e a Scarlett Johansson ficou perfeita como Viúva Negra! Aliás, na minha opinião, o melhor do filme foi graças a ela. O que foi aquela chave de perna hein? Me ensina sua linda!
Pena que não teve mais ação do que eu gostaria, mas valeu a pipoca.
Título em português: Homem de Ferro 2
Trailer

♦♦♦♦

Prince of Persia: The Sands of Time (2010) Finalmente vi Prince of Persia: The Sands of Time (2010) e sinceramente, eu também esperava mais. Fui com muita expectativa sem me dar conta de que não deveria esperar fidelidade nessa adaptação do game para o cinema.
Pra começar Prince ganhou um nome, Dastan. No jogo seu nome é um mistério. A princesa é Tamina, e não Farah. A história também não tem nada a ver. Salvo os elementos principais que são o próprio Prince, muito bem representado por Jake Gyllenhaal, o parkour muito praticado no jogo e a bendita Adaga do Tempo, o filme é só mais um filme como outro qualquer.
Tem uns efeitos bacanas, um roteiro mahomeno e só. Achei beeeeeem fraquinho. De qualquer forma, não deixa de ser assistível.
Título em português: Príncipe da Pérsia – As Areias do Tempo
Trailer

♦♦♦♦

Nota: Com relação as dicas dos filmes, quero deixar claro que não é tentativa de resenha, não vou colocar ficha técnica (já deixo link direto para o IMDb) e nem pretendo fazer spoiler. São recomendações simples que carregam a minha visão e opinião diante dos mesmos e que passo adiante como se falasse à amigos.

Alguns filmes que andei vendo e recomendo…ou não (32)

30, agosto, 2010 Ester Castro 2 comentários

Leonardo DiCaprio é a personificação humana de uma garrafa de vinho. Quanto mais velho, melhor e não falo de seus belos olhos azuis, mas sim do seu talento como ator.
Fiquei besta com a atuação dele em Shutter Island (2010), um filme extremamente denso baseado num romance de Dennis Lehane. Ele passou a impressão de que realmente estava vivendo tudo aquilo. Foi magistral.
Ele é Teddy Daniels, um detetive que adentra um hospital psiquiátrico situado em uma ilha medonha, palco de uma trama cheia de suspense, mistério e lamentáveis surpresas.
Filmaço! Recomendo com afinco.
PS: Muito medo da mulher que faz shhhhhh!! :80:
Título em português: Ilha do Medo
Trailer

♦♦♦♦

Não há muito o que falar de Toy Story 3 (2010). Simplesmente vejam!
Contrariando os parâmetros de que quase sempre as continuações tendem ser ruins e insossas, esse terceiro filme dessa que talvez seja uma das melhores criações da história da animação, foi tão ou mais fantástico que o primeiro.
Essa coisa do passar dos anos, a transição da infância para a adolescência e os brinquedos de outrora tendo que lidar com isso foi lúdico e muito, mas muito emocionante.
E não tenham vergonha de chorar feito bica no final, porque eu chorei. É inevitável.
O desfecho me deu até esperanças para um quarto filme. Aliás, de imediato imaginei um roteiro que seria must, viu Pixar!! :=)
Título em português: Toy Story 3
Trailer

♦♦♦♦

Só agora que eu vi Star Trek (2009) e não é que eu gostei?
Achei que ficou bem construído para um prequel do antológico Jornada nas Estrelas. Tudo bem que é um filme sem nada demais, mas bem divertido do tipo que você assiste e não vê o tempo passar.
O capitão Kirk fazendo travessuras e pagando de bad boy trapalhão e o legendário Leonard Nimoy dando o ar da graça como o próprio Spock, são os pontos altos do filme.
Vejam sem preconceito and have fun! ;)
Título em português: Star Trek
Trailer

♦♦♦♦

Ihhh parece que dessa vez não rolou nenhum filme pra eu descer a lenha…. :D
Também gostei de Brooklyn’s Finest (2009).
Três policiais vivem histórias paralelas, porém os três possuem algo em comum: lidar com conflitos interiores. Como medir o que é certo ou errado quando isto implica lealdade, ética, justiça e crime?
É um bom drama policial regado a desespero, agonia, angústia e muita atitude que de cara você prevê – isso vai dar merda…
Vale a pipoca. ;)
Título em português: Atraídos pelo Crime
Trailer

♦♦♦♦

Nota: Com relação as dicas dos filmes, quero deixar claro que não é tentativa de resenha, não vou colocar ficha técnica (já deixo link direto para o IMDb) e nem pretendo fazer spoiler. São recomendações simples que carregam a minha visão e opinião diante dos mesmos e que passo adiante como se falasse à amigos.

Alguns filmes que andei vendo e recomendo…ou não (31) – Especial

7, julho, 2010 Ester Castro 6 comentários

The Girl With the Dragon Tattoo é o primeiro livro da trilogia Millennium escrita pelo sueco Stieg Larsson, trilogia essa que só foi publicada após sua morte em 2004 e virou best-seller.

A tradução do original da obra é na verdade Men Who Hate Women, algo como o Homem que odeia mulheres, mas que foi rebatizado para The Girl With the Dragon Tattoo, ou A garota com tatuagem de dragão.
Segundo consta, nenhum outro livro publicado desde 2005, exceto Harry Potter e a Bíblia, vendeu mais no mundo como este, atingindo mais 30 milhões de cópias. E eu nem sequer sabia de sua existência.

Ocorre que a referida trilogia virou filme.
Vi o primeiro, The Girl With the Dragon Tattoo (2009), produção sueca na versão estendida e acreditem, o cinema estrangeiro dá aula em longa-metragem.
Como não li o livro não posso fazer comparações, mas o filme foi um dos melhores do gênero que eu vi nos últimos tempos. Crime, suspense e mistério bem dosados numa trama muito bem dirigida, construída e envolvente.
Vejam o trailer:

LEIA MAIS…