Campanha Imposto Justo Para Videogames

16.04.10 - 5:32 PM Ester Castro






Campanha Imposto Justo Para Videogames

Há alguns dias recebi um e-mail (obrigada ao Rodrigo Tavares!) sugerindo a divulgação dessa campanha.
Como defensora de games que sou, por que não abrir espaço e abordar o assunto?

Segundo o fórum Brasil360, a Campanha Imposto Justo Para Vídeogames foi lançada no último evento GameWorld e tem como objetivo uma mobilização pacífica para forçar a aprovação do Projeto de Lei 300 que tramita desde 2007 e fora apresentado pelo então deputado Carlito Merrs (PT-SC). O projeto visa estender aos videogames os benefícios que desoneram produtos de informática.

Pra vocês entenderem melhor o X da questão, tomei a liberdade de transcrever abaixo o que explica o site oficial da campanha:

A indústria global de videogames já ultrapassou a indústria do cinema e da música.

Mas o Brasil representa apenas 0,5% da indústria de videogames.
Até o México, muito menor que o Brasil, já chegou aos 2%.

Por quê?

Por causa dos altos impostos que fazem consoles e jogos custarem até o triplo do que custam nos Estados Unidos.
Essa situação é absurda.
Os impostos altos:
– estimulam a pirataria
– prejudicam o consumidor
– prejudicam os varejistas
– prejudicam milhares de estudantes de desenvolvimento e design de games
– prejudicam desenvolvedores e publishers de games
– desestimulam investimento nas tecnologias de ponta, necessárias para o desenvolvimento de games no Brasil
– desestimulam as grandes empresas de games de investir no Brasil.

O Brasil tem hoje 195 milhões de habitantes, dos quais mais da metade são jovens.

É o mercado com maior potencial para crescimento, neste momento, no universo dos games.
Para isso, precisamos fazer nossa parte. Cobrando a diminuição dos impostos sobre games.
Muitas ações podem e devem ser tomadas neste sentido.
De todas, uma é a mais urgente.
O projeto de lei 300/07, apresentado em 2007 pelo então deputado Carlito Merrs (PT-SC), estende para os videogames os benefícios que desoneram produtos de informática.
Se for aprovado, os videogames vão ficar mais baratos instantaneamente.
O problema é que desde 2008 ele está parado na Comissão de Finanças do Senado. O relator é o deputado Antonio Palocci (PT-SP).
Não é possível um projeto de lei de tamanho impacto econômico ficar paralisado dois anos.
A campanha CAMPANHA IMPOSTO JUSTO PARA VIDEOGAMES tem o objetivo de forçar a aprovação desta lei, através da pressão organizada dos brasileiros.
Através de um abaixo-assinado e de uma campanha online, faremos chegar a Brasília a voz de milhões de gamers e do mercado organizado de videogames.
Faça sua parte! Entre nesta corrente já e divulgue para seus amigos.

Sei que muitos vão pensar que tal mobilização é inútil e que existem projetos de maior prioridade para serem analisados.
Pode até ser. Mas além de atenuar (não resolver) a questão da compra clandestina e da pirataria (Paraguai feelings) eu ainda sou da opinião de que se o governo facilitasse a aquisição de videogames e seus periféricos, cada vez mais famílias com menor poder aquisitivo poderiam adquiri-los e cada vez mais veríamos menos crianças morcegando nas ruas aprendendo o que não presta.
Não tenho o menor pudor em acreditar que ao lado de boas escolas, da prática de esportes e de tudo mais que possibilite uma vida digna, um videogame em casa mudaria, ou pelo menos melhoraria o perfil das crianças de classe média baixa.

Além do mais estamos na era digital. E mesmo que a inclusão digital tenha angariado o rótulo Orkut para todos, não podemos esquecer do seu verdadeiro propósito: democratizar o direito de usufruir os recursos tecnológicos que aí estão para melhorar perspectivas de vida.

Videogames e computadores em casa, quando bem administrados e aproveitados, são com certeza importantes aliados na formação cognitiva e motora, despertando e estimulando interesses por profissões do futuro ligados à esse meio.

Estou fazendo sim parte desse abaixo-assinado e exercendo meu direito de pleitear pelo que acredito. :8:









Confira outras postagens no blog!

2leep.com


Os comentários são via Facebook, portanto precisa estar "logado" para comentar. Vale lembrar que o teor dos mesmos são de inteira responsabilidade do comentarista.

Comente!! Assim saberei o que você pensa! ;)




  1. Fridge Killer
    6, setembro, 2010 em 16:48 | #1

    Concordo

  2. 22, abril, 2010 em 20:14 | #2

    concordo vamo la q a gente vai konsegui, tambem kero asina

    lorenzo.mustaine@hotmail.com

  3. 21, abril, 2010 em 22:29 | #3

    Adorei essa campanha. Por favor envie-me o imail para eu assinar também

    dans_95@hotmail.com

    Agradeço desde já.

    • 22, abril, 2010 em 06:24 | #4

      Olá Daniel!! Pra assinar basta preencher os campos no site oficial da campanha (link no post). ;)

  4. 16, abril, 2010 em 22:32 | #5

    Espero que dessa vez isso de em alguma coisa, estou esperançoso, ja vi esse link em alguns lugares…

    alem do que seria bem mais facil, odeio ter que pedir pra trazerem jogos pra mim quando alguem viaja pros EUA. (pelo menos tenho sorte de ter quase sempre alguem indo para os EUA na minha familia)

  5. Aline Ortiz
    16, abril, 2010 em 18:28 | #6

    Concordo plenamente!!!

Fechado para comentários.